Batalha de Stockach (1799)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Batalha de Stockach (1799)
Guerras revolucionárias francesas - Segunda Coligação
Stockach2005.jpg
Cidade de Stockach
Data 25 de Março de 1799
Local Stockach, actual Baden-Württemberg, Alemanha
Desfecho Vitória Austríaca
Beligerantes
França França Flag of the Habsburg Monarchy.svg Sacro Império Romano-Germânico, Monarquia de Habsburgo
Comandantes
Jean-Baptiste Jourdan
Guarda Avançada: François Joseph Lefebvre
1.ª Divisão: Pierre Marie Barthélemy Ferino
2.ª Divisão: Joseph Souham
3.ª Divisão: Laurent de Gouvion Saint-Cyr
Cavalaria de Reserva: Jean-Joseph Ange d'Hautpoul
Flanco Livre: Dominique Vandamme
Arquiduque Carlos da Áustria
Frederico José de Nauendorf
Luís Frederico de Württemberg
Oliver Remigius
Karl Aloys zu Fürstenberg 
Nicolau, Conde de Colloredo-Mels e Wallsee
Forças
26 164 de infantaria
7010 cavalaria
1649 artilharia
Total=34 823 homens e 62 peças de artilharia[1]
53 870 de infantaria
14 900 de cavalaria
3565 de artilharia
Total=72 335 homens e 114 peças de artilharia[2]
Baixas
400 mortos, 1600 feridos, 2000 prisioneiros, 1 canhão destruido.[3] 500 mortos, 2400 feridos, 2900 prisioneiros, 2 canhões destruidos.
2 generais mortos:
Príncipe Guilherme von Anhalt-Bernburg
Karl Aloys zu Fürstenberg.[4]

A Batalha de Stockach foi uma batalha que teve lugar a 25 de Março de 1799 entre forças francesas e austríacas, cujo objectivo era o controlo geográfico da posição estratégica de Stockach, actual Baden-Württemberg. Num contexto militar mais alargado, esta batalha constitui um marco da primeira campanha na região Sudoeste da Alemanha durante as Guerras da Segunda Coligação, parte integrante das Guerras revolucionárias francesas.

Foi a segunda batalha entre o Exército francês do Danúbio, comandado por Jean-Baptiste Jourdan, e o Exército austríaco, liderado pelo Arquiduque Carlos da Áustria; os exércitos tinham-se confrontado alguns dias antes, 20–22 de Março, em Ostrach e nas colinas de Pfullendorf. A força superior do exército austríaco, cerca de 3 para 1, forçou a retirada francesa.

Em Stockach, os franceses concentraram as suas forças em pequenas linhas criando, assim, várias posições de intenso combate; de início, a linha de Carlos era mais extensa mas depressa pediu tropas adicionais que foi buscar às reservas para reforçar a sua frente. Quando uma pequena força comandada por Dominique Vandamme por pouco não cercava o exército austríaco, a intervenção pessoal de Carlos foi crucial para ganhar tempo para a chegada de reforços. O general Jourdan, ao tentar mobilizar os seus homens, por pouco não morria esmagado. No final, os franceses foram forças a retirar pelo rio Reno.

Referências

  1. Ramsey Weston Phipps, The Armies of the First French Republic, volume 5: The armies of the Rhine in Switzerland, Holland, Italy, Egypt and the coup d'etat of Brumaire, 1797–1799, Oxford, Oxford University Press, 1939, pp. 49–50.
  2. Phipps, pp. 49–50; Smith refere cerca de 26 000. Digby Smith, The Greenhill Napoleonic Wars Data Book: Actions and Losses in Personnel, Colours, Standards and Artillery, 1792–1815, Greenhill, PA, Stackpole, 1998, ISBN 1-85367-276-9 p. 148.
  3. Smith, p. 148.
  4. Smith, 49–50.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Alison, Sir Archibald. A History of Europe from the Commencement of the French Revolution in 1789 to the Restoration of the Bourbons. New York: A.S. Barnes, 1850.
  • Blanning, Timothy, The French Revolutionary Wars. New York: Oxford University Press, 1996. ISBN 0-340-56911-5
  • Deans, William. A History of France from earliest times to the present. v. 2, London: Thomas Jack, 1882.
  • Dodge, Theodore Ayrault, Napoleon: A History of the Art of War. volume 3, Boston: Houghton Mifflin Co, 1904.
  • (em alemão) Jens-Florian Ebert. "Feldmarschall-Leutnant Fürst zu Fürstenberg." Die Österreichischen Generäle 1792–1815. Accessed 7 October 2009.
  • Gallagher, John. Napoleon's enfant terrible: General Dominique Vandamme. Tulsa: University of Oklahoma Press, 2008, ISBN 978-0-8061-3875-6
  • Jourdan, Jean-Baptiste. A Memoir of the operations of the army of the Danube under the command of General Jourdan, taken from the manuscripts of that officer. London, Debrett, 1799.
  • (em alemão) Kessinger, Roland. '"Die Schlacht von Stockach am 25. Maerz 1799". Zeitschrift für Militärgeschichte. Salzburg: Öst. Milizverlag, 1997–. [2006].
  • Phipps, Ramsey Weston, The Armies of the First French Republic, volume 5: "The armies of the Rhine in Switzerland, Holland, Italy, Egypt and the coup d'etat of Brumaire, 1797–1799," Oxford, Oxford University Press, 1939.
  • Rothenberg, Gunther E. Napoleon’s Great Adversary: Archduke Charles and the Austrian Army 1792–1914. Spellmount: Stroud, (Gloucester), 2007. ISBN 978-1-86227-383-2
  • Seaton, Albert. The Austro-Hungarian army of the Napoleonic wars. London: Osprey, 1973, 9780850451474.
  • Smith, Digby. The Greenhill Napoleonic Wars Data Book: Actions and Losses in Personnel, Colours, Standards and Artillery, 1792–1815. Greenhill: PA, Stackpole, 1998, ISBN 1-85367-276-9
  • Thiers, Adolphe. The history of the French revolution. New York: Appleton, 1854, v. 4,
  • Young, John, D.D., A History of the Commencement, Progress, and Termination of the Late War between Great Britain and France which continued from the first day of February 1793 to the first of October 1801. In two volumes. Edinburg: Turnbull, 1802, vol. 2.
Ícone de esboço Este artigo sobre batalhas (genérico) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.


O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Batalha de Stockach (1799)