Berenice I

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita uma ou mais fontes fiáveis e independentes, mas ela(s) não cobre(m) todo o texto (desde Fevereiro de 2011).
Por favor, melhore este artigo providenciando mais fontes fiáveis e independentes e inserindo-as em notas de rodapé ou no corpo do texto, conforme o livro de estilo.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Berenice I
Governo
Vida
Nascimento ca. 340 a.C.
Egito
Mãe Antígona

Berenice I (ca. 340 a.C — entre 279 e 274 a.C), a primeira rainha da Dinastia Ptolomaica, esposa de Ptolomeu I Sóter, foi também a mãe do rei Magas de Cirene, da Rainha Antígona do Épiro, possivelmente da Rainha Texena de Siracusa, da Rainha Arsínoe II do Egito, do rei ptolemaico faraó Ptolomeu II Filadelfos e da princesa Filotera.

Sua família, assim como a de Ptolemeu I Sóter, era de Eordaea.1 Berenice nasceu em 340 a.C.,[carece de fontes?] filha de Magas e Antígona;2 sua mãe era filha de Cassandro, irmão de Antípatro. Ela era prima de Eurídice, filha de Antípatro.

Ela foi vencedora em uma competição de corrida de carros, nos Jogos Nemeus.3

Por volta de 325 a.C,[carece de fontes?] casou-se com um nobre macedônio chamado Filipe, com quem teve pelo menos dois filhos, Magas (futuro Magas de Cirene)2 e Antígona,4 e provavelmente uma terceira, Texena.

Em 321 a.C,[carece de fontes?] quando Ptolomeu I Sóter se casou com Eurídice, filha de Antípatro, ela foi junto com Eurídice para o Egipto.5 Enquanto Ptolomeu I Sóter estava casado com Eurídice, ele tomou Berenice como concubina,5 se casando com ela em 316 a.C, no mesmo ano em que a filha mais velha do casal, Arsínoe II nasceu. Nos anos seguintes, Ptolomeu I elevou Berenice à primeira esposa, preterindo Eurídice. Quando Ptolomeu I Sóter se tornou faraó do Egito em 305 a.C, foi Berenice quem ele escolheu como sua rainha consorte.

Ptolomeu I Sóter e Berenice tiveram três filhos, Ptolomeu II Filadelfos,5 Arsínoe II2 e Filotera, preferindo estes para a sucessão aos filhos de Eurídice. Também nomeou o novo porto que havia construído no Mar Vermelho de “Berenice”.

Texena, uma princesa do Egito casada como Agátocles de Siracusa, poderia ser sua filha; não há registro sobre quem foram os pais de Texena, e historiadores modernos propõem que ela poderia ser filha de Berenice e Filipe, filha de Ptolemeu I Sóter ou mesmo filha de Menelau, irmão de Ptolemeu.6

Por sua influência, seu filho Magas foi nomeado por Ptolomeu II Filadelfo (meio-irmão de Magas) o governador de Cirene.2 Tal era a sua influência que seu genro, o rei Pirro de Epiros, também deu o nome de “Berenicis” a uma nova cidade. Foi vitoriosa numa corrida de bigas nos Jogos Olímpicos de uma Olimpíada desconhecida.

Filadelfos decretou honras divinas à sua mãe na sua morte, por volta de 280-270 A.E.C. Foi incluída no culto da dinastia com Ptolomeu I Soter, por Ptolomeu IV em 215/4 A.E.C. como Deuses Salvadores, Qeoi Swthre V.

Descendência[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Árvore genealógica baseada no texto:

Agátocles
 
 
 
 
 
 
Magas
 
 
 
Antígona
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Lisímaco
 
 
 
Ptolomeu I Sóter
 
 
 
Berenice I
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Filipe
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Arsínoe I
 
 
 
Ptolomeu II Filadelfo
 
 
 
Arsínoe II
 
 
Filotera
 
Magas de Cirene
 
Antígona
 
Texena
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Ptolomeu III Evergeta
 
Lisímaco
 
Berenice Sira

Referências

  1. Posidippius, Epigramas, Hipikka, AB 88
  2. a b c d e Pausânias (geógrafo), Descrição da Grécia, 1.7.1
  3. Posidippius, Epigramas, Hipikka, AB 78 e AB 79
  4. a b Plutarco, Vidas Paralelas, Vida de Pirro, 4.4
  5. a b c Pausânias (geógrafo), Descrição da Grécia, 1.6.8
  6. Chris Bennett em Tyndale House, Ptolemaic Dinasty, Theoxena [em linha]
  7. a b Pausânias (geógrafo), Descrição da Grécia, 1.7.3
  8. a b Eusébio de Cesareia, Crônica, 95, Os reis da Ásia Menor após a morte de Alexandre, o Grande
  9. a b Políbio, Histórias, Livro XV, 25.2