Bento Hinoto

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde outubro de 2018). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Bento Hinoto
Informação geral
Nome completo Alberto Hinoto
Também conhecido(a) como Bento
Nascimento 7 de agosto de 1970
Local de nascimento Itaquaquecetuba, SP
Morte 2 de março de 1996 (25 anos)
Local de morte Serra da Cantareira, São Paulo
Nacionalidade brasileiro
Gênero(s) Hard Rock
Rock cômico Punk Rock
Instrumento(s) Guitarra
Modelos de instrumentos Tagima , Rickenbacker e Yamaha
Período em atividade 1989-1996
Gravadora(s) EMI
Afiliação(ões) Mamonas Assassinas

Alberto Hinoto, mais conhecido como Bento Hinoto (Itaquaquecetuba, 7 de agosto de 1970Serra da Cantareira, 2 de março de 1996[1]), foi um músico brasileiro, notório por ter sido o guitarrista da banda Mamonas Assassinas.[2]

No filme Mamonas para sempre, o produtor da banda, Rick Bonadio, afirma que Bento era "o melhor músico do grupo e era o cara que dirigia, conduzia os arranjos"[3].

Além da música, algumas de suas características eram seu cabelo rastafári.[2] Conheceu Sérgio Reoli, pelo seu irmão Maurício que descobriu que Sérgio era baterista e o apresentou para o irmão. Era torcedor do Palmeiras.

Foi o único do grupo a ter frequentado a universidade: ele cursou alguns períodos do curso de física.

Segundo consta, Bento ganhou seu primeiro violão aos 14 anos. Dois anos depois, Dona Toshiko, sua mãe, lhe trouxe uma guitarra de presente do Japão e Maurício, seu irmão, ensinou-lhe algumas técnicas. Bento ficou obcecado, desenvolvendo habilidades técnicas das mais complicadas do mundo para compor solos tão bem elaborados e executados, como o da música "Debil Metal".

Morte[editar | editar código-fonte]

Faleceu tragicamente em um acidente aéreo que matou toda a banda, um segurança, um de seus roadies e os pilotos da aeronave, ocorrido na Serra da Cantareira, na noite do dia 2 de março de 1996.

Entre outras homenagens, sua cidade natal deu seu nome à antiga Estrada de Santa Isabel, a SP-56, que liga Itaquaquecetuba a Arujá. Em 2011 foi a vez da Cidade de Guarulhos prestar sua homenagem alterando o nome da Rua dos Japoneses para Rua Alberto Hinoto " Bento ", endereço no qual Bento adquiriu um apartamento para sua família antes do acidente.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Mamonas Assassinas > Overview» (em inglês). Allmusic. Consultado em 31 de outubro de 2009 
  2. a b «Cliquemusic : Artista : Mamonas Assassinas». Consultado em 31 de outubro de 2009 
  3. Souto Maior, Leandro; Schott, Ricardo. Heróis da Guitarra Brasileira: Literatura musical. [S.l.: s.n.] Consultado em 14 de outubro de 2018 

Links Externos[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre guitarristas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.