Bang Bang Bang (canção de Big Bang)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
"Bang Bang Bang"
Single de Big Bang
do álbum Made
Lançamento 1 de junho de 2015
Formato(s)
Gênero(s)
Duração 3:40
Gravadora(s) YG Entertainment
Composição
Produção
  • Teddy
  • G-Dragon
Informações sobre o vídeo musical
Lançamento 1 de junho de 2015
Diretor(es) Seo Hyun-seung
Duração 3:50
Cronologia de singles de Big Bang
"Loser"/
"Bae Bae"
(M)
(2015)
"If You"/
"Sober"
(D)
(2015)

"Bang Bang Bang" (hangul: 뱅뱅뱅) é uma canção gravada pelo grupo sul-coreano Big Bang, contida em seu álbum single A (2015) e em seu terceiro álbum de estúdio coreano Made (2016). Foi lançada digitalmente em 1 de junho de 2015. Composta por Teddy, G-Dragon e T.O.P e produzida pelos dois primeiros, a canção obteve êxito comercial, liderando a Billboard World Digital Songs nos Estados Unidos e a parada da Gaon na Coreia do Sul, tornando-se o single mais vendido do ano de 2015 no país e levando o grupo a receber, seu segundo prêmio de Canção do Ano no Mnet Asian Music Awards e seu primeiro prêmio de Canção do Ano no Melon Music Awards no mesmo ano. No Japão, "Bang Bang Bang" alcançou um pico de segundo lugar na Billboard Japan Hot 100 e foi premiada como Canção do Ano (Ásia) pela Japan Gold Disc Award por dois anos consecutivos, em 2016 e 2017.

Seu vídeo musical correspondente, dirigido por Seo Hyun-seung, foi o mais visto de um artista sul-coreano na plataforma de vídeos Youtube no mesmo ano.

Antecedentes e promoção[editar | editar código-fonte]

Em 27 de maio de 2015, a YG Entertainment revelou a primeira imagem teaser contendo o anúncio de lançamento de "Bang Bang Bang", seu CEO Yang Hyun-suk, descreveu a canção como "a mais poderosa que você já ouviu".[1] Antes de seu lançamento, o Big Bang participou de uma contagem regressiva oficial realizada em um evento ao vivo através do aplicativo "V" do portal Naver, em 31 de maio de 2015, onde discutiram sobre seus novos lançamentos e responderam a perguntas enviadas pelos fãs.[2]

Como parte de suas promoções, o grupo realizou a primeira apresentação de "Bang Bang Bang" através do programa M! Countdown da Mnet, juntamente com o single "We Like 2 Party" em 3 de junho,[3] e posteriormente no talk show You Hee-yeol's Sketchbook da KBS2.[4] No Japão, a canção foi apresentada pelo Big Bang nos programas de televisão japoneses Music Station da TV Asahi em 5 de fevereiro de 2016, Momm!! da TBS em 8 de fevereiro, dentre outros.[5]

Composição[editar | editar código-fonte]

"Bang Bang Bang" é uma canção dance-pop e trap que incorpora elementos de electropop. Composta por Teddy, G-Dragon e T.O.P e produzida pelos dois primeiros, sua sonoridade é comparada por Julianne E. Shepherd do website The Muse, como sendo uma mistura do grupo de hip hop estadunidense Migos com a batida do gênero hi-NRG.[6] Tamar Herman da Billboard, a caracteriza musicalmente como sendo "preenchida por um sintetizador que ecoa" ao longo da faixa "com batidas alternadas e poderosas sirenes", dando a "Bang Bang Bang" um "ambiente caótico".[7] A canção foi descrita pelo canal Fuse, como tendo uma batida dance inspirada nos anos noventa até se transformar em uma canção de trap intensa, semelhante a canções como "Turn Down for What" de DJ Snake e Lil Jon e "Get Low" de Dillon Francis,[8] esta transformação de "Bang Bang Bang" em trap, ocorre durante seu refrão e em suas duas últimas estrofes, quando o grupo entoa a linha "Deixe o bumbo tocar".[6][8][nota 1] Seu refrão apresenta ainda o gancho: "Como se tivesse levado um tiro / bang bang bang",[9][nota 2] considerado menos onomatopeico e mais como uma homenagem ao grupo.[7]

Uma versão em língua japonesa de "Bang Bang Bang" foi lançada em Made Series (2016), o quinto álbum de estúdio japonês do Big Bang, contendo letras adicionais de Verbal, membro do grupo japonês M-Flo.[10]

Recepção da crítica e impacto[editar | editar código-fonte]

A Billboard classificou "Bang Bang Bang" em décimo lugar em sua lista referente as melhores canções do Big Bang, descrevendo-a como uma canção "impossível de se ignorar", afirmando que, "embora a súbita mudança de ritmo ao longo do single pareça dissonante ao se ouvir pela primeira vez", a faixa apresenta uma "energia frenética" como um de seus componentes, o que a torna "ainda mais atraente".[7] O jornal Sun-Times incluiu a canção em sua lista referente as dez melhores canções do Big Bang destacando que "esta faixa pronta para o clube, leva o estilo clássico do Big Bang a novos níveis de sofisticação".[11] A Fuse a comparou com o também single do Big Bang, "Fantastic Baby" (2012), chamando ambas as faixas de "festa contínuas".[8] O serviço de música KKBOX elogiou seu som notado como energético e saudou "Bang Bang Bang" como uma canção clássica do grupo.[12] A revista Thump a elegeu uma das melhores canções do verão, considerando-a um "uma explosão multi-gênero" que é "uma combustão em qualquer idioma, em qualquer país".[13]

"Bang Bang Bang" liderou a pesquisa anual realizada pela empresa de análise de público Gallup Korea, referente a canção do ano entre coreanos de 13 a 59 anos de idade em 2015.[14] A canção foi uma das canções escolhidas pelo governo sul-coreano, para fazer parte de suas transmissões de propaganda feitas por alto-falantes, próximo a fronteira com a Coreia do Norte, em resposta ao teste nuclear de janeiro de 2016.[9][15] Além disso, foi cantada por estudantes universitários de Seul, durante os protestos pela renúncia da presidente Park Geun-hye em 2016.[16]

Vídeo musical[editar | editar código-fonte]

O vídeo musical de "Bang Bang Bang" foi dirigido por Seo Hyun-seung, que já havia trabalhado com o grupo no vídeo de "Fantastic Baby"[17] e coreografado por Parris Goebel, que realiza uma participação no mesmo.[18] Após seu lançamento em 1 de junho de 2015, o vídeo musical recebeu análises positivas dos críticos de música. Jeff Benjamin da Fuse, descreveu-o como "os rapazes curtindo em uma série de olhares selvagens, penteados e moda, em um mundo tingido de neon",[8] enquanto Eric Ducker, da Rolling Stone, afirmou que "nada realmente supera a grandiosidade explosiva de Bang Bang Bang das lendas do Big Bang".[19] A Billboard elogiou sua moda, observando que cada estilo apresentado pelos membros estava no ponto.[20] Tom Breihan em sua resenha sobre o vídeo para o Stereogum, descreveu-o como "um vídeo incrivelmente épico", e analisou que ele possui "um belo e absurdo tumulto de glitter, cabelo rosa, carros rebaixados, motocicletas e lança-chamas", Breihan destaca ainda o uso de elementos que incluem modelos andrógenos em coleiras, canhões antiaéreos e veículos de ataque sendo conduzidos como carruagens.[21] Mais tarde, classificou o vídeo de "Bang Bang Bang" como o décimo quarto melhor vídeo musical do ano, tornando-o único vídeo de língua não inglesa na lista.[22] O jornal Miami New Times, destacou o vídeo como "bombástico" e elogiou o que considera como sendo "o que é a hallyu", apresentando "trajes insanos, dança dinâmica e nível de produção que combina e até mesmo supera, os de seus concorrentes ocidentais".[23]

Sua recepção por parte do público foi favorável, onde o mesmo converteu-se no vídeo musical de K-pop mais visto na América e ao redor do mundo no mês de junho de 2015[24][25] e posteriormente, no vídeo mais visto do ano de um artista sul-coreano.[26] Em janeiro de 2017, se tornou o segundo vídeo musical de um grupo masculino coreano a superar as duzentas milhões de visualizações na plataforma de vídeos Youtube.[27] Em 5 de janeiro de 2016, uma versão japonesa de duração curta e essencialmente igual a produção coreana, foi divulgada pela YG Entertainment como parte das promoções do álbum Made Series (2016).[28]

Desempenho nas paradas musicais[editar | editar código-fonte]

"Bang Bang Bang" alcançou a primeira colocação no iTunes Top Songs de oito países da Ásia.[29] Na Coreia do Sul, estreou em número um na Gaon Digital Chart, Gaon Streaming Chart com mais de 6,2 milhões de transmissões e Gaon Download Chart, vendendo 339,856 mil downloads digitais em sua primeira semana nas paradas, o que a tornou, a canção de um grupo com o maior número de vendas em sua primeira semana da Gaon em 2015.[30][31][32] No fim do mês de junho, se estabeleceu na primeira colocação nas paradas mensais das três tabelas, com vendas de 681,111 mil cópias digitais.[33] Posteriormente, "Bang Bang Bang" liderou as paradas anuais da Gaon Digital Chart, Gaon Streaming Chart e Gaon Download Chart, obtendo mais de 1,581 milhões de downloads digitais pagos no país.[34] Em Taiwan, "Bang Bang Bang" foi eleita a segunda canção coreana mais popular do ano, através do serviço de música KKBox.[35] No Japão, obteve pico de número dois na Billboard Japan Hot 100[36] e liderou a lista de top 10 canções do ano de 2017 do KKBox japonês.[12]

O Big Bang tornou-se o primeiro artista masculino de K-pop, a ingressar em uma parada francesa, com "Bang Bang Bang" posicionando-se no número de 194 na SNEP.[37] Nos Estados Unidos, liderou a Billboard World Digital Songs, com vendas de onze mil cópias em sua primeira semana, seguido de "We Like 2 Party" em segundo lugar.[38] Este feito que havia se repetido anteriormente com os singles "Loser" e "Bae Bae", levou o quinteto a igualar o recorde do cantor Psy.[39]

Prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Ano Premiação Categoria Resultado Ref.
2015 Mnet Asian Music Awards Canção do Ano Venceu [50][51]
Melhor Performance de Dança (Grupo Masculino) Indicado
MTV Iggy Canção Internacional do Verão de 2015 Venceu [52][53]
Melon Music Awards Canção do Ano Venceu [54]
Prêmio de Popularidade do Internauta Venceu
KpopStarz Best Of K-Pop Awards Melhor Canção de K-Pop do Ano Venceu [55]
SBS PopAsia Awards Melhor Canção do Ano Venceu [56]
2016 Gaon Chart Awards Canção do Mês (Junho) Venceu [57]
Seoul Music Awards Gravação do Ano em em Lançamento Digital Venceu [58]
QQ Music Awards Melhor Vídeo Musical Venceu [59]
RTHK International Pop Poll Award Dez Melhores Vendas Digitais Lançadas Venceu [60]
Japan Gold Disc Award Canção do Ano por Download (Ásia) Venceu [61]
2017 Venceu [62]

Vitórias em programas de música[editar | editar código-fonte]

Data Programa Emissora
14 de junho de 2015 Inkigayo SBS
28 de junho de 2015
11 de junho de 2015 M! Countdown Mnet
25 de junho de 2015

Histórico de lançamento[editar | editar código-fonte]

Região Data Língua Formato(s) Gravadora
 Coreia do Sul 1 de junho de 2015 coreano CD, download digital YG Entertainment
Mundo
 Japão 17 de junho de 2015
3 de fevereiro de 2016 japonês YGEX, Avex Trax

Precessão e sucessão[editar | editar código-fonte]

Precedido por
"View" por Shinee
Single semanal número um na Gaon Digital Chart
31 de maio – 6 de junho de 2015
Sucedido por
"Love Me Right" por Exo
Precedido por
"Loser" por Big Bang
Single mensal número um na Gaon Digital Chart
Junho de 2015
Sucedido por
"If You" por Big Bang
Precedido por
"Some" por Soyou & Junggigo
Single anual número um na Gaon Digital Chart
2015
Sucedido por
"Cheer Up" por Twice

Notas

  1. No original: "Let the bass drum go".
  2. No original: "총 맞은 것처럼 / 뱅뱅뱅'"; rr: "Chong majeun geoscheoreom / bang bang bang".

Referências

  1. «[OSEN Focus] BIGBANG Returns with Powerful "BANG BANG BANG"» (em inglês). YG Life. 27 de maio de 2015. Consultado em 5 de março de 2016. 
  2. «BIGBANG Is Back Again with "BANG BANG BANG" and "WE LIKE 2 PARTY"» (em inglês). Soompi. 1 de junho de 2015. Consultado em 5 de março de 2016. 
  3. «빅뱅VS엑소, '엠카' 불태운 역대급 빅매치(TV종합)» (em coreano). Naver. 4 de junho de 2015. Consultado em 8 de março de 2016. 
  4. «Big Bang To Perform New 'Made' Album Singles On 'Yoo Hee-Yeol's Sketchbook'». KpopStarz. 31 de maio de 2015. Consultado em 8 de março de 2016. 
  5. «Big Bang To Follow Japanese Release Of 'MADE' With 3-Song Performance On 'Music Station'» (em inglês). KpopStarz. 2 de Fevereiro de 2016. Consultado em 5 de março de 2016. 
  6. a b Julianne E. Shepherd (6 de maio de 2015). «K-Pop Boy Band BIGBANG's Vid for 'Bang Bang Bang' Is Actually Explosive». The Muse. Consultado em 22 de fevereiro de 2017. 
  7. a b c Herman, Tamar (23 de dezembro de 2016). «The 10 Best BIGBANG Songs: Critics' Picks». Billboard. Consultado em 12 de fevereiro de 2017. 
  8. a b c d Benjamin, Jeff (1 de junho de 2015). «LISTEN TO BIGBANG'S TRAPPY NEW BANGER, "BANG BANG BANG"» (em inglês). Fuse. Consultado em 19 de Fevereiro de 2016. 
  9. a b «Big Bang's Bang Bang Bang kicks off South Korea's loudspeaker propaganda broadcast to North Korea». ABC News. 8 de janeiro de 2016. Consultado em 25 de janeiro de 2017. 
  10. «Made Series-Bang Bang Bang». KKBox Japan. Consultado em 18 de março de 2016. 
  11. Miller, Kaitlin (2 de maio de 2015). «Big Bang's 10 best songs of the past 10 years». Sun-Times. Consultado em 22 de fevereiro de 2017.. Arquivado do original em 7 de fevereiro de 2016 
  12. a b «BIGBANGが楽曲部門1位に! KKBOX2016年年間チャート発表» (em japonês). KKBox Japan. Consultado em 12 de fevereiro de 2017. 
  13. «BIGBANG, Boys Noize, and Róisín Murphy Have Our Anti-Songs of the Summer». Thump. 4 de junho de 2015. Consultado em 9 de setembro de 2017. 
  14. «빅뱅, 소시·아이유 꺾고 올해 빛낸 가수·가요 1위 '석권'» (em coreano). Osen. 17 de dezembro de 2015 
  15. «Bang bang bang! The K-pop songs being blasted into North Korea» (em inglês). The Guardian. 8 de janeiro de 2016. Consultado em 19 de Fevereiro de 2016. 
  16. «`뱅뱅뱅`, `다만세` 떼창하며 대학생 4천명 서울광장으로 행진» (em coreano). Naver. 12 de novembro de 2016 
  17. «'Bang Bang Bang' Big Bang's Most Powerful Beats To Come». KpopStarz. 28 de maio de 2015. Consultado em 19 de Fevereiro de 2016. 
  18. «K-Pop Behind The Spotlight: Choreographer Parris Goebel On The Making Of Big Bang's 'Bang Bang Bang' Video [EXCLUSIVE]». KpopStarz. 16 de junho de 2015. Consultado em 25 de janeiro de 2017. 
  19. Eric Ducker (22 de dezembro de 2015). «10 Best Music Videos of 2015». Rolling Stone. Consultado em 2 de janeiro de 2017. 
  20. «BIGBANG Get Wild With New Single 'Bang Bang Bang' & Video». Billboard. 1 de julho de 2015. Consultado em 19 de Fevereiro de 2016. 
  21. Breihan, Tom. «BigBang – "Bang Bang Bang" Video». Stereogum. Consultado em 22 de fevereiro de 2017. 
  22. «The 50 Best Videos Of 2015». Stereogum. 16 de dezembro de 2015. Consultado em 25 de janeiro de 2017. 
  23. Markowitz, Douglas (18 de julho de 2017). «A K-Pop Primer to Prepare You for G-Dragon's Miami Show». Miami New Times. Consultado em 20 de julho de 2017. 
  24. «Most Viewed K-Pop Videos in America & Around the World: June 2015» (em inglês). Billboard. 21 de julho de 2015. Consultado em 19 de Fevereiro de 2016. 
  25. «K-Pop's Hottest Summer Yet? The 20 Biggest Songs & Videos in America This Season» (em inglês). Billboard. 24 de setembro de 2015. Consultado em 19 de Fevereiro de 2016. 
  26. «YouTube Releases List of Top 10 Most Watched K-Pop Music Videos of 2015 and Channels With Most Growth». Soompi. 6 de dezembro de 2015. Consultado em 5 de março de 2016. 
  27. «BIGBANG's "BANG BANG BANG" Reaches Multiple Milestones With 200 Million Views On YouTube». Soompi. 11 de janeiro de 2017. Consultado em 25 de janeiro de 2017. 
  28. «Big Bang release Japanese PVs of their hit songs 'Bang Bang Bang' and 'Loser'». Allkpop. 5 de janeiro de 2016. Consultado em 19 de Fevereiro de 2016. 
  29. «Big Bang's 'Bang Bang Bang' and 'We Like 2 Party' top iTunes charts worldwide». allkpop. 1 de junho de 2015. Consultado em 9 de Março de 2016. 
  30. a b «2015년 24주차 Digital Chart» (em coreano). Gaon Chart. Consultado em 8 de Março de 2016. 
  31. a b «2015년 24주차 Download Chart». Gaon Chart. Consultado em 9 de Março de 2016. 
  32. a b «2015년 24주차 Streaming Chart». Gaon Chart. Consultado em 8 de março de 2016. 
  33. «2015년 06월 Download Chart». Gaon Chart. Consultado em 9 de Março de 2016. 
  34. a b «2015년 Download Chart» (em coreano). Gaon Chart. Consultado em 8 de Março de 2016. 
  35. «2015韓語年度單曲/專輯榜TOP 20» (em chinês). KKbox Taiwan. 9 de março de 2016. Consultado em 31 de julho de 2016. 
  36. a b «Billboard's Japan Hot 100 Singles Chart» (em inglês). Billboard  Consultado em 8 de Março de 2016
  37. a b «Lescharts.com – BigBang – Bang Bang Bang». Lescharts. 13 de junho de 2015. Consultado em 9 de Março de 2015. 
  38. a b c d «BIGBANG Own Top Two Slots on World Digital Songs...Again!» (em inglês). Billboard  Consultado em 9 de Março de 2016.
  39. «K-Pop's Big Bang Ties Psy Record with Single "Bang Bang Bang"». music times. 12 de junho de 2015. Consultado em 9 de Março de 2016. 
  40. «2015년 25주차 Mobile Chart» (em coreano). Gaon Chart. Consultado em 8 de Março de 2016. 
  41. «Bigbang: Bang Bang Bang» (em finlandês). Musiikkituottajat – IFPI Finland. Consultado em 25 de janeiro de 2017. 
  42. «酷狗单曲畅销榜» (em chinês). KuGou. 3 de janeiro de 2017 
  43. «2015년 Digital Chart» (em coreano). Gaon Chart. Consultado em 8 de Março de 2016. 
  44. «2015년 Download Chart». Gaon Chart. Consultado em 25 de janeiro de 2017. 
  45. «2015년 Streaming Chart». Gaon Chart. Consultado em 25 de janeiro de 2017. 
  46. a b List of K-pop on the Billboard charts
  47. «Japan Hot 100». Billboard Japan. Consultado em 10 de janeiro de 2017. 
  48. «Japan Hot 100». Billboard Japan. Consultado em 12 de janeiro de 2017. 
  49. «レコード協会調べ 5月度有料音楽配信認定» [Record Association Investigation: May Digital Music Download Certifications]. RIAJ. 20 de junho de 2016. Consultado em 20 de junho de 2016. 
  50. «WINNERS» (em inglês). Mnet. Consultado em 8 de março de 2016. 
  51. «Oupu Best Dance Performance (nominee)» (em inglês). Mnet. Consultado em 8 de março de 2016. 
  52. «"Bang Bang Bang" wins International Song of Summer 2015!». MTV Iggy twitter. 20 de julho de 2015 
  53. «Big Bang Win MTV IGGY's International Song Of the Summer 2015 For 'Bang Bang Bang'». Consultado em 30 de julho de 2016. 
  54. «Check out the winners of the '2015 MelOn Music Awards'!» (em inglês). allkpop. 7 de Novembro de 2015. Consultado em 8 de março de 2016. 
  55. «Big Bang, GOT7 Among The Winners In KpopStarz 2015 Best Of K-Pop Awards». Consultado em 30 de julho de 2016. 
  56. «WINNER: SBS PopAsia PopAsia Award 2015: Best Song of the Year» (em inglês). www.sbs.com.au. 30 de novembro de 2015. Consultado em 8 de março de 2016. 
  57. «Winners of the 5th Gaon Chart K-Pop Awards». Soompi. 17 de fevereiro de 2016. Consultado em 31 de julho de 2016. 
  58. «Winners of 25th Seoul Music Awards» (em inglês). Soompi. 14 de janeiro de 2016. Consultado em 8 de março de 2016. 
  59. «Watch: BIGBANG and iKON Win Big and Perform at 2016 QQ Music Awards». Soompi. 23 de março de 2016 
  60. «27th International Pop Poll Awards». RTHK International Pop Poll Award. Consultado em 19 de maio de 2017. 
  61. «THE WINNERS OF THE JAPAN GOLD DISC AWARD 2016 ANNOUNCED». Consultado em 8 de março de 2016. 
  62. «THE JAPAN GOLD DISC AWARD 2017». Consultado em 1 de março de 2017. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]