Bela Vista do Piauí

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Município de Bela Vista do Piauí
Bandeira indisponível
Brasão indisponível
Bandeira indisponível Brasão indisponível
Hino
Fundação 26 de janeiro de 1994 (24 anos)
Gentílico bela vistense[1]
Prefeito(a) Eloísio Raimundo Coelho (PTB)
(2017 – 2020)
Localização
Localização de Bela Vista do Piauí
Localização de Bela Vista do Piauí no Piauí
Bela Vista do Piauí está localizado em: Brasil
Bela Vista do Piauí
Localização de Bela Vista do Piauí no Brasil
07° 59' 20" S 41° 52' 04" O07° 59' 20" S 41° 52' 04" O
Unidade federativa  Piauí
Mesorregião Sudeste Piauiense IBGE/2008 [2]
Microrregião Alto Médio Canindé IBGE/2008 [2]
Municípios limítrofes Nova Santa Rita e Simplício Mendes
Distância até a capital Não disponível
Características geográficas
Área 312,361 km² [3]
População 3 934 hab. Estimativa IBGE/2016[1]
Densidade 12,59 hab./km²
Altitude 330 m
Clima Não disponível
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,62 médio PNUD/2000 [4]
PIB R$ 10 309,346 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 2 996,03 IBGE/2008[5]

Bela Vista do Piauí é um município brasileiro do estado do Piauí. Localiza-se a uma latitude 07º59'20" sul e a uma longitude 41º52'06" oeste, estando a uma altitude de 330 metros. Sua população estimada em 2016 era de 3.934[1] habitantes. Possui uma área de 371,88 km².

Localização[editar | editar código-fonte]

Noroeste: Simplício Mendes Norte: Simplício Mendes Nordeste: Simplício Mendes
Oeste: Conceição do Canindé Reinel compass rose.svg Leste: Simplício Mendes
Sudoeste: Nova Santa Rita Sul: Nova Santa Rita Sudeste: Nova Santa Rita

História de Bela Vista do Piauí

O município de Bela Vista do Piauí, um pedacinho não só do Brasil como também do Piauí, tem uma história muito bonita, desde o descobrimento destas terras, no século XIX até os dias atuais.

         O Jatobá foi descoberto pelo Sr. Joaquim Ferreira de Carvalho. Ele encontrou um olho d’água próximo a muitos pés de jatobá por isso ele deu o nome dessa terra de Jatobá, na qual iniciou a construção da Casa Grande e de algumas roças em 1830. Após a sua morte, seu filho João Ferreira de Carvalho herdou e logo vendeu para José Marques de Sousa Coelho, que residia na data Juazeiro Paulista pertencente naquele tempo a Jaicós, hoje Paulistana.

         A referida Casa Grande foi desmanchada no ano de 1957 com um cálculo de aproximadamente 126 anos de construída. Após alguns anos foram surgindo outras comunidades, sempre em torno de algum olhod´água que havia na região. Assim foram surgindo as localidades Malhada do Jatobá, Pitombeira, Carnaíba, Roça velha, Patos e outras.

Referências

  1. a b c «Estimativa Populacional 2016». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 2016. Consultado em 21 de agosto de 2017. 
  2. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008. 
  3. IBGE (10 de outubro de 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010. 
  4. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2000. Consultado em 11 de outubro de 2008. 
  5. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010. 
Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado do Piauí é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.