Batalha de Bucareste

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Batalha de Bucareste
Primeira Guerra Mundial
Falkenhayn's cavalry entering Bucuresti on December 6, 1916.jpg
Cavalaria Austro-hungara entrando em Bucareste em 6 de dezembro de 1916
Data 3 de dezembro de 1916
Local Roménia
Desfecho Vitória dos Potências Centrais
Beligerantes
Romênia Romênia Império Alemão Império Alemão
 Austria-Hungary
Comandantes
Romênia Constantin Prezan Império AlemãoErich von Falkenhayn
Império Alemão August von Mackensen
Forças
Forças terrestres:
150 000 soldados
Forças terrestres:
250 000 soldados
Baixas
60 000 mortos
120 000 mortos

A batalha de Bucareste, também conhecida como a Operação Defensiva Argeş - Neajlov, foi uma importante batalha durante a campanha da Roménia na Primeira Guerra Mundial, na qual as Potências Centrais ocuparam a capital romena e forçaram o governo, bem como os remanescentes do exército romeno a retirar-se para a Moldávia e reestabelecer sua capital em Iasi. O elevado número de tropas envolvidas, bem como a grande área de operações, torná-la uma das mais complexas batalhas que foram travadas no território romeno durante a guerra. As perdas humanas das tropas romenas foram consideradas catastróficas.[1]

A Bucareste foi liberada após a rendição das Potências Centrais em 1918.

Referências