Benito Pérez Galdós

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Benito Pérez Galdós
Galdós, em retrato a óleo
Nascimento 10 de maio de 1843
Las Palmas
Morte 4 de janeiro de 1920 (76 anos)
Madrid
Nacionalidade  espanhol
Ocupação Escritor
Magnum opus La batalla de los Arapiles

Benito Pérez Galdós (Las Palmas, nas Ilhas Canárias, 10 de maio de 1843Madrid, 4 de janeiro de 1920) foi um romancista espanhol.

Formou-se em Direito, mas sua vida foi totalmente dedicada à literatura. Em sua obra esta refletido todo o século XIX na vida espanhola, em seus aspectos cívis e políticos. Sua produção literária, mais de uma centena de volumes, abrange a Espanha desde as classes mais humildes até a burguesia e a nobreza. Foi um escritor realista.

A misoginia presente no mito de Pigmalião serve de plano de fundo para algumas das suas principais obras, como La familia de León Roch, El amigo Manso, Fortunata y Jacinta e os quatro livros que trazem por tema Torquemada.[1]

Principais obras[editar | editar código-fonte]

Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Benito Pérez Galdós
Wikisource
O Wikisource contém fontes primárias relacionadas com Benito Pérez Galdós
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Benito Pérez Galdós
  • La Fontana de Ouro;
  • Glória;
  • Marianela;
  • Trafalgar;
  • A Corte de Carlos IV;
  • Saragoza;
  • Fortunata Y Jacinta;
  • Torquemada e Angel Guerra.

Referências

  1. Alan E. Smith (1990). «Galdós y la imaginación mitologica: la historia de Pigmalion». IV Congreso Internacional de Estudios Galdosianos, vol. 1. Cabildo de Gran Canaria, Casa Museo Pérez Galdós, Congresos Internacionales de Estudios Galdosianos. Consultado em 13 de fevereiro de 2017