Batalha de Saintes

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Batalha de Saintes
Guerra de Independência dos Estados Unidos
The battle of the Saints 12 avril 1782.jpg
A Batalha de Saints, por Thomas Whitcombe.
Data 9 de abril12 de abril de 1782
Local Dominica, Índias Ocidentais
Desfecho Vitória britânica
Beligerantes
Flag of Great Britain (1707–1800).svg Grã-Bretanha  França
Comandantes
Red Ensign of Great Britain (1707-1800).svg George Rodney
Red Ensign of Great Britain (1707-1800).svg Samuel Hood
Reino da França Conde de Grasse Rendição (militar)
Reino da França Louis de Bougainville
Forças
36 navios de linha 33 navios de linha
Baixas
243 mortos
816 feridos
4 navios capturados
1 navio afundado
3 000 mortos ou feridos
5 000 capturados

A Batalha de Saintes (conhecida em francês como a Bataille de la Dominique), ou a Batalha de Dominica, foi uma importante batalha naval travada entre 9 a 12 de abril de 1782, no contexto da Guerra da Independência dos Estados Unidos, e resultou numa importante vitória da frota britânica sob comando do almirante George Rodney sobre a armada francesa sob comando do Conde de Grasse. A França, que tinha pretensões de se expandir para as Índias Ocidentais, teve que bater em retirada e foi forçada a desistir de sua campanha para tomar a Jamaica.[1]

A batalha recebeu este nome pois foi travada perto das Îles des Saintes (Ilhas dos Santos), um aglomerado de ilhotas na região de Guadalupe e Dominica, nas Índias Ocidentais. A frota francesa, que tentava estabelecer uma superioridade naval na área, foi dominada e destruída pela pelos navios britânicos. O próprio Conde de Grasse, comandante francês, foi capturado. O almirante britânico Rodney ficou notório por inaugurar técnicas pioneiras de batalha naval, mas historiadores se dividem nisso.[2]

Referências

  1. O'Shaughnessy, Andrew (2013). The Men Who Lost America: British Command during the Revolutionary War and the Preservation of the Empire. [S.l.]: Oneworld Publications. ISBN 9781780742465 
  2. Valin, Christopher J. (2009). Fortune's Favorite: Sir Charles Douglas and the Breaking of the Line. [S.l.]: Fireship Press. ISBN 1-934757-72-1