Batalha do Rio Mhlatuze

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

A Batalha do Rio Mhlatuze foi travada entre as tribos Zulu e Ndwandwe em 1820 após a Guerra Ndwandwe–Zulu. Com a vitória do exército zulu, comandado por Shaka, a hierarquia Ndwandwe foi aniquilada e grande parte da sua população espalhada, num movimento que veio a ser conhecido como Mfecane.[1]

Contexto[editar | editar código-fonte]

Em 1818, Shaka havia sido atacado por guerreiros Qwabe liderados por Phakathwayo ao longo do mesmo rio.

A Batalha[editar | editar código-fonte]

O povo Zulu prevaleceu na batalha, liderados pelo comandante militar Shaka. Como na Batalha de Gqokli Hill, as táticas superiores de Shaka levaram seu povo a vitória. Quando o ataque Ndwandwe veio, Shaka esperou o inimigo chegar até metade de cada lado do rio, dividindo os atacantes em dois grupos distintos o que permitiu uma vitória Zulu.

Referências