Batman Beyond: Return of the Joker

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


Batman Beyond: Return of the Joker
Batman do Futuro - O Regresso de Joker (PT)
Batman do Futuro - O Retorno do Coringa (BR)
 Estados Unidos
2000 •  cor •  77 min 
Direção Curt Geda
Roteiro Bob Kane
Paul Dini
Glen Murakami
Bruce Timm
Elenco Kevin Conroy
Will Friedle
Mark Hamill
Angie Harmon
Dean Stockwell
Teri Garr
Arleen Sorkin
Tara Strong
Mathew Valencia
Melissa Joan Hart
Género Animação
Idioma Inglês
Cronologia
Batman & Mr.Freeze:Abaixo de Zero
Batman:O mistério da Mulher-Morcego|
Página no IMDb (em inglês)

Batman Beyond: Return of the Joker (no Brasil: Batman do Futuro: O Retorno do Coringa e ou Em Portugal: Batman do Futuro: O Regresso de Joker) é o segundo filme de animação baseado na série de TV Batman do Futuro. Lançado comercialmente em 2000, foi considerado um dos melhores filmes do Batman.[1]

Antes de seu lançamento, o filme foi fortemente editado para remover cenas de intensa violência e alguns diálogos foram alterados. Contudo, a versão original foi posteriormente lançada em DVD após uma petição online dos fãs para que ela fosse lançada.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

O Batman do Futuro, Terry McGinnis, continua a salvar o dia, com o monitoramento do já idoso Bruce Wayne, que manda mensagens para ele através de um computador. Terry é feliz, já que tem sua família. Mas então o Coringa retorna e só o Batman do Futuro poderá detê-lo. Infelizmente, Bruce o deixa fora do caso, para surpresa de Terry.

Terry agora tem que enfrentar os subordinados de Coringa, os Jokers: Bonk (um cara com poder de super-força), Woof (uma Hiena-homem), Ghoul (um personagem parecido com o Espantalho), Chucko (um palhaço) e as irmãs Dee Dee (com poder de agilidade). Terry vai obter respostas com a Bat-Girl, que revela o que aconteceu na última batalha do Coringa com o Batman original. Arlequina engana Robin (Tim Drake) e depois o sequestra. Batman e Batgirl vão procurá-lo. Uma das cenas é a aparição de Canário Negro, mas trata-se de um filme com outra versão. Depois de localizá-lo, descobre-se que o Coringa havia o transformado em um mini-coringa, mas este voltou ao normal e matou o Coringa original. A morte de Coringa aparece de duas formas, quando o mini-coringa empurra Coringa em uma máquina e sem querer acaba sendo eletrocutado e outra quando o mini-coringa atira no Coringa com sua arma. Com sessões da Dr. Tompkins, amiga de Bruce, ele impede Robin de atuar mais as missões. Terry fica confuso e vai até a casa do quinquagenário Tim Drake, que é um cientista. Ele não lhe oferece respostas.

De volta a Mansão, Terry fica chocado ao ver que Bruce fora atacado pelo Coringa e jazia inconsciente no chão, com um sorriso no rosto. Mais tarde Batman travou uma batalha com os Jokers num navio, e descobriu que havia um satélite emitindo um raio destruidor. Finalmente, Bruce se reconcilia com Terry. Terry vai até o Coringa e este o persegue com o raio.

Mais tarde Terry derrota os Jokers com a ajuda de Ace, o cão de Bruce e se envolve em uma batalha com o Coringa, que se revela como um chip que invadiu o cérebro de Tim Drake e o transformou no Coringa. Mas então Terry derrota Coringa e tira o chip, e o Coringa volta a ser Tim Drake. O raio atinge seu ativador e para. Tudo volta ao normal. Arlequina já velha tira as irmãs Dee Dee e se revela que tinha sobrevivido no confronto com a Batgirl. Ela é avó das irmãs.

Gtk-paste.svg Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo.

Produção[editar | editar código-fonte]

O filme foi colocado em produção após o cancelamento de Batman: Arkham de Boyd Kirkland, que seria a sequência de Batman & Mr. Freeze: SubZero e o terceiro longa-metragem de Batman: The Animated Series.[2] Foi produzido entre a segunda e terceira temporada de Batman Beyond e foi ao ar como parte da terceira temporada, especificamente após os episódios "King's Ransom" e "Untouchable", embora, na verdade, os eventos do filme poderiam ter acontecido mesmo depois do episódio final, "Unmasked", já que não há referência aos dois episódios mencionados anteriormente. Algo interessante notar é que a personagem recorrente Maxine "Max" Gibson está inexplicavelmente ausente no filme.

A aparência do Coringa no filme mostra a segunda reformulação do personagem, após The New Batman Adventures. Este design final foi posteriormente usado nos episódios da Liga da Justiça e em um episódio do Super Choque.[3]

Os Jokerz (exceto Bonk) foram criados de forma diferente. Woof, de acordo com o comentário do DVD, foi um aceno para Bud e Lou, as hienas "pet" do Coringa em Batman: A Série Animada e As Novas Aventuras do Batman. As gêmeas Dee Dee foram baseadas em sua avó, Arlequina. Chucko foi baseado em uma fantasia de Halloween criada pelo produtor Eric Radomski, que participou de uma festa vestido com essa roupa. Ghoul foi presumivelmente baseado em um dos maiores inimigos de Batman, o Espantalho.[4]

O produtor Bruce Timm afirmou que os eventos do flashback acontecem "no final" da linha do tempo atual do Universo Animado DC - ou seja, após os eventos narrados em Liga da Justiça Sem Limites ("Destroyer") e antes dos eventos de Batman do Futuro ("Rebirth"). Após esse evento traumático, Batman rompeu seus laços não apenas com seus parceiros mais próximos, mas também com Superman e a Liga da Justiça.[5]

De acordo com Paul Dini, o fato de Bruce estar mancando na velhice e precisar usar uma bengala é atribuível a ele ter sido esfaqueado na perna pela faca do Coringa. No entanto, no episódio "Rebirth" de Batman do Futuro, quando Bruce decide se aposentar (o que acontece muito anos depois da morte do Coringa) ele sobe as escadas da Batcaverna sem mancar ou usar bengala. É possível que ambos os fatores tenham alguma ligação, com a lesão de Bruce nunca tendo cicatrizado completamente e incomodando-o cada vez mais à medida que envelhecia.[6]

Cenas deletadas[editar | editar código-fonte]

Segundo Paul Dini, houve várias cenas que foram cortadas e não entraram no filme devido a limitações de tempo. Algumas cenas deletadas da versão final do filme foram as seguintes:

  • Querendo investigar ainda mais sobre o retorno do Coringa, o idoso Bruce Wayne chegaria até as ruínas do Asilo Arkham e ordenaria que Ace ficasse ao lado de sua limousine, sem saber que Terry o seguiria. Enquanto procurasse por pistas, Bruce atravessaria as antigas celas do Duas-Caras (onde metade do preenchimento seria arrancado das paredes fazendo Bruce ter arrepios, implicando que qualquer que seja a estória final do Duas-Caras, provavelmente não teve um bom final), Hera Venenosa (onde haveria longas folhas mortas no chão) e o Charada (onde as paredes seriam cobertas com pontos de interrogação desbotados, grosseiramente rabiscados). Depois de procurar, Terry encontraria um manequim do Coringa feito com a palavra "eu sei" escrita num baú.[7]
  • No flashback, enquanto Batman e Batgirl procurariam por Robin, eles chegariam no Clube Iceberg e enfrentariam o Pinguim e seus capangas afim de interrogá-los sobre o paradeiro do Coringa.[8]
  • Na sequência do flashback, durante o clímax do confronto de Batgirl e Arlequina, as duas cairiam separadamente num precipício. Batgirl conseguiria se salvar, mas Arlequina não, caindo para sua morte. No entanto, Paul Dini decidiu incluir uma cena no final do filme, revelando que Arlequina sobreviveu a queda. Dini fez isso, por causa de seu descontentamento em ser convidado a matar o que ele considerava uma de suas maiores contribuições para o mito do super herói Batman. Bruce Timm também preferiu poupá-la, porque achava que Arlequina proporcionaria algum alívio cômico no final.[9]

Censura[editar | editar código-fonte]

O filme foi inicialmente lançado no meio de uma campanha contra a violência em filmes e videogames destinados a crianças que tiveram seguimento por causa do massacre de Columbine High School. Como resultado, o filme foi substancialmente reeditado pouco antes do lançamento para diminuir a violência. Muitas das mudanças foram controversas, principalmente aquelas feitas na cena em que o Coringa é morto. Contudo, a versão original não editada foi lançada como "The Original Uncut Version".

A seguir, algumas alterações feitas na versão editada:

  • A seqüência de luta de abertura é cortada, retirando um segundo chute de Dee Dee e refazendo completamente a sequência Batman / Dee Dee.[10]
  • Lotes de flashes brancos foram adicionados nas sequências de ação onde anteriormente não haviam nenhum. Além disso, as combinações de socos foram reduzidas a um soco. Por exemplo:
    • Woof corta o guarda apenas uma vez, ao invés de duas vezes.[11]
    • Batman do Futuro não esmurra mais Ghoul na barriga[12]
    • Há uma seqüência de luta na abertura que também foi removida, onde Batman enfrenta os Jokerz um a um.[13]
    • Mais tarde no clube, o ataque de Terry contra Ghoul é cortado num piscar de olhos e Terry foge enquanto Ghoul cai.[14]
  • Quando Bruce atira o Bat-rang em sua primeira cena, ele decapita um manequim do Duas-Caras, mas na versão editada ele apenas fica satisfeito que ainda consegue lançar e pegar a arma.[15]
  • Os cintos de segurança são adicionados à Terry e Bruce quando eles voltam para casa depois do primeiro encontro com o novo Coringa, bem como nas cenas de perseguição no Batmóvel.[16]
  • Bonk não é baleado com a arma de lança-bandeira do Coringa, mas em vez disso, recebe uma dose do gás do riso, levando sua morte implícita.[17]
  • A luta do clube é alterada: a sequência em que Chucko esmurra Terry enquanto ele está sendo mantido desamparado por Dee Dee é cortada. Na versão editada, ele apenas pega sua arma e diz "Escória!"[18]
  • Como resultado dessa mudança, também resulta a teoria de que os Jokerz de alguma forma sabiam que Terry McGinnis era o novo Batman, já que a cena tinha Chucko admitindo que ele não sabia por que eles foram mandados para matar Terry.[19]
  • Quando Terry entra na Batcaverna e a encontra demolida pelo Coringa, as letras "HA! HA! HA!" espalhadas pelo chão são mudadas da cor vermelha para roxa, provavelmente para assegurar ao espectador que elas foram escritas por tintas de spray ao invés do sangue do velho Bruce.[20]
  • Durante uma cena em que Batman e Batgirl vasculham os becos do crime em busca de pistas sobre o desaparecimento de Robin, Batgirl fala com duas mulheres seminuas, claramente destinadas a serem prostitutas, em uma esquina. A cena foi editada, com Batgirl conversando com um homem e uma mulher bem vestidos. Essas duas mulheres apareceram em As Novas Aventuras do Batman como "fontes" da Batgirl, no episódio "The Ultimate Thrill" (a mulher loira é baseada em um antigo personagem da Canário Negro, mais tarde vista na Liga da Justiça Sem Limites).[21]
  • No flashback, Batman liberta-se das amarras e depois atira uma faca no Coringa, que abaixa no último segundo. Esta cena também foi cortada da versão editada.[22]
  • Mais da metade do filme caseiro produzido pelo Coringa é cortada, mostrando apenas Robin amarrado, além da cena em que o Coringa abre as tampas de churrasco, pega os eletrodos e eletrocuta Robin.[23]
  • Depois que Batman destrói o vidro da sala do projetor, ele espanca o Coringa e traços de sangue saem de sua boca. Na versão editada, o Coringa não está sangrando.[24]
  • Originalmente, o Coringa derrota Batman, cortando uma faca em seu peito e em seguida, o esfaqueia na perna. Na versão editada, ele apenas dá um soco nele. No entanto, se olharmos atentamente para a mão do Coringa, a alça da faca ainda está visível na versão editada.[25]
  • A cena da morte do Coringa é substituída por uma totalmente diferente: na versão original, o Coringa manda Tim usar uma arma lança-bandeira no Batman, mas mesmo irracional, ele consegue atirar no coração do Coringa e o mata. Na versão editada, o Coringa joga uma arma para Tim borrifar Batman com o Gás do Riso, com a intenção de fazer ele enlouquecer. Em vez disso, Tim solta a arma e empurra o Coringa para uma sala com água no chão, onde ele acidentalmente bate em um interruptor elétrico e é eletrocutado até a morte.[26]
  • A fala de Barbara na versão original sobre eles enterrarem o Coringa no Asilo Arkham também é removida. Em vez disso, Bárbara diz que após o conhecimento de seu pai sobre o ocorrido naquela noite e por consideração ao Robin, tudo foi mantido em segredo.[27]
  • Muitos outros diálogos também foram alterados, especialmente palavras que implicavam assassinato ou tortura, além de alguns palavrões.[28]
  • Na cena em que o laser do satélite persegue o Batmóvel, acaba explodindo um prédio escuro e aparentemente vazio. Originalmente, era um cinema iluminado. Na versão editada, a palavra "cineplex" pode ser vista explodindo dos destroços nos últimos quadros do tiro.[29]
  • A cena em que Jordan Pryce descobre que os Jokerz estão a bordo de seu iate foi encurtada para omitir uma cena potencialmente sugestiva, em que ele está conversando com "Amy" e descobre que a mulher em sua cama era na verdade uma das gêmeas Dee-Dee.[30]
  • Além disso, algumas cenas não foram incluídas em nenhuma das versões.[31]

Adaptação em HQ[editar | editar código-fonte]

Uma adaptação do filme em quadrinhos foi lançada. Foi largamente baseada na versão original censurada, exceto pela cena da morte do Coringa, que combinava com a versão editada. Isto levou à uma inconsistência, onde o resto dos quadrinhos se referiam ao Coringa sendo baleado em vez de eletrocutado.

A história em quadrinhos inclui várias cenas que não foram incluídas em nenhuma das versões do filme. Alguns exemplos são:

  • Na cena de abertura, Woof abate um guarda.[32]
  • Durante a emboscada na festa de gala da Fundação Wayne, Bruce acerta Woof com sua bengala, enquanto é segurado por Dee Dee.[33]
  • Bruce visita as ruínas do Asilo Arkham para encontrar pistas sobre o retorno do Coringa. Ele é seguido por Terry sem saber. Uma vez lá, Terry encontra um manequim do Coringa rudemente feito, com as palavras "eu sei", escritas no baú.[34]
  • No flashback, Batman interroga o Pinguim no Clube Iceberg sobre o paradeiro do Coringa e Robin.[35]
  • A aparência do Coringa no flashback não é a versão melhorada vista no filme. Sua aparência é a mesma que ele teve em As Novas Aventuras do Batman (mas sem as pupilas negras).[36]
  • No flashback, Arlequina cai no abismo de Arkham logo após ser derrubada do penhasco. Além disso, Batgirl não tenta salvá-la pegando-a pela luva até que ela se solte. Arlequina morre, pois diferente do filme, ela não reaparece no final. Tanto Tery quanto Barbara nunca comentam nada sobre o destino de Arlequina, o que significa que ela foi de fato morta.[37]
  • No flashback, o cadáver do Coringa após ser morto é mostrado, embora não graficamente. Além disso, Robin começa a chorar logo depois de jogar o Coringa contra o tanque de água.[38]

Continuidade do Universo Animado DC[editar | editar código-fonte]

Batman: A Série Animada[editar | editar código-fonte]

  • Este filme estabelece a identidade real do Coringa como sendo desconhecida. Em dois episódios do seriado ("Sonhos da Escuridão" e "O Cassino do Coringa"), ele foi chamado de "Jack Napier", mas isto era simplesmente outro pseudônimo.[39]
  • Esta não é a primeira vez que o Coringa descobriria que a verdadeira identidade de Batman era Bruce Wayne no DCAU. Através de Hugo Strange, o vilão ficou sabendo disso ao lado de Pinguim e Duas-Caras no episódio "O Estranho Segredo de Bruce Wayne", embora nenhum deles acreditasse de fato.[40]
  • No episódio "Harley e Hera Venenosa", Arlequina é injetada com um antídoto tóxico criado por Hera, que aumentou sua força física e resistência, permitindo que ela sobrevivesse a queda a qual sofreu como mostrado no flashback deste filme.[41]

As Novas Aventuras do Batman[editar | editar código-fonte]

  • Quando Bruce Wayne investiga a inesperada aparição do Coringa, a pesquisa em seus vídeos mostra o crime realizado pelo palhaço no episódio "Cavalheiros das Festas". Embora a transmissão original desse vídeo fosse em cores (como visto na TV no escritório do Comissário Gordon), o vídeo que Bruce assiste era exibido em preto e branco e o Coringa já possuía a sua terceira aparência reformulada.[42]
  • No episódio "Não Tenha Medo", Batman fica louco devido aos efeitos do gás do medo do Espantalho, então Robin tenta controlá-lo amarrando-o e indo sozinho para derrotar o vilão depois que Batman quase mata uma pessoa. Na seqüência de flashback do filme, Batman tenta impedir Robin de matar o Coringa, pois o garoto estava alterado psicologicamente, mas não obtém sucesso.[43]
  • Barbara Gordon cita indiretamente o Asa Noturna depois que o novo Batman não obtém a ajuda de Tim Drake (sendo que este último, agora odiava a experiência de ser Robin) mencionando que Dick Grayson tinha "muitas histórias" sobre más experiências com Batman. Alguns exemplos incluem os episódios "O Ajuste de Contas de Robin" e "Velhas Feridas".[44]
  • O episódio "Cuidado com o Creeper " reforça ainda mais a ideia de que "Jack Napier" não era o nome verdadeiro do Coringa, já que o relatório de Jack Ryder menciona que sua identidade anterior era desconhecida.[45]

Batman do Futuro[editar | editar código-fonte]

  • Quando Terry McGinnis corre para a Batcaverna e vê o gigante "HA!HA!HA!" com letras pintadas com spray no chão, ele suspira e sussurra: "Por favor, Deus, não". Esta é uma referência a "Rebirth", quando Terry chega em casa e encontra uma situação semelhante na cena do assassinato de seu pai.[46]
  • A primeira vez que foi sugerido que algum membro da "Bat-Família" tinha sido derrotado foi no episódio "Black Out", onde Barbara Gordon menciona a Bruce Wayne que poderia ter sido melhor rejeitar McGinnis ao invés de aceitá-lo como seu ajudante.[47]
  • Quando Terry especula sobre possíveis explicações para a longevidade do Coringa, ele menciona "animação suspensa devido a flutuar em um bloco congelado de gelo?". Esta é uma referência ao Senhor Frio, que sobreviveu assim até o episódio "Meltdown".[48]
  • No episódio "Joyride", muitos fãs acreditam que os restos de um esqueleto com uma flor no peito vistos numa tumba são os do Coringa e que ele foi enterrado nas ruínas do Asilo Arkham.[49]
  • Bruce Wayne e Terry fazem referência aos eventos de "Rebirth" e "Ascension" (especificamente, Terry vingando o assassinato de seu pai).[50]
  • O filme ocorre após os eventos de "King's Ransom", devido ao fato de que Wayne-Powers foi dissolvida e a Wayne Enterprises foi restabelecida.[51]

Super Choque[editar | editar código-fonte]

  • Em "Choque do Futuro", Batman menciona que Robin agora vive como um civil, sugerindo que os eventos do filme teriam acontecido até então.[52]

Liga da Justiça[editar | editar código-fonte]

  • No final do episódio "Cartas Selvagens", o Coringa fica em estado catatônico após ser atacado pela meta-humana Ás. Ele se recuperou de alguma maneira, como visto no flashback deste filme, embora sua recuperação desse estado seja deixada sem explicação (principalmente, porque esse episódio foi lançado após o filme).[53]

Liga da Justiça Sem Limites[editar | editar código-fonte]

  • O Jokerz introduzidos nesse filme reaparecem no episódio "Era Uma Vez Pelo Tempo - Parte 2" onde são capangas de Chronos e foram atualizados com aprimoramentos cibernéticos e armas radicalmente avançadas. Além disso, Bonk está vivo.[54]
  • O episódio "Epílogo" revela que a tecnologia genética que o Coringa usou em Tim Drake havia sido roubada do Projeto Cadmus, possivelmente na vez em que ele libertou a Gangue Sequência Real.[55]
  • Barbara Gordon diz que o Asa Noturna saiu de Gotham City. O episódio "Grudge Match" revela que o Asa Noturna agora reside em Blüdhaven.[56]

Recepção crítica[editar | editar código-fonte]

O filme foi aclamado pela crítica por sua história, dublagem, animação e musicalização. Ele detém uma classificação de 88% em Rotten Tomatoes.[57]

Nisha Gopalan, da Entertainment Weekly, elogiou a versão sem cortes do filme, em especial como ela "esclarece a relação obscura e obsessiva entre o vilão e seu homólogo vigilante".[58] Gerry Shamray da Sun Newspapers disse que o Retorno do Coringa "teria sido um ótimo filme de ação ao vivo do Batman".[59] Ryan Cracknell do guia de Apollo chamou o filme de "uma obra-prima animada".[60]

Peter Canavese do Groucho Reviews o classificou como uma "aventura enérgica e perturbadora do Batman", acrescentando que "forneceu uma vitrine memorável para a célebre visão de Hamill sobre o Coringa e permitiu que tanto McGinnis quanto Wayne encontrassem ação e enfrentassem desafios emocionais".[61] Michael Stailey do DVD Verdict deu à versão sem cortes uma pontuação de 92 em 100, chamando-a de "um filme tenso e de alto impacto" e "uma obrigação a ser vista para os fãs do Bat e dos amantes de animações".[62]

Garth Franklin, da Dark Horizons, teve uma resposta mista ao revisar a versão sem cortes, dizendo que "o roteiro é bastante sólido, a animação excelente e as performances das vozes funcionaram bem", mas acrescentou que "as cenas pessoais do personagem Terry não estavam em lugar nenhum" (ao contrário das cenas com o Coringa ou Bruce Wayne) e a subtrama investigativa não funcionou tão bem quanto deveria."[63] Jeremy Conrad da IGN deu a versão sem cortes uma pontuação de nove de 10 para o filme em si, seis em cada 10 para vídeo e áudio e oito em cada 10 para extras, somando uma pontuação total de sete para 10.[64]

Personagens e vozes[editar | editar código-fonte]

Personagem Ator (voz) EUA Ator (voz) BRA
Terry McGinnis/Batman do Futuro Will Friedle Clécio Couto
Bruce Wayne Kevin Conroy Roberto Macedo
Coringa Mark Hamill José Santanna
Comissária Barbara Gordon/Batgirl (jovem) Angie Harmon/Tara Strong Mabel Cezar
Tim Drake (Robin/Joker Jr.)/Tim Drake (envelhecido) Mathew Valencia (Robin)/Andrea Romano (Joker Jr.)/Dean Stockwell Christiano Torreão (Robin)/Andrea Romano (Joker Jr.)/José Santanna
Mary McGinnis Teri Garr Iara Riça
Dr. Harleen Quinzel/Harley Quinn Arleen Sorkin Iara Riça
Dee Dee Melissa Joan Hart Gabriella Bicalho
Charles Buntz/Chucko Don Harvey Philippe Maia
Ace Bat-Cão Frank Welker
Bonk Henry Rollins Marcelo Torreão
Dana Tan Lauren Tom Fernanda Baronne

Referências

  1. Thiago Pedrosa (2008). «Uma lenda vestida de morcego». Editora Escala. Crash (17). ISSN 1980-8739 
  2. https://dcanimated.com//WF/sections/backstage/abandoned/
  3. http://jl.toonzone.net/joker/joker.htm
  4. http://dcau.wikia.com/wiki/Batman_Beyond:_Return_of_the_Joker#cite_note-2
  5. http://dcau.wikia.com/wiki/Batman_Beyond:_Return_of_the_Joker
  6. http://dcau.wikia.com/wiki/Batman_Beyond:_Return_of_the_Joker
  7. http://dcau.wikia.com/wiki/Batman_Beyond:_Return_of_the_Joker
  8. http://dcau.wikia.com/wiki/Batman_Beyond:_Return_of_the_Joker
  9. http://dcau.wikia.com/wiki/Batman_Beyond:_Return_of_the_Joker
  10. http://dcau.wikia.com/wiki/Batman_Beyond:_Return_of_the_Joker
  11. http://dcau.wikia.com/wiki/Batman_Beyond:_Return_of_the_Joker
  12. http://dcau.wikia.com/wiki/Batman_Beyond:_Return_of_the_Joker
  13. http://dcau.wikia.com/wiki/Batman_Beyond:_Return_of_the_Joker
  14. http://dcau.wikia.com/wiki/Batman_Beyond:_Return_of_the_Joker
  15. http://dcau.wikia.com/wiki/Batman_Beyond:_Return_of_the_Joker
  16. http://dcau.wikia.com/wiki/Batman_Beyond:_Return_of_the_Joker
  17. http://dcau.wikia.com/wiki/Batman_Beyond:_Return_of_the_Joker
  18. http://dcau.wikia.com/wiki/Batman_Beyond:_Return_of_the_Joker
  19. http://dcau.wikia.com/wiki/Batman_Beyond:_Return_of_the_Joker
  20. http://dcau.wikia.com/wiki/Batman_Beyond:_Return_of_the_Joker
  21. http://dcau.wikia.com/wiki/Batman_Beyond:_Return_of_the_Joker
  22. http://dcau.wikia.com/wiki/Batman_Beyond:_Return_of_the_Joker
  23. http://dcau.wikia.com/wiki/Batman_Beyond:_Return_of_the_Joker
  24. http://dcau.wikia.com/wiki/Batman_Beyond:_Return_of_the_Joker
  25. http://dcau.wikia.com/wiki/Batman_Beyond:_Return_of_the_Joker
  26. http://dcau.wikia.com/wiki/Batman_Beyond:_Return_of_the_Joker
  27. http://dcau.wikia.com/wiki/Batman_Beyond:_Return_of_the_Joker
  28. http://dcau.wikia.com/wiki/Batman_Beyond:_Return_of_the_Joker
  29. http://dcau.wikia.com/wiki/Batman_Beyond:_Return_of_the_Joker
  30. http://dcau.wikia.com/wiki/Batman_Beyond:_Return_of_the_Joker
  31. http://dcau.wikia.com/wiki/Batman_Beyond:_Return_of_the_Joker
  32. http://dcau.wikia.com/wiki/Batman_Beyond:_Return_of_the_Joker
  33. http://dcau.wikia.com/wiki/Batman_Beyond:_Return_of_the_Joker
  34. http://dcau.wikia.com/wiki/Batman_Beyond:_Return_of_the_Joker
  35. http://dcau.wikia.com/wiki/Batman_Beyond:_Return_of_the_Joker
  36. http://dcau.wikia.com/wiki/Batman_Beyond:_Return_of_the_Joker
  37. http://dcau.wikia.com/wiki/Batman_Beyond:_Return_of_the_Joker
  38. http://dcau.wikia.com/wiki/Batman_Beyond:_Return_of_the_Joker
  39. http://dcau.wikia.com/wiki/Batman_Beyond:_Return_of_the_Joker
  40. http://dcau.wikia.com/wiki/Batman_Beyond:_Return_of_the_Joker
  41. http://dcau.wikia.com/wiki/Batman_Beyond:_Return_of_the_Joker
  42. http://dcau.wikia.com/wiki/Batman_Beyond:_Return_of_the_Joker
  43. http://dcau.wikia.com/wiki/Batman_Beyond:_Return_of_the_Joker
  44. http://dcau.wikia.com/wiki/Batman_Beyond:_Return_of_the_Joker
  45. http://dcau.wikia.com/wiki/Batman_Beyond:_Return_of_the_Joker
  46. http://dcau.wikia.com/wiki/Batman_Beyond:_Return_of_the_Joker
  47. http://dcau.wikia.com/wiki/Batman_Beyond:_Return_of_the_Joker
  48. http://dcau.wikia.com/wiki/Batman_Beyond:_Return_of_the_Joker
  49. http://dcau.wikia.com/wiki/Batman_Beyond:_Return_of_the_Joker
  50. http://dcau.wikia.com/wiki/Batman_Beyond:_Return_of_the_Joker
  51. http://dcau.wikia.com/wiki/Batman_Beyond:_Return_of_the_Joker
  52. http://dcau.wikia.com/wiki/Batman_Beyond:_Return_of_the_Joker
  53. http://dcau.wikia.com/wiki/Batman_Beyond:_Return_of_the_Joker
  54. http://dcau.wikia.com/wiki/Batman_Beyond:_Return_of_the_Joker
  55. http://dcau.wikia.com/wiki/Batman_Beyond:_Return_of_the_Joker
  56. http://dcau.wikia.com/wiki/Batman_Beyond:_Return_of_the_Joker
  57. "Batman Beyond - Return of the Joker". Rotten Tomatoes. Archived from the original on 22 October 2009. Retrieved 2009-10-23.
  58. Goplan, Nisha (May 10, 2002). "Batman Beyond: Return of the Joker (The Original, Uncut Version) Review". Entertainment Weekly.
  59. Review by Gerry Shamray, Sun Newspapers of Cleveland, 7 February 2003
  60. Review Archived December 23, 2007, at the Wayback Machine., Ryan Cracknell, Apollo Guide, 24 July 2001
  61. Review, Peter Canavese, Groucho Reviews, 15 February 2005
  62. Review, Peter Canavese, Groucho Reviews, 15 February 2005
  63. "Review". Archived from the original on June 28, 2007. Retrieved September 2, 2016., Garth Franklin, Dark Horizons, December 12th 2000
  64. Conrad, Jeremy (April 23, 2002). "Batman Beyond: Return of the Joker (Uncut)". IGN. Retrieved September 4, 2013.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]