Batalha de Brunkeberg

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Batalha de Brunkeberg
Slaget vid Brunkeberg
The Entry of Sten Sture the Elder into Stockholm (Georg von Rosen) - Nationalmuseum - 19214.tif
A entrada de Sten Sture em Estocolmo
Data 10 de outubro de 1471
Local Brunkeberg, na parte norte da atual cidade de Estocolmo, Suécia
Desfecho Vitória dos separatistas suecos liderados por Sten Sture, que veio a governar a Suécia como regente do reino (riksföreståndare) por mais de 30 anos.
Beligerantes
Sten Sture Cristiano I da Dinamarca

A Batalha de Brunkeberg (em sueco: Slaget vid Brunkeberg) ocorreu em 10 de outubro de 1471, em Brunkeberg, na parte norte da atual cidade de Estocolmo, na Suécia, opondo os aliados camponeses e nobres do regente do reino sueco Sten Sture aos aliados dinamarqueses, suecos e mercenários alemães do rei Cristiano I da Dinamarca. A peleja terminou com a vitória dos separatistas suecos liderados por Sten Sture, que veio então a governar a Suécia como regente do reino (riksföreståndare) por mais de 30 anos.
Os historiadores modernos apontam o lado económico do conflito: Sten Sture era apoiado pelos camponeses, mineiros e nobres ligados à exportação de gado, manteiga e ferro pelo Mar Báltico. Cristiano contava com o apoio dos grandes senhores e camponeses associados à agricultura local.[1][2]

Referências

  1. «Sten Sture» (em sueco). Nationalencyklopedin – Enciclopédia Nacional Sueca. Consultado em 26 de março de 2017. 
  2. Harrison, Dick (19 de maio de 2013). «Slaget på Brunkeberg». Svenska Dagbladet. ISSN 1101-2412. Consultado em 26 de março de 2017. 

Ver também[editar | editar código-fonte]