Bayon

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Bayon
Nome local
(km) ប្រាសាទបាយ័ន
Geografia
País
Province of Cambodia
District of Cambodia
Siem Reap Municipality (en)
Sítio arqueológico
Parte de
Angkor (d)
Coordenadas
Funcionamento
Estatuto
História
Fundador
Mapa

O Bayon (em quemer: ប្រាសាទបាយ័ន, Prasat Bayon ) é um templo budista khmer ricamente decorado em Angkor, no Camboja. Construído no final do século XII ou início do século XIII como o templo estatal do rei budista maaiana Jaiavarmã VII (em quemer: ព្រះបាទជ័យវរ្ម័នទី ៧), o Bayon fica no centro da capital de Jaiavarmã, Angkor Thom (em quemer: អង្គរធំ).[1][2] Após a morte de Jaiavarmã, ela foi modificada e aumentada por reis budistas teravada posteriores de acordo com suas próprias preferências religiosas.[carece de fontes?]

A característica mais distintiva do Bayon é a multidão de rostos de pedra serenos e sorridentes nas muitas torres que se projetam do terraço superior e se agrupam em torno de seu pico central.[3] O templo tem dois conjuntos de baixos-relevos, que apresentam uma combinação de cenas mitológicas, históricas e mundanas. O principal órgão do conservatório, a Equipe do Governo Japonês para a Salvaguarda de Angkor (a JSA) descreveu o templo como "a expressão mais marcante do estilo barroco" da arquitetura quemer, em contraste com o estilo clássico de Angkor Wat (em quemer: ប្រាសាទអង្គរវត្ត)[4]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Higham, C., 2001, The Civilization of Angkor, London: Weidenfeld & Nicolson, ISBN 9781842125847, p.121
  2. Higham, C., 2014, Early Mainland Southeast Asia, Bangkok: River Books Co., Ltd., pp.378-382 ISBN 9786167339443
  3. Freeman and Jacques, p.78.
  4. The Bayon Symposium
Ícone de esboço Este artigo sobre o Camboja é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.