Este é um artigo bom. Clique aqui para mais informações.

Bandeira da Austrália Ocidental

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Bandeira da Austrália Ocidental
Bandeira da Austrália Ocidental
Aplicação
Proporção 1:2
Adoção 3 de novembro de 1953

A bandeira da Austrália Ocidental consiste de um pavilhão azul adicionado ao emblema do estado. Adotada em 1953 para substituir um design semelhante usado na época em que o estado ainda era uma colônia britânica, tem sido a bandeira da Austrália Ocidental desde 3 de novembro daquele ano. O desenho da bandeira atual implicava inverter a direção do cisne-negro de modo que ficasse voltado para a talha. Isso foi feito a fim de cumprir a convenção vexilológica. A bandeira da Austrália Ocidental é semelhante às bandeiras dos outros cinco estados da Austrália, que também são pavilhões azuis com seus respectivos emblemas de estado. Quando hasteado com essas bandeiras estaduais e a bandeira nacional, é o sexto na ordem de precedência. Isso é indicativo de sua posição sobre o brasão de armas da Austrália.

História[editar | editar código-fonte]

O primeiro avistamento europeu confirmado da costa ocidental da Austrália foi feito pela Companhia Holandesa das Índias Orientais no início de 1600.[1] Durante uma expedição em janeiro de 1697 ao que hoje é Cottesloe,[2] Willem de Vlamingh observou cisnes-negros em habitação no estuário do rio que ali estava.[3][4] Consequentemente, ele chamou este corpo de água de Rio Swan[2][5] (Zwaanenrivier em neerlandês).[6] No entanto, os neerlandêses abandonaram as aspirações de anexar a área, tendo discernido perspectivas ruins de comércio ou colonização.[1] Posteriormente, os britânicos estabeleceram assentamentos no subúrbio de Fremantle, e Perth, em junho de 1829.[1][4] Estes foram chamados coletivamente de Colônia do Rio Swan.[4]

O cisne-negro logo se tornou o símbolo não oficial do território.[4] Por exemplo, ele foi retratado em seu papel-moeda. Estas notas começaram a circular vários anos após o estabelecimento da colônia.[3] A ave também apareceu no Swan River Guardian, o primeiro jornal do assentamento, bem como na edição inaugural do Western Australian Government Gazette. Ambos foram impressos pela primeira vez em 1836.[3][4] Posteriormente, foi retratada nos primeiros selos postais emitidos pela colônia em 1854.[4]

A bandeira usada de 1870 a 1953

Uma Ordem no Conselho foi promulgada em 17 de agosto de 1869, instruindo os governadores coloniais britânicos a hastear um pavilhão britânico desfigurado com o brasão ou emblema do território. Em 3 de janeiro do ano seguinte, Frederick Weld, o Governador da Austrália Ocidental, apresentou uma proposta de design do distintivo que representava um cisne-negro em um fundo amarelo.[3][4] Seu raciocínio para este esboço foi que a colônia "em seu início era geralmente conhecida como a Colônia do Rio Swan, e o Cisne-Negro é representado em seu selo, e sempre foi considerado como seu emblema especial, ou cognição".[4] O projeto foi confirmado oficialmente em um despacho com a data de 27 de novembro de 1875 por seu sucessor, William C. F. Robinson.[4] Foi mantida como a bandeira do novo estado da Austrália Ocidental após a Federação da Austrália em 1901.[3]

Representantes do College of Arms em Londres observaram em 1936 que a direção do cisne estava errada.[3] A convenção vexilológica determina que todos os objetos em uma bandeira devem estar voltados para a talha,[3][7] que é o "ponto de honra".[3] No entanto, nada foi feito para resolver essa irregularidade até a preparação para a visita real em 1954. A questão foi apresentada ao Parlamento da Austrália Ocidental e a direção do cisne foi corrigida em 3 de novembro de 1953.[3]

Desenho[editar | editar código-fonte]

Descrição[editar | editar código-fonte]

A bandeira da Austrália Ocidental tem uma proporção de 1:2.[A] O esquema de cores oficial, de acordo com o site do Governo da Austrália Ocidental, segue o sistema de cores Pantone conforme indicado abaixo. Os números das cores para os tons de preto e branco da bandeira não são especificados.[8]

Cores da bandeira da Austrália Ocidental
Cor Pantone[8] Valores RGB Hex
  Azul
280 1-33-105[9] #012169[9]
  Vermelho
185 228-0-43[10] #E4002B[10]
  Amarelo
109 255-209-0[11] #FFD100[11]

Simbolismo[editar | editar código-fonte]

As cores e símbolos da bandeira carregam significados culturais, políticos e regionais. O pavilhão azul é um símbolo conspícuo da Grã-Bretanha, a pátria mãe da Austrália. Consequentemente, é preservado nas bandeiras de todos os seis estados australianos, com seus emblemas na mosca sendo a única diferença entre eles.[7][12] O cisne-negro alude ao próprio estado da Austrália Ocidental.[13][14] É nativo do estado,[15][16] e emprestou seu nome à Colônia do Rio Swan, o precursor da moderna Austrália Ocidental.[3] Posteriormente, foi adotado como o emblema de pássaro do estado em 25 de julho de 1973.[7] O cisne-negro passou a ser empregado como uma representação de "uma identidade nacionalista australiana contra o mestre imperialista inglês", segundo o autor Rodney James Giblett.[14]

Protocolo[editar | editar código-fonte]

Conselhos sobre etiqueta de bandeira são de responsabilidade do Departamento do Primeiro-Ministro e Gabinete do estado.[17] Quando hasteada junto com a bandeira da Austrália e as outras bandeiras estaduais e territoriais, a bandeira da Austrália Ocidental é a sexta na ordem hierárquica (após a bandeira nacional e, em ordem decrescente de precedência, as bandeiras de Nova Gales do Sul, Vitória, Queensland e Austrália Meridional, ficando atrás apenas da bandeira da Tasmânia). Isso reflete a posição de seu emblema estadual no escudo do Brasão de armas da Commonwealth,[18] onde aparece como o quinto quarter na segunda linha.[19]

As diretrizes afirmam que a bandeira não deve tocar o solo, nem deve ser hasteada no mesmo mastro que exibe outra bandeira. Deve ser içada não antes da primeira luz e baixada até o crepúsculo, a menos que a bandeira seja iluminada à noite. A única exceção é se a bandeira do estado for hasteada a meio mastro, caso em que nunca deve ser hasteada durante a noite, independentemente de estar iluminada ou não. Não deve ser exibida de forma invertida, mesmo que seja para servir como um sinal de socorro.[17]

Variantes[editar | editar código-fonte]

Variante Uso
Flag of the Governor of Western Australia.svg Padrão do Governador da Austrália Ocidental[20]
Flag of Dominion of Westralia (secession movement).svg Bandeira proposta do "Domínio da Westralia" (1934)[21]
Brendan Jones Proposal for Western Australia.svg Proposta desenhada por Brendan Jones,[22][23] o diretor da Ausflag.[24]

Notas

  1. As proporções oficiais da bandeira são um comprimento de 1 800 milimetros e uma largura de 900 milimetros.[8] No entanto, os números são divididos por um fator de 900 para que ambos sejam números inteiros.

Referências

  1. a b c Bolton, Geoffrey C.; Fox, Charles (24 de janeiro de 2019). «Western Australia – History». Encyclopædia Britannica. Encyclopædia Britannica, Inc. Consultado em 15 de setembro de 2020. Cópia arquivada em 17 de setembro de 2020 
  2. a b «History in Perth, Australia». Lonely Planet. Consultado em 15 de setembro de 2020. Arquivado do original em 16 de setembro de 2020 
  3. a b c d e f g h i j Smith, Whitney (25 de outubro de 2018). «Flag of Western Australia». Encyclopædia Britannica. Encyclopædia Britannica, Inc. Consultado em 5 de setembro de 2020. Cópia arquivada em 16 de setembro de 2020 
  4. a b c d e f g h i «Symbols of Western Australia». Department of the Premier and Cabinet. Government of Western Australia. 27 de abril de 2020. Consultado em 15 de setembro de 2020. Cópia arquivada em 16 de setembro de 2020 
  5. «Swan River». Encyclopædia Britannica. Encyclopædia Britannica, Inc. 24 de maio de 2013. Consultado em 15 de setembro de 2020. Cópia arquivada em 16 de setembro de 2020 
  6. Thomson, Chris (27 de outubro de 2008). «Monument to Rottnest namer goes nowhere». Brisbane Times. Consultado em 15 de setembro de 2020. Cópia arquivada em 16 de setembro de 2020 
  7. a b c «Fact sheet 38 – Symbols of Western Australia» (PDF). Parliament of Western Australia. p. 73. Consultado em 5 de setembro de 2020. Cópia arquivada (PDF) em 5 de setembro de 2020 
  8. a b c «Specifications of the State Flag of Western Australia». Department of the Premier and Cabinet. Government of Western Australia. 11 de junho de 2019. Consultado em 5 de setembro de 2020. Cópia arquivada em 5 de setembro de 2020 
  9. a b «Pantone 280 C». Pantone LLC. Consultado em 5 de setembro de 2020. Cópia arquivada em 29 de dezembro de 2019 
  10. a b «Pantone 185 C». Pantone LLC. Consultado em 5 de setembro de 2020. Cópia arquivada em 30 de setembro de 2019 
  11. a b «Pantone 109 C». Pantone LLC. Consultado em 5 de setembro de 2020. Cópia arquivada em 10 de julho de 2020 
  12. Kindersley Ltd., Dorling (2009). Complete Flags of the World. [S.l.]: Penguin. p. 223. ISBN 9780756654863 
  13. Game, David (9 de março de 2016). D.H. Lawrence's Australia: Anxiety at the Edge of Empire. [S.l.]: Routledge. p. 258. ISBN 9781317155058 
  14. a b Giblett, Rodney James (2013). Black Swan Lake: Life of a Wetland. [S.l.]: Intellect Books. p. 69. ISBN 9781841507040. Consultado em 19 de setembro de 2020. Cópia arquivada em 27 de setembro de 2020 
  15. Scott, Lloyd (4 de janeiro de 2010). «Ask an expert: Do black and white swans interbreed?». Royal Society for the Protection of Birds. Consultado em 5 de setembro de 2020. Cópia arquivada em 9 de julho de 2019 
  16. Barnes, Tom (13 de agosto de 2018). «Rare black swan spotted 9,000 miles from home on River Severn». The Independent. London. Consultado em 5 de setembro de 2020. Cópia arquivada em 18 de abril de 2020 
  17. a b «Premier and Cabinet protocol and State events – flags». Department of the Premier and Cabinet. Government of Western Australia. 19 de setembro de 2019. Consultado em 5 de setembro de 2020. Cópia arquivada em 5 de setembro de 2020 
  18. Australian Flags booklet: part two (PDF). Department of the Prime Minister and Cabinet 3 ed. [S.l.]: Government of Australia. 20 de julho de 2006. p. 25. ISBN 0642471347. Consultado em 5 de setembro de 2020. Cópia arquivada (PDF) em 24 de julho de 2020 
  19. «Commonwealth Coat of Arms». Department of the Prime Minister and Cabinet. Government of Australia. Consultado em 6 de setembro de 2020. Cópia arquivada em 30 de julho de 2020 
  20. «The Governor's Standard». Government House. Government of Western Australia. Consultado em 16 de setembro de 2020. Cópia arquivada em 16 de setembro de 2020 
  21. Opray, Max (18 de setembro de 2014). «If at First You Don't Secede: The Push for Westralia». Vice. Consultado em 27 de setembro de 2020. Cópia arquivada em 26 de maio de 2019 
  22. «New Australian Flags – Western Australia». Brendan Jones. Consultado em 5 de setembro de 2020. Cópia arquivada em 20 de abril de 2020 
  23. «New State Flags?». Ausflag. Consultado em 5 de setembro de 2020. Cópia arquivada em 19 de abril de 2020 
  24. Jones, Brendan (28 de janeiro de 2006). «Racism draped in flag». The Sydney Morning Herald. Consultado em 5 de setembro de 2020. Cópia arquivada em 17 de junho de 2020 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]