Basílica Fúlvia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Planta da Basílica Fúlvia

Basílica Fúlvia (em latim: Basilica Fulvia) era uma antiga basílica no Fórum Romano. De acordo com Lívio[1], os censores Marco Emílio Lépido e Marco Fúlvio Nobilior (em cuja homenagem foi batizada) a construíram em 179 a.C. É possível que tenha existido no local um edifício mais antigo, de 210 a.C., que foi incorporado[2]. Em 78 a.C., o cônsul Marco Emílio Lépido incorporou o edifício à nova Basílica Emília[3] e ela passou a ser chamada de "Basílica Fúlvia e Emília" (em latim: Basilica Fulvia et Aemilia) ou apenas Basílica Emília.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Localização[editar | editar código-fonte]

Planimetria do Fórum Romano
Planta do Fórum romano republicano.
Planta do Fórum romano imperial.


Referências

  1. Lívio, Ab Urbe Condita XL, 51
  2. Plaut. Capt. 815, Curc. 472
  3. Plínio, o Velho, História Natural 35.13

Ligações externas[editar | editar código-fonte]