Paróquia Nossa Senhora do Carmo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém uma ou mais fontes no fim do texto, mas nenhuma é citada no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde abril de 2014)
Por favor, melhore este artigo introduzindo notas de rodapé citando as fontes, inserindo-as no corpo do texto quando necessário.
Paróquia Nossa Senhora do Carmo
Basílica do Carmo
Vista da Paróquia Basílica
Estilo dominante neorromânico
Arquiteto Georg Przyremble
Tullio Mugnaini
e Carlos Oswald
Construção 1º de abril de 1934
Diocese Arquidiocese de São Paulo
Bispo Odilo Pedro Scherer
Local Rua Martiniano de Carvalho, 114
São Paulo, SP

A Paróquia Nossa Senhora do Carmo de São Paulo ou Basílica do Carmo de São Paulo foi projetada pelo arquiteto polonês Georg Przyrembel, que soube aproveitar as obras sacras da antiga igreja do Carmo, como os dois altares e os parapeitos dos janelões. As pinturas foram feitas por Tullio Mugnaini e as Vias Sacras por Carlos Oswald.

Foi inaugurada no dia 1º de abril de 1934, domingo de Páscoa naquele ano. O arcebispo de São Paulo, Dom Duarte Leopoldo e Silva deu a bênção episcopal.

Em 1940, a igreja foi efetivada como paróquia e teve como primeiro vigário o frei Batista Blenke. No dia 10 de dezembro de 1949, o bispo carmelita Dom Eliseu van de Weijer sagrou a Igreja. Em 13 de maio de 1950 foi elevada à categoria de basílica menor pelo Papa Pio XII.

O órgão da basílica foi construído na Alemanha em 1934 pela fábrica E. P. Walker com dois teclados e 2 206 tubos. Em 1955 foi ampliado para ter uma sonoridade de 9 660 tubos. Em 1981 foi realizada uma reforma geral.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Frei Rocco Labriola, O.Carm.. O Carmo no Brasil e em São Paulo, São Paulo 1984.[vago]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]