Batalha de Marignano

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book.svg
Este artigo ou secção não cita fontes confiáveis e independentes (desde julho de 2012). Ajude a inserir referências.
O conteúdo não verificável pode ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Batalha de Marignano
Guerra da Liga de Cambrai
Francis at Marignan.jpg
Francisco I ordena a sus tropas, por Alexandre-Évariste Fragonard, século XIX
Data 13 e 14 de setembro de 1515
Local Perto de Melegnano, sudoeste de Milão, Itália
Desfecho Vitória decisiva dos franceses
Beligerantes
Reino da França
República de Veneza
Ducado de Milão
Antiga Confederação Helvética
Comandantes
Francisco I de França,
Gian Giacomo Trivulzio,
Bartolomeo d'Alviano, Louis de la Trémoille
Massimiliano Sforza
Forças
30 000 N/D
Baixas
N/D N/D

A Batalha de Marignano fez parte das Guerras Italianas (14941559) e teve lugar a 13 e 14 de setembro de 1515 a 16 quilômetros a sudeste de Milão, num lugar hoje chamado de Melegnano.

O rei Francisco I de França, desejoso de conquistar o Ducado de Milão, comprou a neutralidade de Henrique VIII da Inglaterra, assegurou-se também da neutralidade de Carlos I de Espanha, aliou-se com a República de Veneza e pagou os serviços de cerca de 20 000 mercenários alemães, a juntar aos seus cerca de 13 000 soldados.

A vitória francesa assegurou ao rei, jovem e recentemente coroado, um ganho de prestígio que se concretizou em 1516 na assinatura da "Paz perpétua" com os suíços e da Concordata de Bolonha com o Papa Leão X.


O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Batalha de Marignano