Beijo 2348/72

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde abril de 2013).
Por favor, adicione mais referências inserindo-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Beijo 2348/72
Pôster original do filme.
 Brasil
1990 •  cor •  100 min 
Direção Walter Rogério
Roteiro Walter Rogério
Mário Prata
José Rubens Chachá
Sérvulo Augusto
José Mariano Crochiquia
Chico Botelho
Elenco Maitê Proença
Chiquinho Brandão
Fernanda Torres
Antônio Fagundes
Ary Fontoura
Gênero Comédia dramática
Música Dino Vicente
Direção de fotografia Adrian Cooper
Distribuição Embrafilme
Lançamento 29 de julho de 1994[1]
Idioma Português
Página no IMDb (em inglês)

Beijo 2348/72 é um filme brasileiro de 1990, do gênero comédia dramática, dirigido por Walter Rogério.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

A vida de um operário vira de cabeça para baixo quando ele é flagrado beijando uma colega durante o expediente de trabalho. Ele é despedido por justa causa e enfrenta as agruras do processo trabalhista que move contra a antiga empresa. A "paquera" ciumenta do rapaz aceita depor contra ele.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Produção[editar | editar código-fonte]

Beijo 2348/72 foi inspirado por um fato real, onde um funcionário de uma fábrica teria dado um beijo numa colega, o que lhe ocasionou um processo, cujo número foi escolhido para o título do filme. Devido à forte crise que assolou o cinema brasileiro no início dos anos 90, o filme demorou quatro anos para ser lançado.[2]

Principais prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Festival de Brasília 1990 (Brasil)

  • Recebeu o Troféu Candango de Melhor Filme.
  • Venceu na categoria de Melhor Ator (Chiquinho Brandão)
  • Venceu na categoria de Melhor Ator Coadjuvante (Joel Barcellos)

Festival de Gramado 1990 (Brasil)

  • Recebeu o prêmio Kikito na categoria de Melhor Fotografia.
  • Recebeu o prêmio Kikito na categoria de Melhor Montagem.
  • Foi indicado na categoria de Melhor Filme.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Beijo 2348/72». Cinemateca Brasileira. Consultado em 27 de abril de 2013 
  2. «Beijo 2348/72: Curiosidades». AdoroCinema. Consultado em 27 de abril de 2013 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]