Bastete

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Bastete
W2t
t
Nascimento
Adorada em Bubástis
Parentesco e Maat
Cônjuge Ptá
Filho(s) Mihos

Bastete (em egípcio: bꜣstt;[1] em copta: Ⲟⲩⲃⲁⲥⲧⲉ; romaniz.: Oubaste)[2] ou Baste,[3] na mitologia egípcia, foi uma deusa felina, cultuada desde ao menos a II dinastia (ca. 2 890 a.C.).[4]

Nome[editar | editar código-fonte]

Nos primeiros hieróglifos egípcios, o seu nome parece ter sido bꜣstt. Na escrita egípcia, o segundo -t marca uma desinência feminina, mas normalmente não era pronunciado, e o álefe ꜣ pode ter se movido para uma posição antes da sílaba acentuada, ꜣbst. No primeiro milênio, então, bꜣstt teria sido algo como *Ubaste (<*Ubastat) na língua egípcia, mais tarde se tornando o copta Oubaste.[5]

Referências

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Manuelian, Peter Der; Schneider, Thomas (2015). Towards a New History for the Egyptian Old Kingdom: Perspectives on the Pyramid Age. Leida e Nova Iorque: Brill 
  • Quirke, Stephen (2014). Exploring Religion in Ancient Egypt. Hoboken, Nova Jérsei: John Wiley & Sons. ISBN 9781118610527 
  • Velde, Herman te (1999). «Bastet». In: Toorn, Karel van der; Becking, Bob; Horst, Pieter W. van der. Dictionary of Demons and Deities in the Bible. Leida: Brill Academic. ISBN 90-04-11119-0 
  • Wilkinson, Toby (2003). «Bastet». The Complete Gods and Goddesses of Ancient Egypt. Londres: Thames and Hudson 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Bastete