Berta de Saboia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Berta de Saboia
Imperatriz do Sacro Império Romano-Germânico
Reinado 31 de março de 108427 de dezembro de 1087
Coroação 31 de março de 1084
Antecessor(a) Inês da Aquitânia
Sucessor(a) Eupráxia de Kiev
Rainha da Germânia
Reinado 13 de julho de 106627 de dezembro de 1087
Coroação Junho de 1066 em Wurtzburgo
 
Cônjuge Henrique IV
Casa Saboia
Nascimento 21 de setembro de 1051
Morte 27 de dezembro de 1087 (36 anos)
  Mainz, Francônia Ocidental, Francônia (atualmente na Renânia-Palatinado, Alemanha)
Enterro Catedral de Speyer
Pai Otão I de Saboia
Mãe Adelaide de Susa

Berta de Saboia, também conhecida como Berta de Turim (21 de setembro de 1051[1]Mainz, 27 de dezembro de 1087), foi a primeira esposa do imperador Henrique IV e foi rainha da Germânia e Imperatriz do Sacro Império Romano-Germânico. Com o imperador teve cinco filhos Adelaide, Henrique, Inês da Alemanha, Conrado dos Romanos e o futuro imperador Henrique V. Foi enterrada na catedral de Speyer.

Família[editar | editar código-fonte]

Berta era filha do Otão I de Saboia (também chamado Otto, Eudes ou Odo) e de Adelaide de Susa. Os seus avós maternos eram Olderico Manfredo II de Turim e Berta de Obertenghi. Os seus avós paternos eram Humberto I de Saboia "O mãos brancas", Conde de Saboia e Auxilia de Lenzburg.[2] Berta tinha quatro irmãos: Pedro I de Saboia, Amadeu II de Saboia, Otão I de Saboia e Adelaide de Turim.

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

O casamento de Berta e Henrique IV foi arranjado e, por isso, ainda crianças, ficaram noivos em 1055. Enquanto Berta parece ter amado o seu marido desde o início, Henrique parece ter-lhe ganho aversão.

Noivado[editar | editar código-fonte]

Ainda durante a vida do imperador Henrique III, Berta e Henrique IV, ainda crianças, ficaram noivos a 25 de dezembro de 1055, em Zurique.

Henrique IV
Túmulo de Berta de Saboia

Casamento[editar | editar código-fonte]

O casamento de Henrique IV e Berta de Saboia ocorreu no dia 13 de julho de 1066]em Trebur.

Crise[editar | editar código-fonte]

Enquanto Berta parece ter amado o seu marido desde o início, Henrique parece ter-lhe ganho aversão. Apesar de ela ser uma jovem bonita, o cronista saxão Bruno (Bruno Saxonicus ou Bruno de Merseburg), que não gostava de Henrique, escreveu sobre as constantes infidelidades do imperador: "Tinha sempre duas ou três Kebsweiber (concubinas), além da esposa, mas nunca estava satisfeito. Deu ordens para que, se alguém tivesse uma filha ou esposa, jovens e bonitas, lhe fossem entregues à força. Odiava de tal forma a sua bela e nobre esposa Berta, que nunca a viu, após o casamento, mais do que o necessário, pois tinha-lhe sido imposta."

Em 1069, Henrique começa os procedimentos para o divórcio, fornecendo, para a época, uma razão extraordinariamente honesta para o divórcio: as suas próprias infidelidades. O episcopado alemão não ousou julgar a exigência do rei e pediu apoio ao papa Alexandre II, que enviou como seu legado a Pedro Damião. Um sínodo reunido em Frankfurt am Main rejeitou o divórcio. Aparentemente submetido ao seu destino, um ano depois nascia a primeira filha do imperador com Berta.

Berta acompanhou o marido na perigosa viagem a Canossa, levando consigo o seu filho Conrado de três anos. E permaneceu com o marido de 25 de janeiro a 28 de janeiro de 1077, debaixo de um frio intenso, diante das muralhas do castelo, na tentativa de encontrar uma solução para a disputa entre o papa Gregório VIII e o imperador.

Filhos[editar | editar código-fonte]

Tivera cinco filhos do imperador:

Coroação como Imperatriz[editar | editar código-fonte]

Com Henrique, Berta viajou para Roma onde, a 31 de março de 1084, foi coroada imperatriz.

Morte[editar | editar código-fonte]

Morreu a 27 de dezembro de 1087[3], em Mogúncia. Foi enterrada na catedral de Speyer.

Títulos, honras e brasão de armas[editar | editar código-fonte]

Coroa de uma Imperatriz do Sacro Império Romano.

A família de Berta pertencia á Casa de Saboia e Henrique IV pertencia á dinastia Saliana.

Títulos[editar | editar código-fonte]

  • 1066-1087: Rainha da Germânia (título recebido no casamento com Henrique IV do Sacro Império Romano-Germânico)
  • 1084-1087: Imperatriz do Sacro Império Romano-Germânico (título recebido no casamento com Henrique IV do Sacro Império Romano-Germânico)

O título completo de Berta, enquanto esteve casada com o imperador Henrique IV, era "Sua Magestade a Imperatriz do Sacro Império Romano-Germânico e Rainha da Germânia".

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Berta de Saboia
Ícone de esboço Este artigo sobre um imperador (ou uma imperatriz) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.