Bartosz Kurek

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Bartosz Kurek
Informações pessoais
Nome completo Bartosz Aleksander Kamil Kurek
Apelido Kuras
Modalidade Voleibol
Nascimento 29 de agosto de 1988 (31 anos)
Walbrzych, Polónia
Nacionalidade Polaco polonesa
Compleição Peso: 107 kg Altura: 2,08 m
Posição Ponteiro/Oposto
Medalhas
Competidor da Bandeira da Polônia Polônia
Campeonato Mundial
Ouro Itália-Bulgária 2018 Equipe
Liga Mundial
Bronze Gdańsk 2011 Equipe
Ouro Sofia 2012 Equipe
Campeonato Europeu
Ouro İzmir-Istambul 2009 Equipe
Bronze Viena/Praga 2011 Equipe
Copa do Mundo
Prata Tóquio 2011 Equipe
Bronze Japão 2015 Equipe
Campeonato Europeu Infantojuvenil
Ouro Letônia 2005 Equipe


Competidor do PGE Skra Bełchatów
Campeonato Mundial de Clubes
Prata Doha 2009 Equipe
Prata Doha 2010 Equipe
Competidor do PGE Skra Bełchatów
Liga dos Campeões da Europa
Prata Łódź 2011-12 Equipe
Bronze Łódź 2009-10 Equipe
Competidor do Ziraat Bankası
Taça CEV
Prata Ankara 2017-18 Equipe

Bartosz Aleksander Kamil Kurek é um voleibolista polonês que integrou a Seleção Polonesa de Voleibol Masculino que conquistou a medalha de ouro no Campeonato Europeu de 2009 e no Campeonato Mundial de 2018.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Filho do ex-voleibolista polonês Adam Kurek, ex-capitão da seleção polonesa de voleibol[1][2]. Dentro das suas característica no voleibol ele atinge cerca de 375 cm quando ataca e 326 cm no bloqueio.Em 2004 iniciou sua carreira profissional no Nysa AZS PWSZ permanecendo até 2005, clube no qual chegou atuar juntamente com seu pai.[3][2];e em 2005 estreia na seleção polonesa na categoria infantojuvenil na ediç̴ão do Campeonato Europeu na Letônia quando obteve a medalha de ouro[4][5], e foi premiado como melhor atacante.

No período de 2005 até 2008 defendia as cores do ZAKSA Kędzierzyn-Koźle, na sequencia transferiu-se para o PGE Skra Bełchatów onde conquistou na temporada 2008-09 os correspondentes Campeonato Polonês e a Copa da Polônia.Foi convocado para disputar o Campeonato Europeu de 2007 na Rússia, finalizando apenas na décima primeira colocação.[6].

Novamente pela seleção disputou pela primeira vez a edição da Liga Mundial cuja fase final foi realizada em Katowice, Polônia, terminando na quarta posição.[7].Em representou a seleção polonesa na Liga Mundial de 2008 cuja fase final ocorreu no Rio de Janeiro, Brasil, desta evz finalizando na quinta colocação.[8].

Esteve na seleção polonesa na conquista da medalha de ouro do Campeonato Europeu de 2009 sediadas nas cidades turcas de İzmir e Istambul, e participou da fase final da correspondente Liga Mundial celebrada em Belgrado, Sérvia.[3]; em 14 de novembro daquele ano recebeu a mais alta condecoração pelo Primeiro Ministro da Polônia Donald Tusk, a Ordem da Polônia Restitutam por sua contribuição ao esporte, assim como o técnico e demais companheiros de seleção.[3][9].

Na temporada de 2009-10 atuando pelo PGE Skra Bełchatów conquistou o título do Campeonato Polones e da Copa da Polônia[10], e este time por convite disputou o Campeonato Mundial de Clubes de 2009, com uma campanha de invencibilidade até a final, mas terminou com a medalha de prata ao perder a grande final para o time italiano do Trentino BetClic[11][12].Competindo por este mesmo time na Liga dos Campeões da Europa de 2009-10 terminando também no terceiro posto[13][10].

Na temporada de 2010 pela seleção polonesa foi convocado para disputar a Liga Mundial que teve como sede na fase final a cidade de Córdoba, na Argentina, encerrando ao final na décima colocação.[2], em seguida representou o país na edição do Campeonato Mundial realizado na Itália, ocasião que finalizou na décima terceira posição.[14]; neste mesmo ano disputou pelo PGE Skra Bełchatów a edição Campeonato Mundial de Clubes, por convite novamente, e mais uma vez com campanha invicta na primeira fase e terminando com vice-campeonato diante do time do Trentino BetClic.[15] e foi campeão do Campeonato Polones e terceiro lugar na Liga dos Campeões da Europa de 2010-11[10].Pelo PGE Skra Bełchatów2011 obteve os títulos do Campeonato Polones 2011-12 e da Copa da Polônia nesta temporada, além do vice-campeonato na Liga dos Campeões da Europa de 2011-12, premiado como melhor atacante[10].

Foi convocado em 2011 para disputar pelo seu país a quinta edição consecutiva da Liga Mundial de Voleibol na qual sua seleção chega na fase final e terminou com a medalha de bronze e foi premiado como maior pontuador do campeonato[16]; nesta temporada esteve no elenco da seleção polonesa também na disputa do Campeonato Europeu,competição sediada realizado em Viena e Praga, obtendo a medalha de bronze e foi premiado como melhor sacador da edição.[17]

Competiu pela Polônia na edição da Copa do Mundo de 2011 no Japão e conquistou a medalha de prata.[14]; e na temporada 2011-12 disputou pelo PGE Skra Bełchatów mais uma edição da Liga dos Campeões da Europa e mais uma vez medalhista de prata e foi premiado como melhor atacante da competição.[18][19][20][21]

Participou pela seleção da conquista inédita do título da Liga Mundial de 2012, sendo eleito o melhor jogador de toda competição (MVP)[22]. Conquistou o título da décima edição da Copa Memorial de Hubert Jerzy Wagner, novamene destcando-se como melhor jogador (MVP) nesta competição.[23]Após sucesso na temporada, disputou por sua seleção, tida como uma das favoritas ao título, a edição dos Jogos Olímpicos de Verão de 2012 em Londres,[24] na campanha da fase preliminar terminou na terceira posição, tres vitórias e duas derrotas, e ficaram de fora da fase final apos eliminação nas quartas de final diante da representação russa.[25]

Na jornada esportiva de 2012-13 transferiu-se para o voleibol russo, passando a defender o Dínamo Moscou, depois passou a jogar no voleibol italiano pelo Lube Macerata permanecendo de 2013 a 2015, sendo campeão da Liga A Italiana 2013-14 e terceiro colocado na edição da temporada 2014-15, além do título da Supercopa Italiana de 2015, retornando ao voleibol nacional pelo Asseco Resovia nas competições de 2015-16, obtendo a quarta colocação na Liga dos Campeões da Europa de 2016 e o vice-campeonato no Campeonato Polones, retornando ao clube PGE Skra Bełchatów para a conquista do vice-campeonato na edição do Campeonato Polones de 2016-17; mais uma vez saiu do país para defender o time turco Ziraat Bankası no período esportivo 2017-18 para a conqista do vice-campeonato da Copa CEV 2017-18 e foi anunciado como reforço do time polones do Stocznia Szczecin[10].

Pela seleção polonesa disputou a edição da Copa do Mundo do Japão de 2015 obtendo a medalha de bronze, terminou na quinta colocação nos Jogos Olímpicos de Verão de 2016 no Rio de Janeiro e conquistou o título do Campeonato Mundial de 2018 sediado na Itália e Bulgária, sendo declaro o melhor jogador da competição[10].

Títulos e resultados[editar | editar código-fonte]

Premiações individuais[editar | editar código-fonte]


Referências

  1. «Page 159 - London 2012 Olympic Games Volleyball Media Guide». FIVB (em inglês). Consultado em 6 de outubro de 2018 
  2. a b c d «Profile World League 2010». FIVB (em inglês). Consultado em 8 de novembro de 2012. Cópia arquivada em 6 de outubro de 2018 
  3. a b c «Profile World League 2009». FIVB (em inglês). Consultado em 8 de novembro de 2012 
  4. «BOYS-Youth European Championships 2005». CEV (em inglês). Consultado em 6 de outubro de 2018 
  5. «Boys Youth under 19 Volleyball European Championship 2005 29.03-03.04 - Winner Poland». Todor66.com] (em inglês). Consultado em 6 de outubro de 2018 
  6. «European Championships 2007». CEV (em inglês). Consultado em 8 de novembro de 2012 
  7. a b «Profile World League 2007». FIVB (em inglês). Consultado em 8 de novembro de 2012 
  8. «Profile World League 2008». FIVB (em inglês). Consultado em 8 de novembro de 2012 
  9. a b «Reprezentacja siatkarzy odznaczona przez prezydenta» (em polaco). 15 de novembro de 2009. Consultado em 8 de novembro de 2012 
  10. a b c d e f g h i j k l m «Bartosz Kurek». Nisse Huttunen.com (em inglês). Consultado em 6 de outubro de 2018. Cópia arquivada em 6 de outubro de 2018 
  11. «Mundial de Clubes de 2009-FIVB». FIVB (em inglês). Consultado em 8 de novembro de 2012 
  12. «PGE Skra Belchatow - Composição». FIVB (em inglês). Consultado em 8 de novembro de 2012 
  13. «Liga dos Campeões 2009-2010». CEV (em inglês). Consultado em 8 de novembro de 2012 
  14. a b «Bartosz Kurek-London-2012». London 2012.com (em inglês). Consultado em 8 de novembro de 2012 
  15. «Trentino claim second consecutive world crown». FIVB. 21 de dezembro de 2010. Consultado em 6 de outubro de 2018 
  16. «Russia win second World League title in classic 2011 final» (em inglêstrabalho=FIVB). 10 de julho de 2011. Consultado em 8 de novembro de 2012 
  17. a b «Competição-CEV-2011». CEV (em inglês). Consultado em 8 de novembro de 2012 
  18. «2012 CEV Volleyball Champions League - Men-7 Bartosz KUREK». CEV (em inglês). Consultado em 8 de novembro de 2012 
  19. «7 Bartosz KUREK». CEV (em inglês). Consultado em 8 de novembro de 2012 
  20. «2012 CEV Volleyball Champions League - Men-7 Bartosz KUREK». CEV (em inglês). Consultado em 8 de novembro de 2012 
  21. a b c d e f «Zenit KAZAN shatters PGE Skra dreams of home glory». CEV (em inglês). 18 de março de 2012. Consultado em 8 de novembro de 2012 
  22. «Poland beat USA to claim first World League title». FIVB. 8 de julho de 2012. Consultado em 6 de outubro de 2018 
  23. a b c d e f g h i j k l m n o p «Bartosz Kamil Kurek» (em polaco). Consultado em 8 de novembro de 2012 
  24. a b «Polônia vence Copa Memorial e vai para Londres como favorita». 22 de julho de 2012. Consultado em 8 de novembro de 2012 
  25. «Men Volleyball Olympic Games 2012 London (GBR) 29.07-12.08 Winner Russia». Todor66.com (em inglês). Consultado em 8 de novembro de 2012