Bandeira da Buriácia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Bandeira da Buriácia
Bandeira da Buriácia
Aplicação
FIAV 111000.svgFIAV normal.svg
Proporção 1:2
Adoção 29 de outubro de 1992
Cores
  Azul
  Branco
  Amarelo
Tipo Regionais

A Bandeira da Buriácia é um dos símbolos oficiais da república da Buriácia, uma subdivisão da Federação russa. Foi aprovada pelo Parlamento da república em 29 de outubro de 1992.

Descrição[editar | editar código-fonte]

Seu desenho consiste em um retângulo com proporção largura-comprimento de 1:2 dividido em três faixas horizontais na proporção 2:1:1 nas cores azul, branco e amarelo, respectivamente. No campo azul é representado um tradicional símbolo mongol, o Soyombo, que é formado por uma chama, a lua e o sol.

Simbologia[editar | editar código-fonte]

Variantes do símbolo Soyombo. A parte superior do símbolo da direita é similar ao encontrado na bandeira da Buriácia.

O azul é a cor nacional da Buriácia e representa o céu e o lago Baikal, o banco significa a pureza, a felicidade, a paz e a unidade. A disposição do branco ao lado do azul faz referência à bandeira russa. O amarelo representa a liberdade e a prosperidade, além da religiosidade do povo, que, em sua maior parte, professa o lamaismo e budismo.

O Soyombo, símbolo que também aparece nas bandeiras da Mongólia e Aga Buriácia, é composto por uma chama com três línguas, um círculo que representa o sol e uma crescente voltada para cima, que representa a lua. O sol é considerado a fonte da vida, da luz e da abundância, a lua é objeto de veneração pelos buriatas. O fogo significa o calor, a vida, a luz, a previdência, sendo que a primeira língua da chama representa o passado, a segunda o presente e a terceira o futuro.