Banda desenhada africana

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
África
African culture.jpg

Este artigo é parte da série:
Cultura da África

Outros países - Portal Cultura
Capa de Supa Strikas

Banda desenhada africana se refere as diversas manifestações de banda desenhada no Continente africano,[1] até o século XX, a banda desenhada encontrada em colônias na África eram principalmente de países colonizadores, como a França.[2] No entanto, a banda desenhada africana hoje não pode ser reduzido à simples colonização cultural dos países ocidentais, embora existam em toda parte uma influência da produção europeia, como o estilo ligne claire da banda desenhada franco-belga,[3] atualmente na Argélia, nota-se uma influência da banda desenhada japonesa nos chamados DZ-mangas.[4] Entre as séries mais famosas estão: Goorgoorlu de T. T. Fons do Senegal,[2] adaptado em uma série de televisão,[5] Aya de Ypougon, de Marguerite Abouet, que deu origem a um filme de animação,[6] da Costa do Marfim e Supa Strikas, banda desenhada sobre futebol de origem sul-africana, que deu origem a uma série animada[7] e foi distribuída em 17 países.[8]

Em 2008, foi lançada na Holanda, a exposição mundial PICHA,[9] dedicada a banda desenhada de dezesseis países africanos,[10] picha é um palavra na língua suaíli para desenho, originária da palavra picture (imagem) da língua inglesa.[5]

Em 2016, a editora nigeriana Comic Republic iniciou a publicação de webcomics do género superaventura seguindo o modelo dos comics publicados nos Estados Unidos.[11]

Lista de autores[editar | editar código-fonte]

Marguerite Abouet
Hector Sonon
Njinga Mbandi, reine du Ndongo et du Matamba por Pat Masioni.
Africa do Sul
  • Karlien de Villiers
  • Themba Siwela
Argélia
  • Daiffa
  • Brahim Guerroui
  • Mokdad Amirouche
  • Slim
Benim
  • Hector Sonon
Burkina Faso
  • Sylvestre
Camarões
  • Achille Nzoda
  • Bibi Benzo
  • Mayval
  • Hervé Nouther
  • Almo the best
  • Simon Mbumbo
  • Christian BENGONO
  • Christophe ngallé Edimo
  • Toric Michael
  • Georges Pondy
  • Kangol
  • Joelle Ebongue
  • Youmbi Narcisse
República Centro-Africana
  • Didier Kasai
Chade
  • Adji Moussa
  • Adjim Danngar
  • Samy


República do Congo
  • Barly Baruti
  • Bob Kanza
  • Willy Zekid
República Democrática do Congo
  • Al Mata
  • Alix Fuilu
  • Bary Baruti
  • Serge Diatantu
  • Tembo Kash
  • Curd Ridel
  • Pat Masioni
  • Hallain Paluku
  • Alain Mata
  • Fifi MUKUNA
  • Pat Mombini
  • Eric Salla
  • Asimba bathy
  • Jérémie Nsingi
Comores
  • Moniri
  • Mouridi
Costa do Marfim


Gabão
  • Pahé
Ramón Esono Ebale
Guiné Equatorial
  • Ramón Esono Ebalé
Madagascar
  • Dwa de Eric
Mali
  • Massiré Tounkara


Marrocos
  • Brahim Raïs
  • Mohammed Nadrani
  • Omar Ennaciri
Maurícia
  • Eric Koo
  • Li-AN
  • Pov
  • LAVAL NG


Quênia
  • Frank Odoi
Nigéria
  • Kola Fayemi
  • Tayo Fatunia
Ruanda
  • Jean-Claude Ngmuri
Senegal
  • Ibrahim Mbengue
  • Sambal Fall
  • Salioune Sene
  • T. T. Fons
República Togolesa
  • Accoh Anani
  • Accoh Mensah
Tunísia
  • Gihèn

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Banda desenhada africana
Ícone de esboço Este artigo sobre banda desenhada é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.