Barcelona Esportivo Capela

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde agosto de 2014). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Barcelona
Barcelona Esportivo Capela.png
Nome Barcelona Esportivo Capela
Alcunhas Barça
Mascote Elefante
Fundação 20 de janeiro de 2004 (13 anos)
Estádio Capelão (Castelo)
Capacidade 5.000 (originalmente)
Presidente Brasil Paulo Sérgio Moura
Treinador BrasilAdauto Marinho
Material (d)esportivo Brasil Deka
Competição São Paulo Campeonato Paulista - Segunda Divisão
Website Barcelona Esportivo Capela
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
titular
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo
editar

Barcelona Esportivo Capela é um clube brasileiro de futebol da cidade de São Paulo.[1]

Fundado em janeiro de 2004, o time estreou nas divisões inferiores do Campeonato Paulista na Série B2 daquele ano. O primeiro jogo do time foi em 17 de abril, um empate de 1x1 contra o tradicional Jabaquara. A equipe mandou seus jogos no Estádio Capelão e por pouco não se classificou para a segunda fase daquele campeonato.

No ano seguinte o time passou a mandar suas partidas na cidade de Ibiúna graças a uma parceria com a prefeitura daquela cidade. O time permaneceu jogando no Estádio Marcus Eduardo Carvalho Truvilho até 2007. Nessas três temporadas, todas na recém-criada Segunda Divisão Paulista, a equipe paulistana nunca passou da primeira fase. A performance foi muito abaixo do esperado e o Elefante conquistou apenas oito vitórias em 40 partidas disputadas.

Em 2008 o time de afastou do campeonato, voltando em 2009. Nesse ano a ideia era jogar no Estádio Aníbal de Freitas, pertencente ao Clube Guapira, localizado na Zona Norte da capital paulista. Por problemas com laudos, o clube jogou ali poucas vezes, chegando a mandar jogos também no Estádio Nicolau Alayon e também no Estádio Ulrico Mursa, em Santos. A campanha ruim, somada com a falta de um local fixo para atuar como mandante, fez com que o time novamente se afastasse do profissionalismo.

Nos anos seguintes a equipe disputou apenas alguns campeonatos de base. A aguardada volta do time ao futebol profissional acontecerá na temporada de 2015, outra vez na Segunda Divisão do Campeonato Paulista da FPF. A equipe paulistana fará parte do Grupo 2 da competição, junto com Internacional de Bebedouro, Elosport, Lemense, Olímpia, Amparo, São Carlos, Olé Brasil, Palmeirinha e Desportivo Brasil. O time também voltará a atuar na cidade de São Paulo, mais precisamente no Estádio Nicolau Alayon.

Apesar de todas as dificuldades, o maior destaque da história do time foi a revelação do jogador brasileiro, naturalizado espanhol, Diego Costa.

Elenco Atual[editar | editar código-fonte]

Cada clube pode inscrever 28 jogadores (25 de linha e 3 goleiros) para a disputa da Segunda Divisão. Atualmente, o Barcelona conta com 18 jogadores inscritos. Cada clube pode relacionar 3 jogadores acima de 23 anos para cada partida. O Barcelona conta com o volante Eduardo (25 anos) e o atacante Richard (26 anos) como jogadores acima de 23 anos.

Goleiros
Jogador
' Brasil Rafael Bitencourt
' Brasil Ricardo Valentim
Defensores
Jogador Pos.
' Brasil Guilherme Z
' Brasil João Pedro Z
' Brasil Tiago Z
' Brasil Vareta Z
' Brasil Caio Valentim LD
' Brasil Geovani LD
' Brasil Chico LE
Meio-campistas
Jogador Pos.
' Brasil Eduardo V
' Brasil Lucas V
' Brasil Mikael V
' Brasil Matheus Thomaz M
' Brasil Milton M
Atacantes
Jogador
' Brasil Dênis
' Brasil Ícaro Freire Nunes
' Brasil Michel
' Brasil Richard
Comissão técnica
Nome Pos.
Brasil Moisés Macedo T

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Bandeira de BrasilSoccer icon Este artigo sobre clubes brasileiros de futebol é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.