Bernardo de Serpa Pimentel

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Broom icon.svg
As referências deste artigo necessitam de formatação (desde abril de 2012). Por favor, utilize fontes apropriadas contendo referência ao título, autor, data e fonte de publicação do trabalho para que o artigo permaneça verificável no futuro.
Bernardo de Serpa Pimentel

Bernardo de Serpa Pimentel (Coimbra, 26 de abril de 1817 — ?, 9 de fevereiro de 1895).

Biografia[editar | editar código-fonte]

Foi filho de Manuel de Serpa Machado e de D. Ana Rita Freire Pimentel. Era irmão do 2º visconde de Gouveia, José Freire de Serpa Pimentel, e do 2º barão de São João de Areias, Manuel de Serpa Pimentel. Casou na capela de Santo António, da Casa da Cioga do Monte, na freguesia de Trouxemil, Coimbra, a 7 de Novembro de 1859, com D. Zília Xavier de Melo Machado Almeida e Castro, de quem teve sete filhos.

Bacharel formado em Leis pela Universidade de Coimbra em 1839, foi lente substituto extraordinário da Faculdade de Direito (1843), lente de prima, decano e director daquela Faculdade, bibliotecário da Universidade (20 de Abril de 1858), cargo de que foi exonerado por motivo da desanexação por lei desse serviço, e novamente nomeado por decreto de 25 de Maio de 1872, exercendo a sua actividade até 17 de Fevereiro de 1894, data em que foi exonerado a seu pedido, por motivos de saúde; director da imprensa e vice-reitor, desde 1883, da mesma Universidade, vogal do Conselho do Distrito de Coimbra, vogal e presidente da Junta Geral (1847-1848).

Recebeu as honras de Par e Grande do Reino.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • BRANDÃO, Francisco M. Ponces de Serpa - D. Frei Caetano Brandão (1740-1805): O testemunho da fé. A Família. Lisboa: DisLivro Histórica, 2005, pp. 198 e 201.
  • PIMENTEL, Bernardo de Serpa - Oração de Sapiencia recitada na solemne abertura da Universidade em 16 de Outubro de 1875 pelo Lente de Prima, Decano e Director da Faculdade de Direito Bernardo de Serpa Pimentel. Coimbra: Imprensa da Universidade, 1875.
  • PIMENTEL, Bernardo de Serpa - Correspondência de artigos entre a edição precursora e a primeira edição oficial do Código do processo civil. Coimbra: Imprensa da Universidade, 1876.
  • PIMENTEL, Bernardo de Serpa - Allocução do Vice-Reitor da Universidade Bernardo de Serpa Pimentel na abertura da sessão solemne de inauguração do anno lectivo de 1883 a 1884 e distribuição de diplomas dos premios do anno precedente. Coimbra: Imprensa da Universidade, 1884.
  • PIMENTEL, Bernardo de Serpa - Allocução do Vice-Reitor da Universidade Bernardo de Serpa Pimentel na abertura da sessão solemne de inauguração do anno lectivo de 1884 a 1885 e distribuição de diplomas aos estudantes premiados. Coimbra: Imprensa da Universidade, 1885.
  • PIMENTEL, Bernardo de Serpa - Portaria do Vice-Reitor da Universidade de Coimbra Bernardo de Serpa Pimentel em defesa da isenção e prerogativas da Real Capella da Universidade, e do direito com que alli se fizeram officios do corpo presente ao último Reitor, o Visconde de Villa-Maior. Coimbra: Imprensa da Universidade, 1885.
  • PIMENTEL, Bernardo de Serpa - Algumas palavras de Bernardo de Serpa Pimentel proferidas na Camara dos Dignos Pares do Reino em sessão de 7 de Fevereiro de 1888. Lisboa: Imprensa Nacional, 1888.
  • PIMENTEL, Jayme Pereira de Sampaio Forjaz de Serpa - Livro de Linhagens. Vol. 2. Braga: Ed. do autor, 1916, pp. 133-135.