Batalha de Xangai

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Searchtool.svg
Esta página foi marcada para revisão, devido a inconsistências e/ou dados de confiabilidade duvidosa (desde janeiro de 2012). Se tem algum conhecimento sobre o tema, por favor, verifique e melhore a consistência e o rigor deste artigo.
Batalha de Xangai
Segunda Guerra Sino-Japonesa
Shanghai1937KMT machine gun nest.jpg
Soldados nacionalistas chineses entrincheirados.
Data 13 de agosto26 de novembro de 1937
Local Xangai e regiões vizinhas
Desfecho Vitória japonesa
Beligerantes
Flag of the Republic of China.svg República da China Flag of Japan (1870-1999).svg Império do Japão
Comandantes
Flag of the Republic of China.svg Chiang Kai-shek
Flag of the Republic of China.svg Feng Yuxiang
Flag of the Republic of China.svg Chen Cheng
Flag of the Republic of China.svg Zhang Zhizhong
War flag of the Imperial Japanese Army.svg Heisuke Yanagawa
War flag of the Imperial Japanese Army.svg Iwane Matsui
Naval ensign of the Empire of Japan.svg Kiyoshi Hasegawa
Forças
700 000 soldados (70 divisões e 7 brigadas)
180 aeronaves
40 tanques
300 000 soldados (9 divisões e 1 brigada)
500 aeronaves
300 tanques
130 navios
Baixas
~ 250 000 ~ 40 000

Batalha de Shanghai foi a primeira dos vinte e dois acoplamentos principais lutados entre a república da China e o império do Japão durante a Segunda Guerra Sino-Japonesa.

Foi uma das mais sangrentas e maiores batalhas da guerra Sino-Japonesa.

A batalha por Xangai pode ser dividida em três etapas e chegou a envolver mais de um milhão de soldados de ambos os lados. Na primeira fase (13 a 22 de agosto de 1937), o Exército Nacional Revolucionário Chinês tentou expulsar as forças japonesas já presentes na cidade. Já na segunda fase (23 de agosto a 26 de outubro), os japoneses lançaram um ambicioso ataque, desembarcando tropas na costa de Jiangsu, com dois exércitos lutando uma batalha urbana sangrenta, de casa em casa, se movendo também pelas cercanias de Xangai. Na última fase (27 de outubro a 26 de novembro), o exército chinês teve que recuar enquanto as tropas japonesas vinham pelos flancos e tomaram toda a região. Os japoneses submeteram Xangai a um dos mais pesados bombardeios da guerra, atingindo zonas civis indiscriminadamente, causando milhares de mortes.[1]

Soldados japoneses em Xangai.
Soldados chineses usando máscaras contra gases. Note os capacetes alemães Stahlhelm M-35 usado pelos chineses
Bebê sobrevivente de um ataque japonês a uma estação ferroviária de Xangai.[2]
Soldados japoneses ao lado da estátua quebrada do Dr. Sun Yat Sen, um dos heróis chineses.

Referências

  1. Harmsen, Peter (2013). Shanghai 1937: Stalingrad on the Yangtze. Casemate; First edition. ISBN 978-1612001678.
  2. (em inglês) Arcweb - site acessado em 22 de Abril de 2010.

Fontes[editar | editar código-fonte]

  • (em inglês) Nationalist China at war : military defeats and political collapse, 1937-45. Autor: Hsi-sheng Chi. Editora Ann Arbor: University of Michigan Press, 1982. ISBN 0-472-10018-1
Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.


O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Batalha de Xangai