Bevacizumab

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Bevacizumab
Alerta sobre risco à saúde
Identificadores
Número CAS 216974-75-3
DrugBank BTD00087
Código ATC L01XC07
Propriedades
Fórmula química C6638H10160N1720O2108S44
Massa molar 149185.43 g mol-1
Farmacologia
Via(s) de administração via intravenosa
Exceto onde denotado, os dados referem-se a
materiais sob condições normais de temperatura e pressão

Referências e avisos gerais sobre esta caixa.
Alerta sobre risco à saúde.

Bevacizumab ou bevacizumabe é um fármaco utilizado pela Medicina na quimioterapia de alguns tipos de câncer (português brasileiro) ou cancro (português europeu) . É um anticorpo monoclonal, que bloqueia a ação do VEGF (Vascular Endothelial Growth Factor), ou seja, impede o crescimento de vasos sanguíneos que alimentam tumores malignos. É utilizado por via intravenosa. Em janeiro de 2008, a União Europeia concedeu autorização ampliada para o fármaco.[1] Em 2009, a Anvisa aprovou seu uso no tratamento do câncer de pulmão em estado avançado no Brasil.[2]

Especialistas dos Estados Unidos da América recomendaram à FDA que retirasse o bevacizumabe do mercado, tendo esta organização até 17 de Setembro de 2010 para decidir sobre o futuro da comercialização do medicamento.[3]

Em novembro de 2011, a FDA retirou a autorização do uso da droga Avastin, nome comercial do bevacizumabe, para tratar o câncer de mama em estágio avançado, mencionando que não há comprovação de que o medicamento seja capaz de prolongar a vida das pacientes com a doença.[4]

Indicações[editar | editar código-fonte]

  • Câncer colorretal metastático
  • Câncer de pulmão

Nomes comerciais[editar | editar código-fonte]

  • Avastin®

Referências