Beatriz de Iorque

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Beatriz
Princesa do Reino Unido
Beatriz em 2017
Casa Windsor
Nome completo
en: Beatrice Elizabeth Mary
pt: Beatriz Isabel Maria
Nascimento 8 de agosto de 1988 (31 anos)
  Hospital de Portland, Londres, Reino Unido
Pai André, Duque de Iorque
Mãe Sara, Duquesa de Iorque
Religião Anglicanismo
Brasão

Beatriz Isabel Maria (Londres, 8 de agosto de 1988) é a filha mais velha do príncipe André, Duque de Iorque, e sua ex-esposa Sara Ferguson. Beatriz, assim como sua irmã Eugênia, participa de eventos junto com sua avó, a rainha Isabel II. Atualmente é a nona na linha de sucessão do trono britânico.[1]

Primeiros anos e educação[editar | editar código-fonte]

Nascimento e nome[editar | editar código-fonte]

A princesa Beatriz de Iorque nasceu no Hospital de Portland, em Londres, no dia 8 de agosto de 1988, pesando 3,06 kg.[2] Seus pais o príncipe André, Duque de Iorque e Sara, Duquesa de Iorque, filha do major Ronald Ferguson e de Susan Barrantes (nascida Wright).[3]

Beatriz foi nomeada a partir da última filha da rainha Vitória, a princesa Beatriz do Reino Unido (1857-1944), uma escolha considerada surpreendente na altura e que levou mais de duas semanas a ser anunciada.[4] A princesa tem uma irmã mais nova, a princesa Eugénia, nascida em 1990.[5]

Foi batizada no dia 20 de dezembro de 1988 na capela real do Palácio de St. James. Seus padrinhos foram David Armstrong-Jones (primo de seu pai), Peter Palumbo, Barão Palumbo, Jane Dawnay, a falecida Carolyn Cotterell e Gabrielle Greenall.[6]

Como neta de um soberano e filha de um príncipe britânico, Beatriz é uma "Princesa do Reino Unido da Grã-Bretanha e da Irlanda do Norte", com o prefixo "Sua Alteza Real". Por isso, é estilizada "Sua Alteza Real princesa Beatriz de Iorque". Ela e sua irmã são as únicas com um título real. Sua prima Zara Phillips não tem títulos reais nem nobiliários, e Luísa Windsor, filha do príncipe Eduardo, Conde de Wessex, é legalmente uma princesa, embora não seja titulada como tal.

Educação[editar | editar código-fonte]

A princesa Beatriz foi primeiramente matriculada em Upton House School, em Windsor, em 1991.[7] Em 1995, juntamente com sua irmã, foi para Coworth Park School.[8]

Sua educação de ensino secundário começou em St. George's School, em Ascot, uma escola somente para garotas que frequentou entre 2000 e 2007.[9] Por um tempo foi sugerido que elas estudassem em Aiglon College, na Suíça, mas estes planos mudaram quando tal escola envolveu-se numa controvérsia pública.[9] Em 2005, foi revelado que a princesa tinha sido diagnosticada com dislexia quando tinha sete anos de idade.[10] Consequentemente, ela tardou em fazer seus exames de GCSE por um ano. Seus resultados foram bons: obteve notas A* em Drama, notas B em História, Estudos de Cinema em Literatura inglesa, Inglês, Matemática e Double Award Science (um estudo combinado de Biologia, Química, Física que resulta em dois GCSE). Em 2006, no seu último ano na escola, a princesa Beatriz foi eleita garota chefe em St. George.[11] Enquanto frequentou a escola fez também parte do coro.[12]

Em setembro de 2008, Beatriz iniciou um curso de História e História das Ideias na Goldsmith College, em Londres. Terminou o curso em 2011 com uma média de 2:1 (o correspondente a um 16 em Portugal).[8]

Interesses pessoais[editar | editar código-fonte]

Numa entrevista feita para marcar seu aniversário de dezoito anos em 2006, Beatriz disse que quer usar sua posição para ajudar outros carregando alguns deveres, como trabalho de caridade.[13] Ela já ajudou sua mãe em várias caridades que a duquesa apoia.[8] Em 2002, a princesa visitou crianças com HIV na Rússia. No Reino Unido, demonstra interesse em ajudar instituições que lidam com adolescentes com câncer e problemas de aprendizagem.[14]

Durante o verão de 2008, Beatriz trabalhou como assistente de vendas nos armazéns Selfridges, sem receber pagamento.[15] Trabalhou ainda no secretariado de imprensa do Ministério dos Negócios Estrangeiros sem receber salário.[16] Ainda nesse ano, foi noticiado que a princesa tinha aceitado um emprego no site do Financial Times.[17]

A princesa celebrou o seu 18.º aniversário com um baile de máscaras no Castelo de Windsor em julho de 2006.[18]

Em 2009, a princesa atuou como dama de companhia no filme de ficção histórica sobre a rainha Vitória.[19] Beatriz se interessou no filme, tornando-se o primeiro membro da família real a aparecer em um filme não documentário quando ela apareceu em um pequeno papel em The Young Victoria, em torno da subida ao trono e coroação da rainha Vitória I. Beatriz tem um papel pequeno, não falando, ela aparece em uma série de cenas como uma dama de companhia da rainha.[20]

Em abril de 2010, a princesa Beatriz tornou-se no primeiro membro da Família Real a completar a Maratona de Londres.[21] A princesa participou no evento para angariar dinheiro para a instituição de caridade Children In Need. A princesa é benfeitora do hospital infantil Forget Me Not Children's Hospice, que apoia crianças com doenças terminais em West Yorkshire e Manchester.[22]

Em 2015, foi noticiado que Beatriz tinha decidido mudar-se para Nova Iorque, o que acabou por acontecer.[23] Atualmente, a princesa tem um emprego a tempo inteiro e divide o seu tempo entre Londres e Nova Iorque.[24]

Atividades[editar | editar código-fonte]

Princesa Beatriz, com a sua irmã, a princesa Eugénia no Trooping the Colour de 2013.

No casamento do seu primo, o príncipe Guilherme, o chapéu de Beatriz, desenhado por Philip Treacy, foi criticado por muitos jornalistas de moda e on-line. Em maio de 2011, a princesa colocou o chapéu para venda num leilão no eBay e doou a receita, de 81.000 libras, à caridade, nomeadamente entre a UNICEF e a Children in Crisis.[25]

A princesa Beatriz acompanhou a sua avó, a rainha Isabel, na missa tradicional de Quinta-feira Santa em 5 de abril de 2012, em Iorque. Beatriz conversou com os paroquianos, recebeu flores do público e ajudou a rainha a distribuir dinheiro pelos reformados.[26]

Na preparação para os Jogos Olímpicos de Verão de 2012, que decorreram em Londres, Beatriz recebeu a chama olímpica nas escadas da Harewood House, perto de Leeds.[27] Em 2013, Beatriz e a sua irmã promoveram o Reino Unido no estrangeiro com uma visita à Alemanha. Beatriz visitou também a Ilha of Wright em 2014, cuja governadora foi a filha da rainha Vitória, a princesa Beatriz, de quem recebeu o nome.

Em novembro de 2012, Beatriz tornou-se benfeitora da York Musical Society.[28] Em abril de 2013, tornou-se na primeira benfeitora real do Helen Arkell Dyslexis Centre, uma instituição de caridade que a ajudara a ultrapassar os seus próprios desafios académicos resultantes da sua dislexia.[29] Ela acompanha o seu pai durante um compromisso oficial nos Emirados Árabes Unidos em 24 de novembro de 2014.[30]

Houlin Zhao (esquerda), a princesa Beatriz e o Dr. Tedros Adhanom (direita) fotografados num jantar especial das Nações Unidas, em Nova Iorque, em setembro de 2017.

Em 2016, Beatriz, a sua mãe, Sara, Duquesa de Iorque, e a sua irmã, Eugénia colaboraram com o artista contemporâneo britânico, Teddy M para criar o primeiro grafite real de sempre. O grafite foi emoldurado e intitulado Royal Love e vendido numa exposição no Royal Lodge. A receita foi doada à Children in Crisis.[31]

Em 2018, a Children in Crisis uniu-se à Street Child e Beatriz passou a ser a sua embaixadora. A princesa apoia ainda a iniciativa Pitch@Palace, uma caridade criada pelo seu pai para apoiar jovens empreendedores.[24]

Em outubro de 2016, surgiram rumores de um desentendimento entre o pai de Beatriz, o príncipe André, e o seu tio, o príncipe Carlos, que teve como base os papéis de Beatriz e Eugénia dentro da Família Real. O príncipe André disse mais tarde que a notícia era completamente falsa.[32]

Beatriz é a fundadora da Big Change, uma instituição de caridade que desenvolveu com seis dos seus amigos e cujo objetivo principal é encorajar jovens a desenvolver competências fora do currículo académico tradicional.[33]

Em 2012, a princesa escalou o Mont Blac para promover uma instituição de caridade e, em conjunto com Richard Branson e os seus filhos, participou no desafio Virgin Strive Challenge em 2016, que envolveu escalar o Monte Edna.[34]

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Em 2006, Beatriz teve um breve relacionamento com Paolo Liuzzo, um americano que, anteriormente havia recebido acusações por agressão e lesão corporal, o que causou controvérsia na época.[35][36] Por dez anos, até julho de 2016, Beatrice estava em um relacionamento com o empresário da Virgin Galactic Dave Clark.[37][38]

Em março de 2019, ela compareceu a um evento de angariação de fundos na Galeria Nacional de Retratos, em Londres, acompanhado pelo ex-aluno da Universidade de Edimburgo, Conde Edoardo Mapelli Mozzi, filho do Conde Alessandro (Alex) Mapelli Mozzi, ex-atleta olímpico britânico.[39][40] O casal, que acredita-se ter começado a namorar em 2018, também participou do primeiro evento oficial da família real juntos, o casamento da prima de segundo grau de Beatriz, Lady Gabriella Windsor.[41] O noivado foi anunciado em 26 de setembro de 2019.[42][43]

Ancestrais[editar | editar código-fonte]

Títulos, estilos e armas[editar | editar código-fonte]

Translation arrow.svg
Esta seção resulta, no todo ou em parte, de uma tradução do artigo «Princess Beatrice of York» na Wikipédia em inglês, na versão original. Você pode incluir conceitos culturais lusófonos de fontes em português com referências e inseri-las corretamente no texto ou no rodapé. Também pode continuar traduzindo ou colaborar em outras traduções. (Data da tradução: 29 de setembro de 2019)Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Títulos e estilos[editar | editar código-fonte]

Beatriz é desde o nascimento uma princesa britânica com direito ao estilo da Alteza Real. Ela é conhecida como "Sua Alteza Real, a Princesa Beatriz de York".

Brasão[editar | editar código-fonte]

Brasão da princesa Beatrice de York
Coat of Arms of Beatrice of York.svg
Notas

O brasão de armas pessoal da princesa é o escudo das armas do soberano à direita do Reino Unido, diferenciado por um rótulo de cinco pontos com três abelhas em referência ao seu nome e braços maternos.
Adotado
18 de Julho de 2006
Coroa
Uma coroa composta por quatro cruzes formais e quatro folhas de morango.
Escudo
1º e 4º triangulo em vermelho gules, três leões passantes guardiões em amarelo pálido. 2º triangulo um leão desenfreado em vermelho gules. 3º triangulo uma harpa em amarelo pálido com fundo azul.
Suporte
À esquerda um leão galopante Ou imperialmente coroado propriamente, à direita um unicórnio argentino, armado, debruado e desregrado Ou, cheio de uma coroa Ou composto de cruzes patê e flor de lis uma corrente afixada entre as pernas dianteiras e refletida nas costas também.
Outros elementos
O todo diferenciado por um rótulo de cinco pontos argent, os pontos central e exterior, cada um carregado com um volante de abelha propriamente dito.
Estandarte
Royal Standard of Princess Beatrice of York.svg O padrão pessoal da princesa é o do soberano no direito do Reino Unido, marcado pela diferença como em seus braços.
(Na Escócia: Royal Standard of Princess Beatrice of York (in Scotland).svg)
Simbolismo
Tal como acontece com as armas reais do Reino Unido. O primeiro e o quarto trimestres são os braços da Inglaterra, o segundo da Escócia, o terceiro da Irlanda. O uso de três abelhas em seus braços continua a tendência da heráldica real (cf. os braços do príncipe William, duque de Cambridge) de usar cargas da linha materna (Os braços de Ferguson apresentam uma crista com uma abelha). Também pode ser considerado um trocadilho com o nome Beatrice, um exemplo incomum de cantando nas armas reais da realeza.

Referências

  1. «Line of Succession | Britroyals». www.britroyals.com (em inglês). Consultado em 25 de outubro de 2018 
  2. «"No. 51436". The London Gazette». 10 de agosto de 1988. Consultado em 23 de outubro de 2018 
  3. «1988: Prince Andrew becomes a father» (em inglês). 8 de agosto de 1988 
  4. MARLOW, SHIRLEY (23 de agosto de 1988). «By All Odds, Princess Beatrice Is One for the Books». Los Angeles Times (em inglês). ISSN 0458-3035 
  5. «Who Is Today's Royal Bride, Princess Eugenie?». Town & Country (em inglês). 12 de outubro de 2018 
  6. «Princess Beatrice Gets 5 Godparents - Philly.com». 7 de maio de 2014. Consultado em 23 de outubro de 2018 
  7. «A look back at royals' adorable first day of nursery photos». Harper's BAZAAR (em inglês). 8 de janeiro de 2018 
  8. a b c «Princess Beatrice | The Duke of York». The Duke of York (em inglês). Consultado em 23 de outubro de 2018 
  9. a b «Beatrice starts new school with a hug» (em inglês). 6 de setembro de 2000. ISSN 0307-1235 
  10. Davies, Caroline (23 de março de 2005). «Beatrice is proud to reveal dyslexia, says her mother» (em inglês). ISSN 0307-1235 
  11. Thursfield, Celia. «Did you go to the same school as a royal?» 
  12. «Princess Beatrice sings to Queen» (em inglês). 2002 
  13. lilAmzzy (14 de agosto de 2006), Princess Beatrice Interview, consultado em 23 de outubro de 2018 
  14. Eden, Richard (5 de julho de 2008). «Princess Beatrice and Princess Eugenie to take on more royal charity work» (em inglês). ISSN 0307-1235 
  15. «Princess works at fashion store» (em inglês). 8 de maio de 2008 
  16. «Royal with ticket to ride into space» (em inglês) 
  17. Correspondent, Nicole Martin, Digital and Media (4 de junho de 2008). «Princess Beatrice 'to work at Financial Times'» (em inglês). ISSN 0307-1235 
  18. «BBC NEWS | UK | Princess has a ball for her 18th». www.kochhars.com. Consultado em 23 de outubro de 2018 
  19. "Princesa Beatrice atua em filme sobre a rainha Vitória"
  20. Princesa Beatriz aparece em um filme
  21. Moore, Matthew (25 de abril de 2010). «Princess Beatrice becomes first royal to complete London Marathon» (em inglês). ISSN 0307-1235 
  22. «Our royal patron | Forget Me Not Children's Hospice». www.forgetmenotchild.co.uk (em inglês). Consultado em 23 de outubro de 2018 
  23. Evans, Martin (5 de abril de 2015). «Princess Beatrice planning US move following criticism over her role» (em inglês). ISSN 0307-1235 
  24. a b «Princess Beatrice on Entrepreneurship, Education, and Living in New York City». Vogue (em inglês) 
  25. «Princess Beatrice's ridiculed royal wedding hat to be sold on eBay». New York Post (em inglês). 11 de maio de 2011 
  26. «Princess Beatrice helps queen with Maundy Thursday tradition» (em inglês) 
  27. Sport, Telegraph (19 de junho de 2012). «London 2012 Olympics: Princess Beatrice greets Olympic flame as torch relay visits stately home» (em inglês). ISSN 0307-1235 
  28. «PRESS RELEASE – HRH Princess Beatrice of York becomes patron of York Musical Society | York Musical Society». www.yorkmusicalsociety.org.uk (em inglês). Consultado em 23 de outubro de 2018 
  29. Rayner, Gordon (19 de abril de 2013). «Princess Beatrice becomes patron of dyslexia charity» (em inglês). ISSN 0307-1235 
  30. «Court Circular». The Royal Family (em inglês) 
  31. Quilty-Harper, Conrad. «Teddy M on the creation of 'Royal Love' with the Duchess of York and Princesses Beatrice and Eugenie» 
  32. Rayner, Gordon (9 de dezembro de 2016). «Tirade from tweeting Duke of York marks a break with royal protocol». The Telegraph (em inglês). ISSN 0307-1235 
  33. Coughlan, Sean (16 de junho de 2016). «Princess Beatrice urges young to speak up». BBC News (em inglês) 
  34. «Princess Beatrice Hits Triathlon Summit: 'I Finally Made It'». PEOPLE.com (em inglês) 
  35. «Princess Beatrice's ex Paolo Liuzzo charged with cocaine possession after crashing £40,000 Audi as he skipped out on casino bill» (em inglês). Daily Mail. 28 de Setembro de 2009. Consultado em 25 de Setembro de 2019 
  36. Lucy Middleton (26 de Setembro de 2019). «Princess Beatrice's ex boyfriends before she met Edoardo Mapelli Mozzi» (em inglês). Metro News. Consultado em 26 de Setembro de 2019 
  37. «Prince Harry Wedding Weekend Includes Cressida Bonas... And Chelsy Davy (PHOTOS)» (em inglês). HuffPost. 23 de Junho de 2013. Consultado em 26 de Setembro de 2019 
  38. Sarah Knapton (7 de Agosto de 2016). «Princess Beatrice said to have split from boyfriend of 10 years Dave Clark» (em inglês). The Daily Telegraph. Consultado em 26 de Setembro de 2019 
  39. Chloe Foussianes (26 de Setembro de 2019). «Who Is Edoardo Mapelli Mozzi? - Princess Beatrice's Fiance's Family, Age & Job» (em inglês). Town and Country Mag. Consultado em 26 de Setembro de 2019 
  40. Annabelle Spranklen (26 de Setembro de 2019). «Meet Edoardo Mapelli Mozzi: Princess Beatrice's fiancé» (em inglês). Tatler. Consultado em 26 de Setembro de 2019 
  41. Elizabeth Angell (18 de Maio de 2019). «Princess Beatrice Wore Navy Lace to Lady Gabriella Windsor's Wedding» (em inglês). Town and Country Mag. Consultado em 26 de Setembro de 2019 
  42. «Princesa Beatrice anuncia noivado com milionário italiano Edoardo Mapelli Mozzi». globo.com. 26 de Setembro de 2019. Consultado em 26 de Setembro de 2019 
  43. «Princesa Beatrice e Edoardo Mappelli Mozzi estão noivos». Caras. 26 de Setembro de 2019. Consultado em 26 de Setembro de 2019 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Commons Categoria no Commons
Precedido por
André, Duque de Iorque
Linha de sucessão ao trono britânico
9.º
Sucedido por
Eugénia de Iorque