Bernhard Hoetger

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, comprometendo a sua verificabilidade(desde maio de 2012). Por favor, adicione mais referências inserindo-as no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Porta do Leão, Darmstadt (em colaboração com Albin Müller).

Bernhard Hoetger (Dortmund, 4 de maio de 1874Interlaken, Suíça, 18 de julho de 1949) foi um escultor alemão.

Filho de um ferreiro de Dortmund, estudou escultura em Detmold de 1888 a 1892, antes de dirigir uma oficina em Rheda-Wiedenbrück. Após uma temporada na Academia de Artes de Düsseldorf, realizou uma viagem a Paris, onde foi influenciado por Auguste Rodin, e conheceu a Paula Modersohn-Becker. Mais tarde familiarizou-se com Antoni Gaudí. Em 1911 foi para a colônia artística de Darmstadt, onde permaneceu por algum tempo.

Em 1914, inspirado por Modersohn-Becker, instalou-se na colônia de Worpswede. Foi aqui que se reuniu com Ludwig Roselius, com quem faria a sua obra mestra, a Böttcherstraße de Bremen, num estilo expressionista. Assim como Roselius, Hoetger simpatizava com o ideal nazista e tornou-se membro do partido, embora fosse declarado em 1936 como artista degenerado. Expulso do partido, instalou-se na Suíça, onde faleceu em 1949.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Bernhard Hoetger