Batalha do rio Bạch Dang

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

A chamada Batalha do rio Bach Dang, ou ainda, Primeira Batalha de Bach Dang, ocorreu em 938, entre as forças vietnamitas Ngo Quyen e as forças chinesas lideradas por Liu Yan e Liu Hongcao. Os conflitos ocorreram próximo à baía de Halong, no norte do Vietnã.[1]

Em 931, o herói Vietnamita Duong Nghe Dihnh se rebelou contra o governo chinês. Juntamente com o general Liu Yan, formou o "exército de Giao", em 937, com o objetivo de conquistar a independência.

O governador Liu Hongcao decidiu findar a rebelião, e para isso realizou uma marcha com um exército de quatrocentos mil homens, que chegaram ao Delta do Rio Vermelho. O novo líder rebelde, Ngo Quyen, aguardava o avanço das tropas inimigas, concentrando-se em uma força de quatro mil homens, uma vez que tinha o apoio local afiado para a independência e o fim dos impostos chineses. As forças chinesas foram emboscadas na chamada "Porta do Mar".

Na batalha, seis mil civis chineses morreram e 400 barcos que atravessavam o rio, foram perdidos. O exército de Ngo Quyen perdeu pouco mais de quatro mil homens.

Em 939, Ngo Quyen foi nomeado rei do Vietnã, terminando o domínio chinês de mais de um milênio. Ele estabeleceu sua capital em Co Loa, baseando o governo do Vietnã no estilo chinês, de forma centralizada.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. China and Vietnam: The Politics of Asymmetry - P.113, Brantly Womack - 2006