Beta Pegasi

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
β Pegasi
Dados observacionais (J2000)
Constelação Pegasus
Asc. reta 23h 03m 46,5s[1]
Declinação 28° 04′ 58,0″[1]
Magnitude aparente 2,42[2]
Características
Tipo espectral M2.5II-III[1]
Cor (U-B) +1,96[2]
Cor (B-V) +1,67[2]
Variabilidade Semirregular[3]
Astrometria
Velocidade radial 10,24 km/s[1]
Mov. próprio (AR) 187,65 mas/a[1]
Mov. próprio (DEC) 136,93 mas/a[1]
Paralaxe 16,64 ± 0,15 mas[1]
Distância 196 ± 2 anos-luz
60,1 ± 0,5 pc
Detalhes
Massa 2,1[4] M
Raio 95[5] R
Gravidade superficial 1,20 (log g)[6]
Luminosidade 1 500[5] L
Temperatura 3 689[6] K
Metalicidade [Fe/H] –0,11[6]
Rotação 9,7 km/s[7]
Outras denominações
Scheat, 53 Peg, HR 8775, BD +27°4480, HD 217906, SAO 90981, FK5 870, HIP 113881.[1]
Beta Pegasi
Pegasus constellation map.png

Beta Pegasi (β Peg, β Pegasi), também conhecida como Scheat, é a segunda estrela mais brilhante da constelação de Pegasus, com uma magnitude aparente de 2,42.[2] Forma o canto superior direito do Grande Quadrado do Pégaso, um proeminente asterismo retangular.[5] Com em base em medições de paralaxe, está localizada a aproximadamente 196 anos-luz (60,1 parsecs) da Terra, com uma margem de erro de 2 anos-luz.[1]

Beta Pegasi tem uma classificação estelar de M2.5 II-III,[1] o que indica que é uma estrela de classe M cujo espectro apresenta características de uma estrela entre as fases de gigante e gigante luminosa. Tem 2,1 vezes a massa do Sol[4] e expandiu-se para 95 vezes o raio solar, tendo uma luminosidade total 1 500 vezes maior que a do Sol.[5] A temperatura efetiva em sua atmosfera externa é de 3 700 K,[6] o que dá à estrela o brilho avermelhado típico de estrelas de classe M.[8] A fotosfera de Beta Pegasi é suficientemente fria para permitir a formação de moléculas de óxido de titânio.[9]

Beta Pegasi é uma variável semirregular com um período de 43,3 dias[3] e um brilho que varia entre magnitude +2,31 e +2,74.[10] Está perdendo massa a uma taxa de até 10–8 vezes a massa solar por ano, o que está criando uma camada de gás e poeira com um raio de cerca de 3 500 vezes o raio solar (16 UA).[11]

Referências

  1. a b c d e f g h i j «SIMBAD query result - bet Peg». SIMBAD. Centre de données astronomiques de Strasbourg. Consultado em 24 de setembro de 2012 
  2. a b c d Johnson, H. L.; et al. (1966). «UBVRIJKL photometry of the bright stars». Communications of the Lunar and Planetary Laboratory. 4 (99). Bibcode:1966CoLPL...4...99J 
  3. a b Tabur, V.; et al. (dezembro de 2009), «Long-term photometry and periods for 261 nearby pulsating M giants», Monthly Notices of the Royal Astronomical Society, 400 (4): 1945–1961, arXiv:0908.3228Acessível livremente, Bibcode:2009MNRAS.400.1945T, doi:10.1111/j.1365-2966.2009.15588.x 
  4. a b Tsuji, Takashi (maio de 2007), «Isotopic abundances of Carbon and Oxygen in Oxygen-rich giant stars», in: Kupka, F.; Roxburgh, I.; Chan, K., Convection in Astrophysics, Proceedings of IAU Symposium #239 held 21-25 August, 2006 in Prague, Czech Republic, pp. 307–310, arXiv:astro-ph/0610180Acessível livremente, Bibcode:2007IAUS..239..307T, doi:10.1017/S1743921307000622 
  5. a b c d Kaler, James B. «SCHEAT (Beta Pegasi)». Consultado em 24 de setembro de 2012 
  6. a b c d Soubiran, C.; et al. (2008), «Vertical distribution of Galactic disk stars. IV. AMR and AVR from clump giants», Astronomy and Astrophysics, 480 (1): 91–101, arXiv:0712.1370Acessível livremente, Bibcode:2008A&A...480...91S, doi:10.1051/0004-6361:20078788 
  7. Massarotti, Alessandro; et al. (janeiro de 2008), «Rotational and Radial Velocities for a Sample of 761 HIPPARCOS Giants and the Role of Binarity», The Astronomical Journal, 135 (1): 209–231, Bibcode:2008AJ....135..209M, doi:10.1088/0004-6256/135/1/209 
  8. «The Colour of Stars», Commonwealth Scientific and Industrial Research Organisation, Australia Telescope, Outreach and Education, 21 de dezembro de 2004, consultado em 24 de setembro de 2012 
  9. Gavin, M. (fevereiro de 1996), «Stellar spectroscopy with CCDs - some preliminary results», Journal of the British Astronomical Association, 106 (1): 11–15, Bibcode:1996JBAA..106...11G 
  10. «Query= bet Peg», Centre de Données astronomiques de Strasbourg, General Catalogue of Variable Stars, consultado em 5 de janeiro de 2010 
  11. Mauron, N.; Caux, E. (novembro de 1992), «K I/Na I scattering observations in circumstellar envelopes - Alpha(1) Herculis, Omicron Ceti, TX PISCIUM and Beta Pegasi», Astronomy and Astrophysics, 265 (2): 711–725, Bibcode:1992A&A...265..711M . Solar Radius = 0.0046491 AU.
Ícone de esboço Este artigo sobre Estrelas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.