Benito Vicetto

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Benito Vicetto
Nascimento 21 de maio de 1824
Ferrol
Morte 28 de maio de 1878 (54 anos)
Ferrol
Cidadania Espanha
Ocupação historiador, escritor

Benito Vicetto Pérez (Ferrol, 21 de Maio de 1824 - Ferrol, 28 de Maio de 1878) foi um historiador galego.

De profissão militar, oficial de prisões, diretor da fábrica de moeda de Xubia e funcionário público de fazenda.

Destacou sobretudo como historiador, com a obra Historia de Galicia (1865). Foi um autor literário fundamentalmente em língua espanhola (na qual cultivou a poesia, o romance, o teatro e o ensaio), escrevendo em galego três poemas (um poema romântico sem título, a Cantiga dos Borvoriños e Ti e eu. Sono dunha noite de vrao). Na sua poesia, recreia já o mundo fantástico que acharemos posteriormente em Eduardo Pondal, e a utilização de topônimos como se fossem os nomes de personagens lendários (traço que acharemos sistematicamente em Pondal).

Vicetto considerava-se o fundador do Regionalismo. Além disso, foi importante no (re)nascimento da historiografia galega.

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Benito Vicetto