Barragem de Campos Novos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde Fevereiro de 2008).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.


Barragem de Campos Novos
CamposNovos DamFilledUp.jpg
Localização
Localização Rio Canoas, Brasil Editar isso no Wikidata
Bacia hidrográfica Bacia do rio da Prata
Coordenadas 27°36'15"S, 51°19'35"W
Tipo barragem de aterro

A Barragem de Campos Novos é uma barragem brasileira que serve também como passagem sobre o rio Canoas para a estrada que liga as cidades catarinenses de Campos Novos e Celso Ramos no meio-oeste do estado.

Possui 202 metros de altura e está na lista das mais altas do mundo (veja Lista de barragens). Represa as águas do Rio Canoas com o fim de gerar energia através das 3 turbinas da Usina Hidrelétrica de Campos Novos que deveriam entrar em funcionamento em 2006 (MAPA)

Com a construção da barragem na região, foi realizada uma pesquisa pelos sítios arqueológicos da região, pesquisa realizada pelo arqueólogo Marcos Masi da Universidade Federal de Santa Catarina, todas as informações desta pesquisa serão posteriormente organizadas no Museu da cidade de Campos Novos.

Além da pesquisa em busca do passado na região também foram oferecidos cursos de aperfeiçoamento para os professores da rede pública e particular, sobre Educação Patrimonial.

Os problemas da Barragem de Campos Novos[editar | editar código-fonte]

A construção começou em 2001 mas a barragem teve problemas sérios desde outubro de 2005, enquanto ainda estava sendo construída, e em junho de 2006 quando começaria a funcionar um dos túneis colapsou causando extensos danos e inundou extensas áreas de mata nativa e prejudicando vários moradores. As empresas responsáveis ficaram obrigadas a pagar indenização apropriada mas diante da recusa geraram movimentos de revolta violentos dos prejudicados. Os prejuízos estimados estão em aproximadamente 700 milhões.

A obra havia sido financiada pelo Inter–American Development Bank e o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e construída por Camargo Corrêa e consultores de engenharia Engevix.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

International rivers [1]

Consciência.net [2]

Mídia independente [3]

Ícone de esboço Este artigo sobre hidrografia do Brasil é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.