Bandeirantes (Paraná)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Bandeirantes (desambiguação).
Município de Bandeirantes
Bandeirantes 021206 REFON.jpg

Bandeira de Bandeirantes
Brasão de Bandeirantes
Bandeira Brasão
Hino
Aniversário 14 de novembro
Fundação 14 de novembro de 1934 (83 anos)
Gentílico bandeirantense
Prefeito(a) Lino Martins[1] (PDT)
(2017 – 2020)
Localização
Localização de Bandeirantes
Localização de Bandeirantes no Paraná
Bandeirantes está localizado em: Brasil
Bandeirantes
Localização de Bandeirantes no Brasil
23° 06' 36" S 50° 22' 04" O23° 06' 36" S 50° 22' 04" O
Unidade federativa Paraná
Mesorregião Norte Pioneiro Paranaense IBGE/2008 [2]
Microrregião Cornélio Procópio IBGE/2008 [2]
Municípios limítrofes Itambaracá, Andirá, Barra do Jacaré, Santo Antônio da Platina, Abatiá, Santa Amélia, Cornélio Procópio e Santa Mariana
Distância até a capital 381 km
Características geográficas
Área 447,617 km² [3]
População 31 526 hab. estimativa IBGE/2018[4]
Densidade 70,43 hab./km²
Altitude 420 m
Clima Subtropical Cfb
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,756 elevado PNUD/2000 [5]
PIB R$ 281 223,557 mil IBGE/2008[6]
PIB per capita R$ 8 499,00 IBGE/2008[6]

Bandeirantes é um município brasileiro do estado do Paraná, na região sul do Brasil. Sua população, conforme estimativas do IBGE de 2018, era de 31 526[4] habitantes.

História[editar | editar código-fonte]

Santuário de Santa Teresinha do Menino Jesus

Até 1920, o território atualmente ocupado pelo município era habitados pelos índios caingangues[7]. A partir de então, foram criadas fazendas na região. Em 1929, foi criado o distrito de Invernada, pertencente ao município de Jacarezinho. Em julho de 1930, a Empresa Ferroviária São Paulo-Paraná inaugurou uma estação ferroviária a três quilômetros do patrimônio de Invernada, estação esta que passou a denominar-se Bandeirantes, devido aos pioneiros aqui encontrados, surgindo, então, um povoado nas proximidades.

Em 27 de setembro de 1931, deu-se início a um trabalho de coligação em favor do progresso da estação. Um ano depois, no final de 1932, os dois povoados (Invernada e Bandeirantes) foram unificados. O município foi criado através da Lei Estadual nº 2.396, de 14 de novembro de 1934, sendo instalado oficialmente em 25 de janeiro de 1935.

Religião[editar | editar código-fonte]

Em 24 de fevereiro de 2008, foi elevado a título de paróquia por dom Fernando José Penteado, bispo da Diocese de Jacarezinho a qual este município pertence a Capela São Geraldo Majela, que é localizada, no Conjunto Humberto Teixeira 2. A Paróquia São Geraldo Majela, tem como seu primeiro pároco, Padre Roberto Moraes de Medeiros, e primeiro vigário paroquial, Padre Marcos Ribeiro de Almeida, e coordenadora administrativa paroquial, a senhora Margarete Negrão da Silva. A nova matriz conta com uma devoção popular a São Miguel Arcanjo, em uma missa de teor carismático presidida pelo pároco atual, onde a igreja fica repleta de fiéis.

Bandeirantes conta com o Santuário de Santa Terezinha do Menino Jesus e da Sagrada Face, onde era localizada a antiga Igreja Matriz, mas que popularmente ainda é conhecida assim, por ser a primeira no município. O primeiro reitor deste santuário foi o padre Claudinei Antônio da Silva e o coordenador administrativo Eustáquio Magalhães Trindade.

Bandeirantes conta com diversas denominações religiosas, como: igreja católica, igrejas evangélicas, igreja/comunidade anglicana (fundada na cidade desde o ano de 2007), espiritismo, testemunhas de Jeová, entre outros.

Turismo religioso[editar | editar código-fonte]

No município inaugurou-se, em 2012, o terceiro maior santuário de São Miguel Arcanjo no mundo, com a maior estátua do planeta dedicada ao anjo São Miguel.

Economia[editar | editar código-fonte]

A base da economia no município é o cultivo de uva fina de mesa, pimentão, pepino, cana-de-açúcar e, principalmente, soja e milho.

Anualmente, a festa Festa do Milho Verde movimenta a economia local.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Possui uma área é de 446,301 km², representando 0,2246 por cento do estado, 0,0794 por cento da região e 0,0053 por cento de todo o território brasileiro. Localiza-se a uma latitude 23°06'36" sul e a uma longitude 50°27'28" oeste, estando a uma altitude de 420 metros.

Demografia[editar | editar código-fonte]

Dados do Censo - 2010 População Total: 43.213

  • Urbana: 27.720
  • Rural: 6.012
    • Homens: 16.682
    • Mulheres: 17.050

Densidade demográfica (hab./km²): 74,4

Índice de Desenvolvimento Humano (IDH-M): 0,756

  • IDH-M Renda: 0,681
  • IDH-M Longevidade: 0,726
  • IDH-M Educação: 0,861

Hidrografia[editar | editar código-fonte]

Rodovias[editar | editar código-fonte]

Administração[editar | editar código-fonte]

Educação[editar | editar código-fonte]

A Faculdade Superior de Agronomia (FEB) foi fundadas em 1973 e mais tarde passou a ser chamada Fundação Faculdade de Agronomia Luiz Meneghel. Em 2000, mudou o nome para Fundação Faculdades Luís Meneghel. Em janeiro de 2003, a fundação foi incorporada pelo governo do estado, na época Universidade Estadual do Paraná. Em 27 de setembro de 2006, pela Lei Estadual nº 15.300/2006, foi criada a Universidade Estadual do Norte do Paraná, em que foi incluída a Fundação Faculdades Luís Meneghel.

Galeria de imagens[editar | editar código-fonte]

Esporte[editar | editar código-fonte]

O município de Bandeirantes possuiu alguns clubes no Campeonato Paranaense de Futebol, dentre eles o Guarani F. C. e o União Bandeirante Futebol Clube.[8]


Referências

  1. Galeria de Prefeitos Site da PMB - acessado em 5 de agosto de 2018
  2. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008. 
  3. IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010. 
  4. a b «Estimativa populacional 2018 IBGE». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de agosto de 2018. Consultado em 14 de outubro de 2018. 
  5. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2000. Consultado em 11 de outubro de 2008. 
  6. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010. 
  7. http://www.achetudoeregiao.com.br/pr/bandeirantes/historia.htm
  8. «Paraná 1961». The Rec.Sport.Soccer Statistics Foundation e RSSSF Brazil. 2005. Consultado em 14 de outubro de 2018. 

Ver também[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Bandeirantes

Ligações externas[editar | editar código-fonte]