Bernard Alliot

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book.svg
Este artigo ou secção não cita fontes confiáveis e independentes (desde dezembro de 2011). Ajude a inserir referências.
O conteúdo não verificável pode ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Bernard Alliot (Bretanha, Châteaubriant, 1936 - Paris, 1998) foi um escritor francês nascido na Bretanha.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Inicialmente aprendiz nos estaleiros de Saint-Nazaire, foi depois operário até à sua entrada no serviço militar em 1958 na Argélia. Após o serviço militar teve várias profissões. Jornalista autodidata, escreveu um romance sobre a Guerra da Argélia que nunca foi publicado. Entra para o jornal Le Monde em 1966 e depois para o Monde des Livres (1977-1985).

O seu romance Eaux troubles teve uma adaptação para o cinema em 1989 num filme de Alain Bonnot com a interpretação de Christine Dejoux e Claude Brasseur.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Coeur enragé, Edições Belfond, 1997
  • Délit de fuite, Edições Fleuve noir, 1996
  • Le Parfait amour, Edições Julliard, 1995
  • L'Étreinte des sirènes, Edições Julliard, 1992
  • L'Adieu à Kouriline, Edições Fayard, 1990
  • Eaux troubles, Mazarine, 1988
Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) escritor(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.