Betsy DeVos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Betsy DeVos
11ª Secretária de Educação dos EUA
Período 7 de fevereiro de 2017
até atualidade
Antecessor(a) John B. King Jr.
Presidente do Partido Republicano em Michigan
Período 2003-2005
Antecessor(a) Gerald Hills
Sucessor(a) Saul Anuzis
Dados pessoais
Nome completo Elisabeth Dee DeVos
Nascimento 8 de janeiro de 1958 (60 anos)
Holland, Michigan,  Estados Unidos
Nacionalidade Americana
Alma mater Calvin College
Cônjuge Dick Devos
Partido Republicano

Elisabeth Dee DeVos, nascida Elisabeth Dee Prince (Holland, 8 de janeiro de 1958) é uma empresária, política e ativista norte-americana da área de educação que atualmente é a 11ª Secretária de Educação dos Estados Unidos.

Betsy DeVos é membro do Partido Republicano e conhecida pelo seu ativismo quanto aos programas school choice, school voucher e charter school, os quais são bandeiras de movimentos nos EUA que defendem a liberdade e a descentralização da educação básica do país.[1][2][3] Ela foi do Comite Nacional Republicano em Michigan de 1992 a 1997 e foi presidente da representação do Partido Republicano em Michigan de 1996 a 2000, sendo reeleita nesse cargo em 2003, que ocupou até 2005. DeVos tem ao longo dos anos defendido o sistema “charter school” em Detroit[4][5] e ela é também membro da comissão da "Foundation for Excellence in Education". Ela também foi presidente da comissão da "Alliance for School Choice" e do "Acton Institute" que encabeça o comitê de ação política "All Children Matter" nos EUA.

Descendente de imigrantes neerlandeses,[6] DeVos é filha de Edgar Prince, fundador da empresa Prince Corporation.[6][7] O seu irmão, Erik Prince, é um ex-fuzileiro naval que integrou o SEALs, um grupo de Operações Especiais da Marinha dos EUA, e é fundador da empresa militar privada Blackwater USA.[8] Ela é casada com Dick DeVos, um CEO aposentado da firma de marketing multi-nivel Amway, e é nora do bilionário e co-fundador da Amway Richard DeVos.[9][10] Em 2016, os DeVos foram listados pela Forbes como a 88ª família mais rica dos EUA, com fortuna estimada em cerca de US$ 5,4 bilhões.[11]

Em 23 de novembro de 2016, o então Presidente Eleito dos Estados Unidos, Donald Trump, anunciou a sua indicação de Betsy DeVos como a 11ª Secretária de Educação daquele país.[12] Em 31 de janeiro de 2017, após uma forte oposição por parte dos Democratas a essa e outras nomeação para o gabinete de Donald Trump, ela foi aprovada por estreita margem na Câmara dos Representantes e depois foi encaminhada para votação no Senado do Congresso dos EUA. Em 7 de fevereiro, DeVos foi também confirmada pelo Senado, por uma votação também estreita, de 51 a 50, com o Vice-Presidente dos EUA Mike Pence rompendo o empate a favor da nomeação de DeVos. Essa foi a primeira vez na história dos EUA que uma confirmação de nomeação para o gabinete presidencial foi decidida pelo voto de desempate de um Vice-Presidente.[13][14][15]

Referências

  1. Miller, Emily McFarlan (7 de fevereiro de 2017). «Betsy DeVos: 5 faith facts to know about the Education secretary» (em inglês). USA Today. Consultado em 11 de fevereiro de 2017.. DeVos grew up in the Christian Reformed Church and graduated from schools affiliated with the tradition: Holland Christian Schools in Holland, Mich., and Calvin College in Grand Rapids, Mich. 
  2. Pulliam Bailey, Sarah (23 de novembro de 2016). «Betsy DeVos, Trump's education pick, is a billionaire with deep ties to the Christian Reformed community». The Washington Post. Consultado em 24 de novembro de 2016. 
  3. Stewart, Katherine (13 de dezembro de 2016). «Betsy DeVos and God's Plan for Schools». The New York Times. Consultado em 14 de dezembro de 2016. 
  4. Ponnuru, Ramesh (28 de novembro de 2016). «DeVos and Detroit's Charter Schools». National Review. Consultado em 18 de janeiro de 2017. 
  5. Zernike, Kate (28 de junho de 2016). «A Sea of Charter Schools in Detroit Leaves Students Adrift». The New York Times. Consultado em 18 de janeiro de 2017. 
  6. a b «Edgar D. Prince». New Netherland Institute 
  7. Benjamin Wermund and Kimberly Hefling (November 25, 2016). "Trump's education secretary pick supported anti-gay causes". Politico. Acesso 14 de dezembro de 2016.
  8. Scahill, Jeremy (2008). Blackwater: The Rise of the World's Most Powerful Mercenary Arm. [S.l.]: Nation Books Prince, Erik (2014). Civilian Warriors: The Inside Story of Blackwater and the Unsung Heroes of the War on Terror. [S.l.]: Portfolio. ISBN 9781591847458 
  9. Peterson-Withorn, Chase (23 de novembro de 2016). «Trump Picks Betsy DeVos, Daughter-in-Law of Billionaire Amway Cofounder, for Education Secretary». Forbes. Consultado em 20 de dezembro de 2016. 
  10. «How Betsy DeVos Could Fix America's Broken Education System». The New Hampshire Review. 22 de janeiro de 2017. Consultado em 25 de janeiro de 2017. 
  11. «2016 Forbes 400» (em inglês). Forbes. Consultado em 13 de abril de 2017. 
  12. Brown, Emma (23 de novembro de 2016). «Trump picks billionaire Betsy DeVos, school voucher advocate, as education secretary». The Washington Post. Consultado em 2 de dezembro de 2016. 
  13. Hutterman, Emmarie (7 de fevereiro de 2017). «Betsy DeVos Confirmed as Education Secretary; Pence Breaks Tie». Consultado em 7 de fevereiro de 2017. 
  14. Elving, Ron (7 de fevereiro de 2017). «Pence Becomes First VP to Break Senate Tie over Cabinet Nomination». Washington, D.C.: NPR. Consultado em 7 de fevereiro de 2017. 
  15. Huetteman, Emmarie (7 de fevereiro de 2017). «Mike Pence's Vote on a Cabinet Nominee Would Be Historic». New York: The New York Times. Consultado em 7 de fevereiro de 2017. 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Betsy DeVos