Batalha de Salsu

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Batalha de Salsu
Batalladesalsu.jpg
Data 28 de julho de 612
Local Rio Sui
Desfecho Vitória do Império Koguryo
Beligerantes
Dinastia Sui Império Koguryo
   

A Batalha de Salsu foi uma guerra no ano 612 d.C entre o império coreano de Koguryo e a Dinastia Sui.

História[editar | editar código-fonte]

A guerra teve início quando o Imperador Sui Yangdi invadiu a península coreana com um exército de dois milhões de homens. Eulji Mondeok, rei de Koguryo, através de uma retirada estratégica, foi capaz de destruir, pouco a pouco, as tropas de Yangdi, que, quando já dizimada, encontrava-se na cidade de Pyongyang, foi completamente vencida após uma emboscada coreana.[1]

A emboscada se deu quando 305 mil homens chineses marchavam para cruzar o rio que levava à capital coreana e, quando estavam na metade do caminho, as tropas da Coréia, que possuíam apenas 10000 homens de cavalaria, abriram as barragens da região e mataram a maior parte do exército chinês por afogamento.[2]

Cerca de 2700 sobreviventes escaparam através da China e foram perseguidos por um número desconhecido de membros da cavalaria de Koguryo, que manteve a hegemonia de seu território.[1][2]

Referências

  1. a b «Las 10 batallas más mortíferas en la Historia de la Humanidad, parte 1». El Pensante. Consultado em 4 de novembro de 2016 
  2. a b Hamann, Renan (8 de março de 2014). «10 das batalhas mais sangrentas e brutais da História». Megacurioso. Consultado em 4 de novembro de 2016 
Ícone de esboço Este artigo sobre um conflito armado é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.