Bandeira de Mogi das Cruzes

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Bandeira de Mogi das Cruzes
Bandeira de Mogi das Cruzes
Aplicação
Cores
  Preto
  Branco
  Vermelho
  Azul escuro
  Amarelo
Tipo municipais

Mogi das Cruzes tem sua bandeira, instituída e oficializada por Lei Nº 804 de 29 de novembro de 1956. Criada pelo então estudante Domingos Geraldo Sica.

A bandeira de Mogi das Cruzes tem três faixas horizontais, sendo a de cima de cor preta, a do meio branca e a de baixo vermelha. Elas representam a população de que se formou o município, através das três raças: branca, negra e vermelha (índios). As faixas preta e vermelha tem cada uma 1/4 do total e a do meio tem 2/4, porque pela visão do criadores da bandeira a contribuição da raça branca para o município foi maior do que a das outras raças.

No canto esquerdo, um triângulo de lados iguais com o vértice voltado para a direita e representando a Santíssima Trindade e, por extensão, Sant'Anna, padroeira da cidade. Esse triângulo de cor azul, simbolizando o nosso céu, tem uma estrela dourada, em cada um de seus três ângulos. Lembrando a expansão dos bandeirantes mogianos nos sentidos norte, noroeste e sudoeste. Ainda sobre este triângulo, mais a direita o brasão da cidade e a esquerda uma cobra fumando, lembrança da participação dos mogianos na Força Expedicionária Brasileira a 2ª Grande Guerra, participação essa que foi a maior dentre todas as cidades do interior do Brasil.[1]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

Portal A Wikipédia possui o
Portal de Mogi das Cruzes.
Ícone de esboço Este artigo sobre vexilologia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Ícone de esboço Este artigo sobre a cidade de Mogi das Cruzes é um esboço relacionado ao Projeto Mogi das Cruzes. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.