Belmiro Valverde Jobim Castor

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Belmiro Valverde Jobim Castor
Nascimento 26 de abril de 1942
Juiz de Fora
Morte 29 de março de 2014 (71 anos)
Curitiba
Nacionalidade  Brasileiro
Ocupação Escritor, economista e professor

Belmiro Valverde Jobim Castor (Juiz de Fora, 26 de abril de 1942Curitiba, 29 de março de 2014) foi um advogado, economista, professor e escritor brasileiro.[1]

Com formação em direito pela Universidade do Estado da Guanabara e especialização na University of Southern California, recebendo PhD em administração pública com distinção, foi secretário de estado nas décadas de 1970 e 1980, diretor do Banco Bamerindus e escritor, sendo autor de livros como: “O Brasil Não É Para Amadores” (2000), também publicado nos Estados Unidos sob o título: "Brazil Is Not For Amateurs: Patterns of Governance in the Land of “Jeitinho”; “Tamanho Não é Documento” (2007); "Dicionário de Termos de Planejamento Estratégico" (2008), entre outros[2].

Foi professor da Universidade Federal do Paraná, colunista da Gazeta do Povo e membro da Academia Paranaense de Letras desde 2005, quando passou a ocupar a cadeira 28.[3][4]

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) escritor(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.