Barnim I, Duque da Pomerânia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Barnim da Pomerânia
Duque da Pomerânia
Barnim I, Duque da Pomerânia
Esposas Ana Maria
Margarida
Matilda
Descendência Anastácia
Bogislau IV da Pomerânia
Miroslava
Beatriz
Matilda
Barnim II da Pomerânia
Otão I da Pomerânia
Casa Casa de Grifo
Nascimento 1210
Morte 13 de novembro de 1278
  Estetino, Pomerânia Ocidental, Polônia
Pai Bogislau II da Pomerânia
Mãe Miroslava da Pomerélia

Barnim I, O Bondoso (1210 - Estetino, 13 de novembro de 1278), da Casa de Grifo, foi um Duque da Pomerânia, de 1220, até a sua morte.

Vida[editar | editar código-fonte]

Selo de Barnim I

Filho do Duque Bogislau II e Miroslava da Pomerélia, filha do Duque Mestwin I da Pomerélia, ele assumiu o Ducado da Pomerânia-Estetino após a morte de seu pai, em 1220[1]. Ele teve, no entanto, que compartilhar o governo da Pomerânia com seu primo Venceslau III, que residia em Demmin. Menor de idade, quando seu pai morreu, suas terras ficaram, até cerca de 1226, sob a regência de sua mãe, Miroslava, da dinastia pomerélia Samborides. Primeiramente um feudo dinamarquês, as terras pomerânias voltaram a o Sacro Império Romano-Germânico, após a vitória de vários príncipes do norte alemão na Batalha de Bornhöved, de 1227. O imperador Frederico II, em 1231, colocou o Ducado da Pomerânia sob a suserania dos margraves da Casa de Ascânia, de Brandemburgo, ignorando a titularidade da Dinastia Grifo e, assim, alimentando o longo Conflito Brandemburgo–Pomerânia .

Depois que seu primo Venceslau III havia, formalmente, aceito a suserania de Brandemburgo pelo Tratado de Kremmen, de 1236, o Duque Barnim chegou a um acordo com os poderosos margraves ascanianos, no Tratado de Landin, de 1250. Ele fez voto de vassalagem a Brandemburgo e teve que renunciar à região da Uckermark. Apesar disso, ele conseguiu o consentimento para que o feudo de seu primo Venceslau permaneceria com a Dinastia Grifo após a sua morte. Quando o Duque Venceslau III morreu, em 1264, Barnim I foi capaz de unir todo o Ducado da Pomerânia sob o seu comando. Ele promoveu o Expansão para o Leste, ao introduzir colonizadores alemães e costumes no ducado, fundou muitas cidades, entre elas Prenzlau, Estetino, Gartz, Anklam, Stargard, Gryfino, Police, Pyrzyce, Ueckermünde e Goleniów. Ele também era conhecido por suas generosas fundações eclesiásticas[1], e apoiou a extensão do reino secular dos bispos de Cammin, na área de Colberga.

O Duque Barnim morreu na cidade de Dąbie, hoje parte de Estetino. O Minnesanger Mestre Rumelant escreveu uma lamentação em sua honra.

Casamentos e descendência[editar | editar código-fonte]

Entre 4 de setembro de 1238 e 18 de julho de 1242, Barnim I casou-se com Ana Maria (1225 - 1245), filha do Duque Alberto I da Saxônia. A historiografia contesta suas origens.[2] Eles tiveram uma filha:

  • Anastácia (1245 - 15 de março de 1317), casou-se, em 1259, com Henrique I, Senhor de Mecklemburgo.


Entre 1253 e 1254, Barnim I casou-se pela segunda vez com Margarida (1231 – 27 de Maio de 1261), talvez, uma filha de Nicolau I de Werle e membro da Casa de Mecklemburgo,[3][4] embora outras fontes a identifiquem como filha de Otão I, Duque de Brunsvique-Luneburgo. O historiador Robert Klempin a identificou como viúva de Vitslav I, Príncipe de Rügen, mas isso parece muito duvidoso, do ponto de vista cronológico.[5] Eles tiveram um filho:

  • Bogislau IV da Pomerânia (nascido antes de 1258 - 19 de fevereiro de 1309), co-governante, a partir de 1276, e único governante, após a morte de seu pai, dividindo o poder com seus meio-irmãos mais novos.


Antes de 20 de maio de 1267, Barnim I, casou-se pela terceira vez, com Matilda (nascida por volta de 1255 – 20 de dezembro de 1316), filha de Otão III, Margrave de Brandemburgo. Eles tiveram cinco filhos:

  • Miroslava (nascida por volta de 1270 – morta entre 23 de dezembro de 1327 e 11 de novembro de 1328), casou-se, em 1285, com Niklot I, Conde de Schwerin.
  • Beatriz (morta em 1315 ou 1316), casou-se, antes de 1290, em Penzlin, com Henrique II de Werle , filho de Henrique I de Werle.
  • Matilda (morreu jovem, em 1295).
  • Barnim II da Pomerânia (1277 – 28 de maio de 1295).
  • Otão I da Pomerânia (1279 – 31 de dezembro de 1344).

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. a b Chisholm 1911.
  2. Martin Wehrmann: Genealogie des pommerschen Herzogshauses. Verlag Leon Sauniers Buchhandlung, Stettin 1937, p. 48.
  3. MECKLENBURG - Margareta (died 1261) in: MedLands Projects by Charles Crowley (retrieved 11 July 2014).
  4. Margareta von Werle in Roglo.eu retrieved 11 July 2014).
  5. Martin Wehrmann: Genealogie des pommerschen Herzogshauses. Verlag Leon Sauniers Buchhandlung, Stettin 1937, p. 49.

Atribuição: