BeiDou

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Área de cobertura do Beidou-2

Compass ou Beidou-2 é o sistema chinês de posicionamento global por satélite. A China está implementando o seu próprio sistema global de navegação por satélites, similar ao GPS norte-americano e ao GLONASS russo; contará com 35 satélites: cinco geoestacionários e trinta em órbita média. Os chineses também participam do sistema de posicionamento global Galileo em parceria com a União Europeia.[1]

O primeiro sistema BeiDou, oficialmente chamado (tradução) de Sistema Experimental de Navegação por Satélite BeiDou, ou conhecido como BeiDou-1, é composto por 3 satélites e tem cobertura e aplicações limitadas. Tem oferecido serviços de navegação, principalmente para clientes na China e de regiões vizinhas, desde 2000. A segunda geração do sistema, conhecido como Compass ou BeiDou-2, que será um sistema de navegação global por satélite consistindo de 35 satélites, está ainda em construção. Tornou-se operacional, com cobertura da China, em Dezembro de 2011, com 10 satélites. É planejado para oferecer importantes serviços a clientes do leste asiático em 2012 e o sistema global deve ser concluído até 2020.[1]

Referências

  1. a b «China's Beidou GPS-substitute opens to public in Asia». BBC. 27 de dezembro de 2012. Consultado em 27 de dezembro de 2012. Cópia arquivada em 27 de dezembro de 2012 
Ícone de esboço Este artigo sobre a China é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.