Barry Seal

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Barry Seal
Nome completo Adler Berriman Seal
Nascimento 16 de julho de 1939
Baton Rouge
Morte 19 de fevereiro de 1986 (46 anos)
Nacionalidade norte-americano
Ocupação aviador

Adler Berriman "Barry" Seal (Baton Rouge, 16 de julho de 1939 — Baton Rouge, 19 de fevereiro de 1986) foi um traficante americano de drogas e armas, piloto comercial de avião e negociante que trabalhou para o Cartel de Medellín.[1][2] Chegou a trabalhar para a CIA se tornando um agente duplo. Indiciado em 1984 por conspiração com a intenção de distribuir 462 toneladas de cocaína a US$ 50 milhões, Seal foi multado e condenado a prestar serviços comunitários. Ele tinha 46 anos quando em fevereiro de 1986 foi morto a tiros por integrantes do cartel de Medellín no estacionamento de um albergue do Exército de Salvação, local onde ele prestava serviços comunitários.

Representações da mídia[editar | editar código-fonte]

Filmes[editar | editar código-fonte]

  • Seal é interpretado por Tom Cruise no filme de comédia criminal American Made (2017), que é baseado na vida de Seal e foi produzido pela Imagine Entertainment. Alguns fatos de sua vida real foram modificados, para adaptação ao roteiro.[3]

Séries[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Barry Seal DEA file» (em inglês). Drug Enforcement Administration. Consultado em 6 de junho de 2017 
  2. «Barry Seal» (em inglês). FBI. Consultado em 6 de junho de 2017 
  3. «American Made». History Hollywood 
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço relacionado ao Projeto Biografias. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.