Belinda Lee

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Belinda Lee
Nascimento 15 de junho de 1935
Budleigh Salterton
Morte 12 de março de 1961
San Bernardino
Cidadania Reino Unido
Alma mater Royal Academy of Dramatic Art
Ocupação ator, ator cinematográfico
Causa da morte acidente rodoviário

Belinda Lee (Devon, 15 de junho de 1935San Bernardino, 12 de março de 1961) foi uma atriz britânica nascida na Inglaterra.

Iniciou a carreira artística no teatro britânico e estreou-se no cinema em 1954 com o filme Runaway Bus. Fez relativo sucesso no cinema britânico, italiano e norte-americano numa curta carreira, encerrada com sua morte em março de 1961 num desastre de automóvel.

Foi considerada uma das atrizes mais belas do cinema, tendo sido casada com o fotógrafo Cornell Lucas. Porém, o que mais marcou a sua intensa e curta vida foi ter sido a causa de um grande escândalo no seio da nobreza italiana pelo seu romance tumultuoso com o Príncipe Felipe Orsini. Ele era casado, pai e nobre da Santa Sé como assistente do sólio papal. A ligação entre os dois acabou por penetrar nos austeros corredores palacianos do Vaticano e foi motivo de várias tragédias como a tentativa de suicídio de Belinda, por envenenamento, em janeiro de 1958 e, dois dias depois, o suicídio frustrado do príncipe Orsini que foi encontrado em seu banheiro com os pulsos cortados. Pressionado pelos príncipes da Corte pontifícia, o Papa João XXIII retirou-lhe o cargo e a esposa de Orsini (a princesa Franca Buanocossa) deixou-o. E, ironia do destino, tudo por nada, pois em seguida Belinda deixou-o por outro homem, morrendo logo em seguida no acidente na Califórnia.É sintomática sua morte após um escândalo com envolvimento de personalidades da alta sociedade italiana e do próprio Vaticano, Morreu aos 26 anos, justamente após serem concluídas as filmagens de "Constantine and the Cross", película que retrata como teria surgido o catolicismo romano. Belinda não chegou a presenciar a avant-première do filme que acabara de estrelar.

Filmografia[editar | editar código-fonte]

  1. "Runaway Bus";
  2. "À Sobra da Guilhotina";
  3. "Os Libertinos";
  4. "Foot Steps in The Fog";
  5. "Man Of The moment";
  6. "Murder By Proxy";
  7. "The Bells Of St. Trinian´s";
  8. "Wo Done It?";
  9. "Feminine Touch";
  10. "Euewitness";
  11. "Big Money";
  12. "Aphrodite";
  13. "Nor The Moon Big Night";
  14. "Casei-me Com a Morte";
  15. "Amante de Uma Noite";
  16. "O Príncipe Lendário" ("Dangerous Exile",da RANK FILMS, com Louis Jordan - 1958).
  17. "Constantino e a Cruz" ("Constantine and the Cross", com Cornel Wilde - 1961)