Bernardine Evaristo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Bernardine Evaristo
Nascimento 1959 (62 anos)
Londres
Cidadania Reino Unido, Nigéria
Alma mater Rose Bruford College
Ocupação autora, professora universitária, escritora
Prêmios Membro da Ordem do Império Britânico, Membro da Sociedade Real de Literatura, Prêmio Man Booker, Oficial da Ordem do Império Britânico
Empregador Universidade de Brunel
Página oficial
https://bevaristo.com

Bernardine Evaristo, MBE FRSL FRSA, (Londres, 28 de Maio de 1959), é uma autora britânica de oito obras de ficção. Seu romance Girl, Woman, Other[1] (no Brasil: Garota, Mulher, Outras[2], em Portugal: Rapariga, Mulher, Outra[3]) ganhou o Prémio Booker em 2019. Foi também um dos 19 livros favoritos de Barack Obama em 2019[4]. Em Junho de 2020, tornou-se a primeira mulher de cor a ocupar o primeiro lugar nas bancas de ficção científica do Reino Unido. Os escritos de Evaristo também incluem ficção curta, drama, poesia, ensaios, críticas literárias e projetos para teatro e rádio. Dois dos seus livros, The Emperor's Babe (2001) e Hello Mum (2010), foram adaptados para os dramas da Rádio 4 da BBC. Atualmente, é professora catedrática de escrita criativa na Brunel University London[5][6] e vice-presidente da Royal Society of Literature.[7][8]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Evaristo nasceu em Eltham, sudeste de Londres, sendo batizada como Bernardine Anne Mobolaji Evaristo.[9] Cresceu no subúrbio de Woolwich. É a quarta de oito filhos nascidos de mãe branca inglesa, professora, e pai nigeriano, que migrou para a Grã-Bretanha em 1949 e tornou-se soldador e conselheiro trabalhista local.[10] Seu avô paterno era um iorubá Aguda que retornou do Brasil para a Nigéria, e sua avó paterna era de Abeokuta, na Nigéria.[11][12][13] O bisavô paterno de sua mãe chegou a Londres da Alemanha na década de 1860 e estabeleceu-se em Woolwich, no sudeste de Londres, e a avó materna de sua mãe chegou a Londres da Irlanda na década de 1880 e estabeleceu-se em Islington, um quarteirão no norte de Londres.[14] Evaristo foi educada no Greenwich Young People's Theatre (atualmente o Tramshed, em Woolwich), na Eltham Hill Grammar School for Girls, na Rose Bruford College of Speech and Drama e na Goldsmiths College, Universidade de Londres, onde obteve o doutorado em escrita criativa em 2013.[15] Em 2019, foi nomeada Laureada de Woolwich pelo Festival Internacional de Greenwich e Docklands, reconectando-se e escrevendo sobre a cidade natal que deixou aos 18 anos.[16]

Bernardine Evaristo em 2008

Em 2014 publicou o romance Mr Loverman ( Penguin UK, 2013 / Akashic Books USA, 2014), sobre um londrino septuagenário das Caraíbas que é um homossexual secreto e considera as suas opções após um casamento de 50 anos com a esposa.[17][18] Ganhou o prémio Editorial Triângulo Ferro-Grumley de ficção LGBT (EUA) e o Prémio Jerwood Fiction Uncovered .[19] Em 2015, ela escreveu e apresentou um documentário em duas partes da BBC Radio 4, Fiery Inspiration - sobre Amiri Baraka e a sua influência na sua geração de escritores.[20][21]

Evaristo é colaboradora do New Daughters of Africa: Uma antologia internacional da escrita de mulheres de ascendência Africana (2019), editada por Margaret Busby.[22]

O romance mais recente de Evaristo, Girl, Woman, Other (Maio 2019, Hamish Hamilton / Penguin UK), é uma inovadora "ficção de fusão" polivocal[23] acerca de 12 mulheres britânicas, principalmente negras, entre 12 e 93 anos. Elas são uma mistura de origens culturais, sexualidades, classes e geografias, e o romance expõe as suas esperanças, lutas e vidas que se cruzam. Em Julho 2019, o romance foi listado para o Booker Prize[24] e para o Gordon Burn Prize de 2019.[25] O romance figurou na lista final do Booker Prize anunciada em 3 de Setembro 2019, ao lado de livros de Margaret Atwood, Lucy Ellmann, Chigozie Obioma, Salman Rushdie e Elif Shafak,[26] e em 14 de Outubro ganhou o prémio juntamente com The Testaments de Atwood.[27] A vitória fez dela a primeira mulher negra e o primeiro autor britânico negro a ganhar o prémio. Girl, Woman, Other foi selecionada para o Prêmio das Mulheres 2020 de Ficção.[28]

Foi também juri de inúmeros prémios literários, incluindo o Concurso Nacional de Poesia da Sociedade de Poesia, o Costa Book Awards, o Goldsmiths Prize, o TS Eliot Prize, o Orange Award para Novos Escritores e os Poetas da Próxima Geração. É membro do conselho do African Poetry Book Fund[29] nos EUA e juri em todos os seus prémios. Evaristo é patrocinadora do Prémio Literário SI Leeds .[30] Em 2019, foi a juíza do Prémio Glenna Luschei de Poesia Africana e do Prémio Polari do Livro.[31]

Após ter ganho o Booker Prize, repudiou o conceito de apropriação cultural, afirmando ser ridículo o pressuposto de escritores não “escreverem além da sua própria cultura.”[32]

Distinções, prémios, bolsas[editar | editar código-fonte]

  • 2020: British Book Awards (finalist)
  • 2020: The Orwell Prize for Political Fiction (longlist)
  • 2020: The Glass Bell Awards (longlist)
  • 2020: Visionary Honours Awards (longlist)
  • 2020: Women's Prize for Fiction (longlist)
  • 2020: Australian Industry Book Awards (longlist)
  • 2020: Ferro Grumley Awards USA (finalist)
  • 2019: Goodread's Choice Award Best Fiction (Shortlist)[33]
  • 2019: Gordon Burn Prize (finalist)
  • 2019: Winner of the Booker Prize, October 2019[27]
  • 2018: Elected a Fellow, Rose Bruford College of Theatre & Performance
  • 2017: Elected a Fellow, the English Association
  • 2015: Triangle Publishing Awards: The Ferro-Grumley Award for LGBT Fiction, USA
  • 2015: The Montgomery Fellowship, Dartmouth College, USA
  • 2014: Jerwood Fiction Uncovered Prize
  • 2010: The Emperor's Babe, The Times (UK) "100 Best Books of the Decade"
  • 2010: Hurston/Wright Legacy Award, USA (finalist)
  • 2010: Poetry Book Society Commendation for Ten, co-edited with Daljit Nagra
  • 2009: International Dublin Literary Award, nominated for Blonde Roots
  • 2009: Blonde Roots, Big Red Read Award, Fiction and overall winner
  • 2009: Awarded an MBE in the Queen's Birthday Honours List for services to Literature
  • 2009: Orange Prize Youth Panel Choice for Blonde Roots
  • 2009: Orange Prize for Fiction, nominated for Blonde Roots[34]
  • 2009: Arthur C. Clarke Award, UK, nominated for Blonde Roots
  • 2006: Elected a Fellow, Royal Society of Arts (est. 1754)
  • 2006: British Council Fellow, Georgetown University, USA
  • 2004: Elected a Fellow, Royal Society of Literature[35] (est. 1820)
  • 2003: NESTA Fellowship Award (National Endowment of Science, Technology & The Arts)
  • 2002: UEA Writing Fellow, University of East Anglia
  • 2000: Arts Council England Writer's Award 2000, for The Emperor’s Babe
  • 1999: EMMA Best Book Award for Lara

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Livros

Referências

  1. «Girl, Woman, Other». Penguin Books. Consultado em 3 de junho de 2021 
  2. «Garota, Mulher, Outras». Companhia das Letras. Consultado em 3 de junho de 2021 
  3. «Rapariga, Mulher, Outra». Bertrand. Consultado em 3 de junho de 2021 
  4. «Barack Obama releases list of his 19 favorite books from 2019». The Guardian. Consultado em 3 de junho de 2021 
  5. "Bernardine Evaristo, Professor of Creative Writing", Brunel University London.
  6. «On My Radar: Bernadine Evaristo's cultural highlights». The Guardian 
  7. "Council", The Royal Society of Literature. Retrieved 28 July 2019.
  8. «Bernardine Evaristo: 'I want to put presence into absence'». The Guardian 
  9. Harolds, Laolu (7 September 2019), "Two Nigerian Novelists Make 2019 Booker Prize Shortlist", Nigerian Tribune.
  10. "Bio", Author's website.
  11. Fadumiye, AdeOla. «Social: Bernadine Evaristo …on the crossroads of culture». Genevieve 
  12. «A Writer's Life: Bernadine Evaristo». The Telegraph 
  13. Innes, C. L. (2007). The Cambridge Introduction to Postcolonial Literatures in English. Cambridge University Press. [S.l.: s.n.] ISBN 978-1139-4655-95. Bernardine Evaristo grandfather slave. 
  14. Bernardine Evaristo biography, British Council, Literature.
  15. «Bernardine Evaristo, Goldsmiths College». Goldsmiths University of London 
  16. «Bernardine Evaristo on Woolwich: 'We weren't allowed to play outside'». The Guardian 
  17. Gee, Maggie (31 August 2013), "Mr Loverman by Bernardine Evaristo – review", The Guardian.
  18. Osman, Diriye (30 June 2014), "The Dazzling Story of an Older, Gay, Caribbean Dandy", HuffPost Queer Voices.
  19. The Jerwood Fiction Uncovered Prize, Jerwood Charitable Foundation.
  20. "Bernadine Evaristo presents two-part show on BBC Radio 4", College of Business, Arts and Social Sciences, Brunel University London, 26 October 2015.
  21. Fiery Inspiration: Amiri Baraka and the black arts movement, BBC Radio 4, 2015. Retrieved 2 August 2019.
  22. «I Long Ago Chose to Take My Community with Me on My Creative Journey | Bernardine Evaristo». Brittle Paper 
  23. Tepper, Anderson, "The Little Book That Could: How Bernardine Evaristo Became an International Writer-to-Watch in 2019", Vanity Fair, 13 December 2019.
  24. «Atwood and Rushdie on Booker Prize shortlist». BBC News 
  25. Fraine, Laura (17 July 2019), "Shortlist announced for Gordon Burn Prize 2019", New Writing North. Retrieved 29 July 2019.
  26. "The 2019 shortlist has been announced", The Booker Prizes, 3 September 2019.
  27. a b «Margaret Atwood and Bernardine Evaristo share Booker prize 2019». The Guardian (em inglês). ISSN 0261-3077 
  28. «Women's Prize for Fiction shortlist announced». Books+Publishing (em inglês) 
  29. Editorial Board, African Poetry Book Fund. Retrieved 16 October 2019.
  30. "Patrons", SI Leeds Literary Prize. Arquivado em 2014-11-13 no Wayback Machine..
  31. «I Long Ago Chose to Take My Community with Me on My Creative Journey | Bernardine Evaristo». Brittle Paper 
  32. «Booker winner Bernardine Evaristo writes off 'cultural appropriation'». The Times 
  33. «2019 Goodreads Choice Award Best Fiction». Goodreads, Inc 
  34. "Bernardine Evaristo" at Diaspora Writers UK. Arquivado em 2016-04-27 no Wayback Machine..
  35. Poetry Society, 15 April 2005. Arquivado em 2016-10-06 no Wayback Machine..

Ligações externas[editar | editar código-fonte]