Besart Berisha

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Besart Berisha
Besart Berisha
Berisha durante treino pelo Melbourne Victory, em 2015.
Informações pessoais
Nome completo Besart Berisha
Data de nascimento 29 de julho de 1985 (38 anos)
Local de nascimento Pristina, Iugoslávia
Nacionalidade kosovar / albanês
Altura 1,83 m[1]
Informações profissionais
Clube atual Western United
Número 18
Posição Atacante
Clubes de juventude
1994–1998
1998–1999
1999–2000
2000–2003
2003–2004
Berliner VB 49
BFC Dynamo
TSV Lichtenberg
SV Lichtenberg 47
Tennis Borussia Berlin
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
2003–2004
2004–2007
2005
2005–2006
2007–2009
2008
2009
2010–2011
2011–2014
2014–2018
2018–2019
2019–
Tennis Borussia Berlin
Hamburgo
→ Aalborg (emp.)
AC Horsens (emp.)
Burnley
Rosenborg (emp.)
AC Horsens (emp.)
Arminia Bielefeld
Brisbane Roar
Melbourne Victory
Sanfrecce Hiroshima
Western United
4 (1)
12 (1)
2 (0)
32 (11)
0 (0)
8 (3)
13 (4)
28 (2)
76 (48)
110 (68)
6 (0)
20 (14)
Seleção nacional
2006–2009
2017
Albânia
Kosovo
17 (1)
1 (0)


2 Partidas e gols totais pelos
clubes, atualizadas até domingo, 25 de fevereiro de 2024.

Besart Berisha (Pristina, 29 de julho de 1985) é um futebolista kosovar que atua como atacante. Atualmente, joga pelo Western United.[2] É o maior artilheiro da história da A-League, com 131 gols por 3 clubes diferentes.[3]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Entre 1994 e 2004, Berisha jogou nas categorias de base de 4 equipes da Alemanha - Berliner VB 49, BFC Dynamo, TSV Lichtenberg, SV Lichtenberg 47 e Tennis Borussia Berlin, onde se profissionalizou e foi artilheiro da liga juvenil aos 17 anos, superando Mario Gómez e Lukas Podolski,[4] que viriam posteriormente a jogar pela Seleção Alemã. Ficou apenas uma temporada no TBB antes de mudar-se para o tradicional Hamburgo.

Sem chances no time principal dos Dinossauros, foi emprestado para 2 clubes da Dinamarca, o Aalborg (2 jogos[5]) e o AC Horsens (32 partidas e 11 gols), sendo reintegrado na temporada 2005–06, porém não jogou. Em 2006–07, fez sua estreia pelo Hamburgo ao substituir Nigel de Jong no empate em 1 a 1 com o Arminia Bielefeld,[6] e em dezembro tornou-se o primeiro albanês a fazer gol na fase de grupos da Liga dos Campeões da UEFA, contra o CSKA Moscou. Ele ainda disputou 2 jogos na temporada, mas a demissão de Thomas Doll mudou a situação do atacante, que não foi utilizado por Huub Stevens. Após 15 partidas e 2 gols marcados, Berisha deixou o Hamburgo em 2007 para defender o Burnley, que disputava a EFL Championship (segunda divisão). Uma lesão sofrida no amistoso entre Albânia e Malta tirou Berisha dos gramados por um ano[7] - foi detectada ruptura no ligamentro cruzado do joelho. Ele voltou aos gramados num amistoso contra o Carolina Railhawks, atuando por 20 minutos. Para ganhar ritmo de jogo, foi emprestado ao Rosenborg (8 jogos e 3 gols) e novamente ao AC Horsens (13 partidas e 4 gols).

Fora dos planos do Burnley, Berisha assinou com o Arminia Bielefeld em agosto de 2009. Sua passagem pela equipe durou uma temporada: em 28 partidas disputadas, o atacante fez 2 gols.

Desde 2011, atua na A-League, tendo passagens destacadas por Brisbane Roar e Melbourne Victory - a exceção foi entre 2018 e 2019, quando defendeu o Sanfrecce Hiroshima na J-League,[8] voltando à Austrália neste último ano, para atuar no Western United.[9]

Carreira internacional[editar | editar código-fonte]

Berisha obteve a cidadania albanesa em setembro de 2006, juntamente com Mërgim Mavraj, Genc Mehmeti e Alban Dragusha, atendendo um pedido do técnico da seleção local, o alemão Hans-Peter Briegel, antes que ele deixasse o cargo; seu sucessor, Otto Barić, encontrou-se também com o treinador do Hamburgo, Thomas Doll, e pediu a convocação do atacante, que fez sua estreia em outubro do mesmo ano, contra os Países Baixos, pelas eliminatórias da Eurocopa de 2008, entrando no lugar de Erjon Bogdani.[10]

Embora não fosse convocado desde 2009, Berisha manifestou interesse em disputar a Eurocopa de 2016,[11] na qual a Albânia obteve pela primeira vez a classificação. Porém, em agosto, aceitou jogar pelo Kosovo, que tinha sido admitido como novo membro da FIFA e da UEFA, e em novembro foi liberado para defender sua nova seleção,[12] estreando em março de 2017, contra a Islândia, pelas eliminatórias da Copa de 2018.

Surpreendentemente, após o jogo contra a Turquia, Berisha decidiu não atuar pela Seleção Kosovar, alegando que o técnico dos Dardanet, Albert Bunjaki, era "o pior com quem já havia trabalhado", e o acusou também de não justificar os motivos de não utilizá-lo. Mesmo com a saída de Bunjaki, o atacante não voltou a ser convocado para jogos oficiais.

Títulos[editar | editar código-fonte]

Brisbane Roar
Melbourne Victory

Individuais[editar | editar código-fonte]

  • Artilheiro da A-League: 2011–12 e 2016–17
  • Time da semana da A-League: 2011–12 (rodadas 3, 8 e 13)
  • Gary Wilkins Medal: 2011–12

Referências

  1. «Besart Berisha». melbournevictory.com.au. Melbourne Victory. Consultado em 15 de setembro de 2015. Arquivado do original em 15 de novembro de 2016 
  2. Lynch, Michael (27 de setembro de 2019). «Berisha opts for Western United in A-League return». The Age. Consultado em 28 de setembro de 2019 
  3. «Statistics». Ultimate A-League. Consultado em 2 de março de 2018 
  4. Kerr, Jack (21 de novembro de 2013). «Besart Berisha driven to success by tough upbringing». The Guardian. theguardian.com. Consultado em 24 de novembro de 2013 
  5. «Besart Berisha». burnleyfootballclub.com. Consultado em 27 de dezembro de 2011. Arquivado do original em 13 de fevereiro de 2012 
  6. «Hamburger SV vs. Arminia Bielefeld 1 – 1». Soccerway. 12 de agosto de 2006. Consultado em 6 de maio de 2014 
  7. «Berisha Ruled Out For Season». Burnley FC. 13 de setembro de 2007. Consultado em 30 de outubro de 2010. Arquivado do original em 29 de setembro de 2012 
  8. Colangelo, Anthony (29 de junho de 2018). «Berisha leaves Victory bound for Japan's Sanfrecce Hiroshima». The Sydney Morning Herald 
  9. Lynch, Michael (27 de setembro de 2019). «Berisha opts for Western United in A-League return». The Age 
  10. «Netherlands vs. Albania». soccerway.com. 11 de outubro de 2006. Consultado em 2 de fevereiro de 2015 
  11. «Berisha wants in for Albania's EURO 2016 tilt». The World Game. Special Broadcasting Corporation. 6 de janeiro de 2016. Consultado em 20 de março de 2016 
  12. «Besart Berisha merr lejen nga FIFA» (em albanês). ABC News. 4 de novembro de 2016. Consultado em 4 de março de 2017. Arquivado do original em 5 de março de 2017 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]