Barítono

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Tipo de Voz
Feminino Masculino
Soprano alcance
Soprano
Tenor alcance
Tenor
Mezzo Soprano alcance
Meio-soprano
Barítono alcance
Barítono
Contralto alcance
Contralto
Baixo alcance
Baixo

Barítono é a voz masculina intermediária, que se encontra entre as extensões vocais de baixo e tenor. Trata-se de uma voz mais grave e aveludada que a dos tenores, porém quase nunca conta com a mesma agilidade. Compensa-se no volume e na capacidade de produzir notas graves e cavernosas, também é uma voz madura e viril. Barítono é a voz masculina mais comum nos países frios,[1][2] tem sua extensão vocal dentro dos limites do sol 2 ao si 3, no canto coral, podendo se estender do ré 2 ao sol 4, ou em alguns casos mais raros até mais grave ou agudo, estendendo-se do sol bemol 1 ao si 4.

A identidade dessa voz é definida apenas no século XIX, como uma consequência da transformação da voz de tenor. Nesse ponto, cria-se o intermédio de espaço entre tenor e baixo, o chamado baixo cantante nas primeiras décadas do século, tornando-se barítono. A voz do barítono puro, sendo dramática ou lírica, tem a zona de transição no mi bemol 3 e uma impostação e emissão semelhantes a do tenor (dramático), mesmo quando são também mais importantes, sonoros e extensos os registros grave e médio. Há alguns barítonos que adentram a região de um baixo bem treinado e ao mesmo tempo, a região do tenor dramático como um próprio.

Tipos de barítono[editar | editar código-fonte]

localização da extensão vocal do barítono no piano.

Dentro da voz de barítono encontramos tipos distintos, classificados desta maneira na ópera:

  • Barítono dramático: É o timbre mais comum dos barítonos. Sem o alcance do tenor, ou do barítono lírico, o barítono dramático, mais do que compensa essas limitações com potência e resistência. O barítono dramático tem poder na voz, é capaz de ondulações e sustentar o vocal com confiança. Uma voz que é mais rica e mais completa, e, mais dura do que um barítono lírico e com uma qualidade mais escura, com graves poderosos, conforme a nomenclatura indica. - Tessitura geral de G2 - G4
  • Barítono Martin: O Barítono Martin (por vezes referido como barítono light) não tem a menor faixa que abaixo de G2 ou B2, que um barítono mais pesado é capaz de fazer, e tem uma qualidade quase de tenor mais leve. Geralmente visto apenas no repertório francês, esta facha foi nomeada após o cantor francês Jean-Blaise Martin ter sido associado com o aumento do barítono no século XIX. Martin era bem conhecido por sua predileção por falsete, e a designação 'Barítono Martin' tem sido usada (Fauré, 1886) para separar a voz do "Barítono Verdi", que leva mais a voz de peito e tem o intervalo médio-agudo superior. É importante notar que este tipo de voz tem partes de passaggio com o tenor dramático e heldentenor (dó sustenido 4 e fá 4, respectivamente), e, portanto, poderia ser treinado como um tenor, em certos casos. - Classificando melhor, sua tessitura é do sol 2 ao fá 4.
  • Barítono Verdi: A categoria de voz mais especializada do subconjunto do barítono dramático refere-se a uma voz capaz de cantar de forma consistente e fácil na parte mais alta da faixa baritonal. Às vezes estendendo-se até ao dó 5, com propriedade forte e robusta quando necessário, com registro alto "gritado". - Tessitura geral: sol 2 - si bemol 4.
  • Barítono lírico: O mais doce, mais suave som de barítono, com falta de dureza; mais leve e talvez mais maduro do que o barítono dramático, com maior tessitura. Ele é geralmente atribuído a papéis que podem tanto ser sérios quanto cômicos nas óperas[3]. - Tessitura geral: lá 2 - si bemol 4.
  • Kavalierbariton: Uma voz metálica, que pode cantar frases tanto líricas e dramáticas, com uma cor barítonal nobre e viril. Não é tão poderoso quanto o barítono Verdi, que deverá ter uma aparência poderosa no palco, talvez muscular ou fisicamente grande. - Tessitura geral: lá 2 - sol 4.
  • Barítono leggero: Barítono de grande extensão, aguda e clara, ágil e flexível dinamicamente, com claridade e volume de menos, e não muito potente. - Extensão geral de sol 1 - dó 4.
  • Baritenor: Voz poderosa e extensa, que pode cantar tanto como um forte barítono, assim como desenvolver um repertório especial para tenor. - Tessitura geral de si bemol 2 - dó sustenido 5.
  • Baixo-barítono: É uma alta voz grave ou uma voz baixa de barítono que compartilha certas qualidades com a verdadeira voz de barítono. A voz de um baixo-barítono é distinguida por dois atributos: Primeiro, ele deve ser capaz de cantar confortavelmente em uma tessitura baritonal. Em segundo lugar, precisa ter o menor intervalo ressonante tipicamente associado com a voz de baixo. Por exemplo, o papel de Wotan em Die Walküre abrange o intervalo de fá 2 para fá sustenido 4, mas raramente desce além de mi 2. Baixos-barítonos são tipicamente divididos em duas categorias distintas: Lírico e dramático. - Tessitura geral de fá 2 a fá sustenido 4.

Referências

  1. Merriam-ebster's Collegiate Encyclopedia."Baritone". Merriam-Webster (2000) p. 142. ISBN 0-87779-017-5
  2. Knapp, Raymond; Morris, Mitchell; Wolf. Stacy (eds.) (2011)The Oxford Handbook of The American Musical, p. 322. Oxford University Press. ISBN 0199874727
  3. «A BELEZA DAS VOZES OPERÍSTICAS». Revista Mega Curioso. Consultado em 2 de novembro de 2018