Bento Luís de Oliveira Lisboa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Bento Luís de Oliveira Lisboa
Presidente do Rio de Janeiro
Período 10 de outubro de 1872
a 20 de março de 1873
Antecessor(a) Josino do Nascimento Silva
Sucessor(a) Manuel José de Freitas Travassos
Presidente do Rio Grande do Sul
Período 25 de janeiro a
24 de abril de 1887
Antecessor(a) Fausto de Freitas e Castro
Sucessor(a) Rodrigo de Azambuja Vilanova
Dados pessoais
Nascimento 1836
Rio de Janeiro
Morte 6 de junho de 1905 (69 anos)
Rio de Janeiro
Partido
Profissão Magistrado

Bento Luís de Oliveira Lisboa (Rio de Janeiro, 1836 — Rio de Janeiro, 6 de junho de 1905) foi um magistrado e um político brasileiro.[1]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Filho de Venâncio José Lisboa e Úrsula Maria do Bom Sucesso,[1] foi casado com Cecília de Aguiar Toledo (a qual, com o casamento, passou a assinar seu nome como Cecília Toledo de Oliveira Lisboa), filha de José de Aguiar Toledo.

Formou-se em Ciências Jurídicas e Sociais na Faculdade de Direito de São Paulo, recebendo o grau de bacharel em 18 de novembro de 1859.[1]

Iniciou sua carreira na magistratura sendo nomeado promotor público do termo de Itaboraí, na província do Rio de Janeiro, em 6 de março de 1860.

Foi presidente das províncias do Rio de Janeiro, nomeado por carta imperial de 7 de outubro de 1872, para o período de 10 de outubro de 1872 a 26 de março de 1873, e do Rio Grande do Sul, de 25 de janeiro a 24 de abril de 1887.[2] Foi ministro do Supremo Tribunal Federal.[1]

Referências

  1. a b c d Lacombe, Lourenço Luís (1973). Os chefes do executivo fluminense. Brasília: Ministério da Educação e Cultura, Departamento de Assuntos Culturais, Museu Imperial. p. 42 
  2. Galvão, Miguel Archanjo (1894). Relação dos cidadãos que tomaram parte no governo do Brazil no periodo de março de 1808 a 15 de novembre de 1889. Rio de Janeiro: Imprensa nacional. pp. 127, 132 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Precedido por
Josino do Nascimento Silva
Presidente da província do Rio de Janeiro
1872 — 1873
Sucedido por
Manuel José de Freitas Travassos
Precedido por
Fausto de Freitas e Castro
Presidente da província do Rio Grande do Sul
1887
Sucedido por
Rodrigo de Azambuja Vilanova
Ícone de esboço Este artigo sobre um político brasileiro é um esboço relacionado ao Projeto Biografias de Políticos. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.