Bart Goor

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Bart Goor
Informações pessoais
Nome completo Bart Goor
Data de nasc. 9 de abril de 1973 (45 anos)
Local de nasc. Neerpelt,  Bélgica
Altura 1,80 m
Canhoto
Informações profissionais
Clube atual Aposentado
Posição Ponta-esquerda
Clubes de juventude
1981-1986
1986-1991
Bélgica F.C. Buul
Bélgica Geel
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
1991-1996
1996-1997
1997-2001
2001-2004
2004-2005
2005-2008
2009-2011
2011-2013
2013-2014
Bélgica Geel
Bélgica Genk
Bélgica Anderlecht
Alemanha Hertha Berlim
Países Baixos Feyenoord
Bélgica Anderlecht
Bélgica Germinal Beerschot
Bélgica Westerlo
Bélgica Dessel Sport
142 (27)
33 (18)
131 (32)
87 (13)
34 (7)
97 (10)
61 (7)
50 (16)
28 (9)
Seleção nacional
1999–2008 Flag of Belgium.svg Bélgica 78 (13)

Bart Goor (Neerpelt, 9 de abril de 1973) é um ex-futebolista belga que destacou-se com a camisa do Anderlecht por dois períodos. Também teve longa passagem com a Seleção Belga de Futebol, pela qual disputou 78 jogos entre 1999 e 2008.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Depois de atuar nas categorias de base de F.C. Buul e Geel, Goor profissionalizou-se por este último em 1991. Em 5 anos, realizou 142 partidas e marcou 27 gols, desempenho suficiente para que o atacante fosse contratado pelo Genk, onde permaneceu por uma temporada, marcando 18 gols em 33 jogos.

Em 1998, assinou com o tradicional Anderlecht, onde viveria seu auge, tendo conquistado 4 Campeonatos Belgas (1999-00, 2000-01, 2005-06 e 2006-07), uma Copa da Bélgica (2007-08) - estes na segunda passagem pelos Mauves -, uma Copa da Liga (1999-00) e quatro Supercopas (2000, 2006 e 2007). Jogaria também por Hertha Berlim, Feyenoord, Germinal Beerschot e Westerlo.

Aos 40 anos, Goor assinou com o Dessel Sport, da Segunda Divisão belga, onde fez 28 partidas e marcou nove gols. Encerrou sua carreira ao final da temporada.

Seleção Belga[editar | editar código-fonte]

Preterido por Georges Leekens para a Copa de 1998, Goor teve suas primeiras chances na Seleção Belga no ano seguinte. Foi convocado por Robert Waseige para a Eurocopa de 2000 e para a Copa de 2002, onde jogou as quatro partidas da equipe, que sucumbiu nas oitavas-de-final, contra o Brasil.

Mesmo com as não-classificações da Bélgica para as Eurocopas de 2004 e 2008, além da Copa de 2006, Goor continuava sendo presença constante nas convocações do selecionado até 2008, quando o atacante vestiu a camisa dos Diables Rouges pela última vez. Em nove anos, foram 78 partidas e 13 gols marcados.

Bandeira de BélgicaSoccer icon Este artigo sobre futebolistas belgas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.