Begonia integerrima

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.


Como ler uma infocaixa de taxonomiaBegonia integerrima
Conservatoire du bégonia 2015. Begonia integerrima Spreng.JPG
Classificação científica
Superdomínio: Biota
Reino: Plantae
Sub-reino: Viridiplantae
Infrarreino: Streptophyta
Divisão: Tracheophyta
Subdivisão: Euphyllophyta
Ordem: Cucurbitales
Família: Begoniaceae
Género: Begonia
Espécie: Begonia integerrima

Begonia integerrima é uma espécie de planta do grupo Begonia.

Taxonomia[editar | editar código-fonte]

A espécie foi decrita em 1821 por Kurt Sprengel.[1]

Os seguintes sinônimos já foram catalogados:[2]

  • Begonia integerrima cardioides Irmsch.
  • Begonia populnea A.DC.

Conservação[editar | editar código-fonte]

A espécie faz parte da Lista Vermelha das espécies ameaçadas do estado do Espírito Santo, no sudeste do Brasil.[3]

Distribuição[editar | editar código-fonte]

A espécie é endêmica do Brasil e encontrada nos estados brasileiros de Espírito Santo, Minas Gerais,[4] Rio de Janeiro e São Paulo.[5][2] A espécie é encontrada no domínio fitogeográfico de Mata Atlântica, em regiões com vegetação de floresta ombrófila pluvial.[2]

Ecologia[editar | editar código-fonte]

A espécie parece não ser capaz de autopolinização.[5] É visitada por abelhas.[6]

Referências

  1. «Begonia integerrima». www.gbif.org (em inglês). Consultado em 18 de abril de 2022 
  2. a b c «Begonia integerrima Spreng.». floradobrasil2020.jbrj.gov.br. Consultado em 18 de abril de 2022 
  3. «IEMA - Espécies Ameaçadas». iema.es.gov.br. Consultado em 12 de abril de 2022 
  4. Delfini, Carolina; Souza, Vinicius Castro (dezembro de 2016). «Flora Fanerogâmica do Parque Estadual da Serra do Brigadeiro, Minas Gerais, Brasil: Begoniaceae». Rodriguésia (4): 893–903. ISSN 2175-7860. doi:10.1590/2175-7860201667404. Consultado em 21 de abril de 2022 
  5. a b Wyatt, Graham Edward; Sazima, Marlies (29 de dezembro de 2011). «Pollination and reproductive biology of thirteen species of Begonia in the Serra do Mar State Park, São Paulo, Brazil». Journal of Pollination Ecology. ISSN 1920-7603. doi:10.26786/1920-7603(2011)16. Consultado em 21 de abril de 2022 
  6. «Atributos e visitantes florais e polinização em um área de floresta ombrófila densa submontana do litoral norte de São Paulo». 1library.org. Consultado em 21 de abril de 2022 
Ícone de esboço Este artigo sobre plantas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.