Belezas do Brasil

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Belezas do Brasil
Tipo Concursos de Beleza
Fundação 23 de Janeiro de 2014
Sede São Paulo São Paulo
Empresa Casting Misses
Sítio oficial FanPage Oficial

Belezas do Brasil é um concurso de beleza feminino de nível nacional que elege candidatas de diversos Estados do País, para que estas disputem diversos concursos internacionais em nome do Brasil. Hoje denominado "Belezas do Brasil", o certame realizado pela empresa Casting Misses já foi intitulado de "Miss Intercontinental Brasil" (de 2014 a 2016) e "Beleza Casting Misses" (utilizado somente na edição de 2017). O objetivo é selecionar as representantes oficiais do Brasil para disputas como Miss Intercontinental, Top Model of the World, Face of Beauty International, Miss Global, entre outros.

Vencedoras[editar | editar código-fonte]

Abaixo, as últimas vencedoras da competição:

Ano Representante Estado Local do Evento R
2014 Janayna Figueiredo Amazonas Amazonas [1]
2015 Lilioze "Lily" Amaral Minas Gerais Minas Gerais São Paulo Teatro "Paiol Cultural", São Paulo [2]
2016 Sabrina Sancler São Paulo São Paulo São Paulo Teatro "Eleazar de Carvalho", Itu [3]
2017 Bárbara Vitorelli Paraná Paraná São Paulo Teatro "Clara Nunes", Diadema [4]
2018 Juliana Soares Amazonas Amazonas São Paulo Teatro "Lauro Gomes", São Bernardo

Conquistas Por Estados[editar | editar código-fonte]

Estado Qtde Vitórias
Amazonas Amazonas 2 2014, 2018
Paraná Paraná 1 2017
São Paulo São Paulo 2016
Minas Gerais Minas Gerais 2015

Histórico[editar | editar código-fonte]

Miss Brasil Intercontinental[editar | editar código-fonte]

Existiram pelo menos cinco coordenações distintas envolvidas com as indicações brasileiras no certame de Miss Intercontinental. A primeira de que se tem registro foi o diretor do Miss Brasil Globo, Danilo D'Ávila ao enviar a catarinense Fábia Haffermänn em 1997 para o concurso daquele ano. O diretor coordenou a indicação até 2000. Entre 2001 e 2002 essa responsabilidade passou para os organizadores do Beleza Brasil - Vânea Rabelo -, que também eram conhecidos por realizarem a disputa que levava a melhor candidata brasileira ao Miss Terra. De 2003 a 2012 o cargo volta-se para a Look Top Beauty comandada pelo mineiro José Alonso Dias, que promoveu por muitos anos o concurso de Miss Minas Gerais versão Miss Universo. Até 2014 nenhum concurso foi realizado para a escolha da brasileira, até que essa tarefa foi incumbida pela Organização Casting Misses, que se propôs a eleger a melhor candidata, via concurso para a competição internacional.

Vitórias[editar | editar código-fonte]

A primeira participação e vitória brasileira no Miss Intercontinental foi em 1971 com a carioca Jane Vieira Macambira. Após sua eleição, o Brasil só mandou representante em 1976 com a brasiliense Cléia Maria de Jesus. Quanto às outras vitórias, a segunda veio cinco anos depois, com a goiana Cristiane Lisita Passos e a terceira e última, até então, foi conquistada pela carioca Janaína Vizeu Berenhäuser Borba em 1998. Atualmente, Cristiane é pesquisadora numa Universidade na Europa e Janaína, (hoje conhecida como Jana Ina Zarrella) é modelo, estilista e apresentadora de sucesso na TV alemã.

Até chegar ao que hoje se denomina "Miss Intercontinental", o certame passou por diversas reformulações. O primeiro concurso de que se tem registro na história da competição ocorreu em 1971 em Aruba, sob o nome de Miss Teenage Peace International, onde permaneceu até o ano de 1974. Em 1975 o certame recebe o nome de Miss Teenage Intercontinental e é realizado até 1978 também naquele País. Entre 1979 e 1981, o concurso ganha o título de Miss Teen Intercontinental. A mudança de nome definitiva só veio em 1982, quando recebe pela primeira vez o nome que hoje corresponde à disputa. De 1993 até 2003 era realizado exclusivamente na Alemanha, até que a partir daquele ano, começou a se deslocar para diversas nações, conforme a sua coordenação ia mudando.

Desempenho do Brasil[editar | editar código-fonte]

O concurso nacional envia as candidatas brasileiras para as seguinte disputas:

Miss Brasil Intercontinental[editar | editar código-fonte]

As representantes brasileiras ao Miss Intercontinental:

A Miss Rio de Janeiro de 1997 Janaína Berenhauser, mais conhecida na Alemanha como Jana Ina Zarrella, onde é apresentadora e modelo. [5]

Miss Intercontinental Brasil 2006, Natália Guimarães de Minas Gerais. Posteriormente Miss Brasil 2007 e Vice-Miss Universo 2007.

Ano Representantes Estado Classificação
Aruba 1972 Jane Vieira Macambira Rio de Janeiro Rio de Janeiro MISS INTERCONTINENTAL
Aruba 1976 Cléia Maria de Jesus Rio de Janeiro Rio de Janeiro
Aruba 1978 Stella Maris Monteiro Rio de Janeiro Rio de Janeiro
Colômbia 1981 Cristiane Lisita Passos Goiás Goiás MISS INTERCONTINENTAL
Colômbia 1982 Márcia Cristine Macêdo Rio de Janeiro Rio de Janeiro 5º. Lugar
Aruba 1983 Rejane Heiden Monser Rio Grande do Sul Rio Grande do Sul 4º. Lugar
Alemanha 1995 Tatiane Possebom Rio Grande do Sul Rio Grande do Sul
Alemanha 1997 Fábia Haffermann Santa Catarina Santa Catarina
Alemanha 1998 Janaína Berenhäuser Rio de Janeiro Rio de Janeiro MISS INTERCONTINENTAL
Alemanha 1999 Alessandra Santos Corrêa Rio de Janeiro Rio de Janeiro
Alemanha 2000 Caroline Alves da Silva Rio de Janeiro Rio de Janeiro
Alemanha 2001 Débora de Araújo Daggy Pernambuco Pernambuco
Alemanha 2002 Fabíola Maretto Effgen Espírito Santo (estado) Espírito Santo Semifinalista (Top 12)
Alemanha 2003 Rafaella Tinti Borja Pinto Minas Gerais Minas Gerais Semifinalista (Top 12)
China 2004 Carla Cristina Seixas Lara Minas Gerais Minas Gerais Semifinalista (Top 12)
China 2005 Andrea Lopes de Andrade Minas Gerais Minas Gerais Semifinalista (Top 16)
Bahamas 2006 Natália Aparecida Guimarães Minas Gerais Minas Gerais Semifinalista (Top 12)
Seychelles 2007 Marcela de Almeida Duarte Minas Gerais Minas Gerais 4º. Lugar
Polónia 2008 Vanessa Cristina de Morais Minas Gerais Minas Gerais Semifinalista (Top 15)
Bielorrússia 2009 Camila Brant Gonçalves Minas Gerais Minas Gerais
República Dominicana 2010 Bruna Saccol Jaroceski Rio Grande do Sul Rio Grande do Sul
Espanha 2011 Luísa de Almeida Lopes Distrito Federal (Brasil) Distrito Federal
Alemanha 2012 Priscilla Martins Alves Minas Gerais Minas Gerais
Alemanha 2014 Janayna Figueiredo Corrêa Amazonas Amazonas Semifinalista (Top 16)
Alemanha 2015 Lilioze Mendonça Amaral Minas Gerais Minas Gerais
Sri Lanka 2016 Sabrina Sancler Teles São Paulo São Paulo
Egito 2017 Amanda Cardoso Santa Catarina Santa Catarina 4º. Lugar
Filipinas 2018 Flávia Pólido São Paulo São Paulo

Observações[editar | editar código-fonte]

  1. O concurso internacional existia desde 1971, mas o país só começou a participar em 1972.
  2. Após a sua entrada, não houve participação brasileira nos anos de: 1977, 1979, 1980, 1993, 1994, 1996 e 2013.

Premiações Especiais[editar | editar código-fonte]

  • 1 Miss Intercontinental América do Sul: Vanessa Guimarães (2008) e Amanda Cardoso (2017)
  • 1 Melhor Traje Típico: Márcia de Carvalho (1982)
  • 1 Melhor em Traje de Banho: Fabíola Effgen (2002)
  • 1 Melhor em Traje de Noite: Carla Seixas Lara (2004)
  • 1 Miss Melhor Passarela: Janayna Figueiredo (2014) [6]
  • 1 Melhor Corpo: Fabíola Effgen (2002) e Rafaella Tinti Borja (2003)
  • 1 Miss Fotogenia: Márcia de Carvalho (1982) e Natália Guimarães (2006)

Top Model Brasil[editar | editar código-fonte]

Abaixo, as representantes brasileiras ao título de Top Model of the World.

Ano Vencedoras Estado Classificação
Alemanha 1997 Cris Tomaszeck Paraná Paraná 2º. Lugar
Alemanha 1998 Jaqueline Amâncio Paraná Paraná
Alemanha 1999 Francine Eickemberg Santa Catarina Santa Catarina Semifinalista (Top 10)
Alemanha 2000 Lucimara Fernandes Distrito Federal (Brasil) Distrito Federal
Alemanha 2002 Renata R. Medrado Mato Grosso do Sul Mato Grosso do Sul
Alemanha 2003 Tâmara Raíssa Faria Minas Gerais Minas Gerais
Alemanha 2004 Kátia Cardoso Pereira Minas Gerais Minas Gerais
China 2005 Maiane dos Santos Junco Minas Gerais Minas Gerais Semifinalista (Top 10)
China 2007 Natália Aparecida Guimarães Minas Gerais Minas Gerais [7] Renunciou
Egito 2008 Luciana de Oliveira Pinheiro Pernambuco Pernambuco 4º. Lugar
Alemanha 2009 Débora Moura Lyra Espírito Santo (estado) Espírito Santo TOP MODEL 2009
Alemanha 2010 Naiara Lúcia Dornelas Minas Gerais Minas Gerais
Alemanha 2011 Juliete Beraldo de Pieri 3 Mato Grosso Mato Grosso Semifinalista (Top 15)
Alemanha 2012 Kelly Fonsêca Rodrigues Rio Grande do Norte Rio Grande do Norte Semifinalista (Top 15)
Egito 2015 Stephany "Pim" Souza Silva Espírito Santo (estado) Espírito Santo 4º. Lugar
Alemanha 2016 Emanuelle Costa Assunção Pará Pará [8] 4º. Lugar
Egito 2017 Ana Cecília Cândida de Moura Minas Gerais Minas Gerais [9]
Granada 2018 Hosana Angélica Elliot Murta Rio de Janeiro Rio de Janeiro Top 5
Granada 2018 Sarah Stefani Chinikoski 4 Amazonas Amazonas Semifinalista (Top 16)
  1. Não houve concurso internacional no ano de 2006.
  2. Não houve participação brasileira nos anos de 1994, 1995, 1996, 2001, 2013 e 2014.
  3. Juliete nasceu em Maringá, no Paraná mas se mudou ainda pequena para Primavera do Leste.
  4. Sarah Chinikoski representará a "Amazônia" no certame internacional.

Premiações Especiais[editar | editar código-fonte]

  • 1 Miss Globo: Juliete de Pieri (2011) e Stephany Pim (2015)
  • 1 Melhor Corpo: Juliete de Pieri (2011)
  • 1 Top Model Sul-Americana: Luciana Oliveira (2008)
  • 2 Melhor Traje Típico: Stephany Pim (2015)
  • 3 Melhor em Traje de Gala: Stephany Pim (2015)

Queen Beauty Brasil[editar | editar código-fonte]

As representantes brasileiras ao Queen Beauty Universe:

Ano Representantes Estado Classificação R
Espanha 2015 Natália Oliveira São Paulo São Paulo [10]
Espanha 2016 Nabila Furtado Espírito Santo (estado) Espírito Santo [11]
Espanha 2017 Juliana Salgado Pará Pará 2º. Lugar [12]
Espanha 2018 Valéria Christie Pará Pará TBD

Face of Beauty Brasil[editar | editar código-fonte]

As representantes brasileiras ao Face of Beauty International:

Ano Representantes Estado Classificação R
Tailândia 2013 Thaisi Dias Pinto Rondônia Rondônia
Índia 2018 Amanda Cordoni Minas Gerais Minas Gerais Top 20

Prêmio Especial[editar | editar código-fonte]

  • 1 Miss Fotogenia: Thaisi Dias (2013)

Miss Brasil Global[editar | editar código-fonte]

Envia as candidatas brasileiras ao Miss Global:

Ano Representantes Origem Classificação R
Estados Unidos 2013 Naiane Nunes Santa Catarina Santa Catarina Semifinalista (Top 10) [13]
Estados Unidos 2014
Filipinas 2015
Filipinas 2016 Mikaela Katrina a Estados Unidos Estados Unidos [14]
Camboja 2017 Bárbara Vitorelli b Paraná Paraná MISS GLOBAL [15]
Camboja 2018 Juliana Soares Amazonas Amazonas Semifinalista (Top 10)

Nota[editar | editar código-fonte]

a. Mikaela Katrina é nascida em Beverly Hills e reside lá. Tem origem brasileira e norueguesa.
a. Bárbara Vitorelli é nascida na Argentina e vive no Paraná desde os 6 anos de idade. [16]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. QUINTELA, Gabriela (3 de dezembro de 2015). «Loira é eleita Miss Brasil Intercontinental em concurso underground em SP!». Tudo Miss & Tudo Mais 
  2. ARAÚJO, Paula (3 de dezembro de 2015). «Conheça a trajetória da Miss intercontinental Brasil 2014!». Portal Amazônia 
  3. COSTA, Guilherme Lúcio da (9 de agosto de 2016). «Miss desabafa após vencer concurso de beleza: "Já fui eleita a mais feia"!». G1 - Portal da Globo 
  4. SANTOS, Elielton (26 de julho de 2017). «Paraenses ganham títulos nacionais de beleza em São Paulo!». Portal Capanaema 
  5. «A brasileira que conquistou o coração dos alemães!». Entre Duas Culturas. Consultado em 10 de agosto de 2015 
  6. REDAÇÃO, Da (3 de dezembro de 2015). «Brasileira apontada como uma das favoritas em Concurso que revelou Natália Guimarães!». Revista Styllus 
  7. DE CASTRO; CIRNE, Fabrício; Pedro (27 de maio de 2017). «Mineira, modelo, estudante de arquitetura, fã da Disneylândia. Quem é a Miss Brasil?!». UOL 
  8. REDAÇÃO, Da (30 de maio de 2016). «Paraense representa o Brasil no Top Model Of The World 2016!». Portal do Xingu 
  9. REDAÇÃO, Da (28 de junho de 2017). «Divinopolitana Ana Cecília representa o Brasil no Top Model Mundial 2017!». Portal MPA 
  10. REDAÇÃO, Da (20 de abril de 2016). «Queen Beauty Universe Brazil - Natalia Oliveira!». Queen Beauty Universe 
  11. REDAÇÃO, Da (31 de maio de 2016). «Bacharel em Direito do Litoral Norte de SP, vence o concurso Miss Brasil Intercontinental!». Folha Geral 
  12. REDAÇÃO, Da (1 de dezembro de 2017). «Paraense 2ª em concurso internacional de Beleza é recebida com festa em Outeiro!». DOL 
  13. TELES, Luana (10 de outubro de 2013). «Naiane Nunes: O Sonho Realizado!». Brazil-USA News 
  14. MOGUL, By (14 de setembro de 2016). «Ask a Mogul anything: "Hi, I'm Mikaela Katrina. I'm the current Miss Brazil!». Mogul 
  15. REDAÇÃO, Da (13 de outubro de 2017). «Miss Brasil Global visita a Terra das Cataratas!». Click Foz do Iguaçu 
  16. REDAÇÃO, Da (6 de novembro de 2017). «Miss que é professora de línguas, disputa concurso de beleza internacional em Camboja!». Folha Geral 

Links Externos[editar | editar código-fonte]