Benjamin Gompertz

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Benjamin Gompertz
Nome nativo Benjamin Gompertz
Nascimento 5 de março de 1779
Londres
Morte 14 de julho de 1865 (86 anos)
Londres
Cidadania Reino Unido
Ocupação atuário, matemático
Prêmios membro da Royal Society

Benjamin Gompertz (Londres, 5 de março de 1779Londres, 14 de julho de 1865) foi um matemático e atuário judeu, que comprovou que a taxa de mortalidade cresce geometricamente.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Gompertz desenvolveu os principais estudos sobre mortalidade do século XIX. Em reconhecimento a muitos de seus estudos, no ano de 1819, tornou-se membro da Sociedade Real de Londres. Em 1825, no estudo On the Nature of the Function Expressive of the Law of Human Mortality, and on a New Mode of Determining the Value of Life Contingencies,[1] apresentou uma lei que descrevia o crescimento geométrico da taxa de mortalidade. Este estudo apresentou um avanço em relação aos estudos de Thomas Malthus, voltado ao cálculo de anuidades e seguros contra morte.

A Lei de Gompertz foi depois reformulada por Makeham, em On the Law of Mortality and the Construction of Annuity Tables de 1860, que apresentou um novo modelo batizado posteriormente de Lei de Gompertz-Makeham.

Notas e Referências

Ver também[editar | editar código-fonte]